Autoconhecimento

A Jornada Interior e a trilha do Guerreiro

arquétipo do guerreiro
Anna Maria Oliveira
O arquétipo, modelo de comportamento humano, do guerreiro é aquele que representa a energia pessoal da liderança, proteção, comunicação e honra a tudo e a todos.

Nos convida a avançarmos na vida com sabedoria e assertividade, os seus passos são firmes e decididos.

Utiliza sua energia pessoal sem desperdício, avança nos níveis físico, mental, emocional e espiritual como uma flecha ao valorizar todas as suas experiências.

O seu coração é corajoso e a sua fé comprovada, expressa carinho e amorosidade. 

Demonstra coragem temperada com a verdade, a integridade está conectada com a sua essência espiritual.

O guerreiro é aquele que reconhece e honra a sua energia feminina (a receptividade) e a sua energia masculina (a assertividade). A dignidade vem do correto equilíbrio entre as duas energias.

“Dentro do coração de cada Guerreiro reside o espírito da compaixão e o sentido de liderança…” – Jamie Sams.

O líder de si mesmo, o guerreiro, é efetivo e consistente em seus pensamentos, palavras, sentimentos e ações.

O sim e o não são claros e fundamentados, tem consciência das causas e efeitos de suas ações e é guiado pela responsabilidade.

Responsabilidade sendo o ato de responder aos desafios da vida com sabedoria e disciplina.

Ao colocar seu poder de liderança no mundo, não tem medo, não se precipita e não fala sobre certo e errado.

arquétipo do guerreiro

O desafio do guerreiro é: 

  • Usar corretamente a energia para o próprio fortalecimento e de outros;
  • Utilizar a presença, a comunicação e o correto posicionamento alinhados com a sua verdade;
  • Escolher as palavras, o tom de voz e a expressão não-verbal adequada às situações do cotidiano;
  • Rebeldia é sinal de falta de espaço, o guerreiro não assume o seu poder pessoal, entra em padrões de comportamentos invisíveis, culpa os outros pelo seu insucesso ou causa influência nos “bastidores”, alimentando fofocas e desentendimentos entre as pessoas.

“As pessoas são como saquinhos de chá. Você descobre o quanto são fortes quando os coloca na água quente.” – Anônimo.

Dicas úteis para fortalecer o seu Guerreiro interior:

  • Dançar: para fluir, criar, definir, refinar, integrar, silenciar e ser contente;

  • Meditar: para atingir completo poder sobre si mesmo, ser tolerante, imparcial, poderoso e natural. Sua meditação é em pé, para o fortalecimento da base, do enraizamento;

  • Práticas esportivas: que exigem concentração, silêncio e permanência, preferencialmente no solo, por exemplo: Yoga, Tai Chi ou Artes Marciais.

Você também pode gostar:

arquétipo do guerreiro

Pontos para reflexão: 

  • O que é tão bom, belo e forte em você quanto o que te assusta?

  • Quais os líderes e pessoas que corporificam o “espírito do Guerreiro” para você?

  • Quais foram os seus maiores desafios na vida? De que maneira você lidou com eles?

Desejo sucesso em suas práticas! Compartilhe as suas experiências aqui! 

Até o próximo artigo: O arquétipo do Visionário! 


Confira também o primeiro artigo da série: 4 Arquétipos para a Jornada Interior! Que caminho é este?

Sobre o autor

Anna Maria Oliveira

Anna Maria Oliveira

Atuo como palestrante, consultora, professora formadora na abordagem meditação e yoga lúdico na educação, desenvolvida por mim. Graduada em cursos complementares, como arte contemporânea, xilogravura, educadora brincante, reiki tibetano, técnicas corporais ayurveda, instrutora de yoga na educação com crianças.

Vasta experiência em educação pública e no terceiro setor.

Realizo atendimento individualizado para profissionais da educação, utilizando a abordagem consultoria integrada experiencial.

Fundadora da Academia Confluência, escola de desenvolvimento humano para autogestão.

CONTATOS
E-mail: [email protected]
Site: academiaconfluencia.com.br
Facebook: academiaconfluencia
Instagram: @academiaconfluencia
Linkedin: Anna Maria de Oliveira