Autoconhecimento

A Jornada Interior e a trilha do Guerreiro

O arquétipo, modelo de comportamento humano, do guerreiro é aquele que representa a energia pessoal da liderança, proteção, comunicação e honra a tudo e a todos.

Nos convida a avançarmos na vida com sabedoria e assertividade, os seus passos são firmes e decididos.

Utiliza sua energia pessoal sem desperdício, avança nos níveis físico, mental, emocional e espiritual como uma flecha ao valorizar todas as suas experiências.

O seu coração é corajoso e a sua fé comprovada, expressa carinho e amorosidade. 

Demonstra coragem temperada com a verdade, a integridade está conectada com a sua essência espiritual.

O guerreiro é aquele que reconhece e honra a sua energia feminina (a receptividade) e a sua energia masculina (a assertividade). A dignidade vem do correto equilíbrio entre as duas energias.

“Dentro do coração de cada Guerreiro reside o espírito da compaixão e o sentido de liderança…” – Jamie Sams.

O líder de si mesmo, o guerreiro, é efetivo e consistente em seus pensamentos, palavras, sentimentos e ações.

O sim e o não são claros e fundamentados, tem consciência das causas e efeitos de suas ações e é guiado pela responsabilidade.

Responsabilidade sendo o ato de responder aos desafios da vida com sabedoria e disciplina.

Ao colocar seu poder de liderança no mundo, não tem medo, não se precipita e não fala sobre certo e errado.

O desafio do guerreiro é: 

  • Usar corretamente a energia para o próprio fortalecimento e de outros;
  • Utilizar a presença, a comunicação e o correto posicionamento alinhados com a sua verdade;
  • Escolher as palavras, o tom de voz e a expressão não-verbal adequada às situações do cotidiano;
  • Rebeldia é sinal de falta de espaço, o guerreiro não assume o seu poder pessoal, entra em padrões de comportamentos invisíveis, culpa os outros pelo seu insucesso ou causa influência nos “bastidores”, alimentando fofocas e desentendimentos entre as pessoas.

“As pessoas são como saquinhos de chá. Você descobre o quanto são fortes quando os coloca na água quente.” – Anônimo.

Dicas úteis para fortalecer o seu Guerreiro interior:

  • Dançar: para fluir, criar, definir, refinar, integrar, silenciar e ser contente;
  • Meditar: para atingir completo poder sobre si mesmo, ser tolerante, imparcial, poderoso e natural. Sua meditação é em pé, para o fortalecimento da base, do enraizamento;
  • Práticas esportivas: que exigem concentração, silêncio e permanência, preferencialmente no solo, por exemplo: Yoga, Tai Chi ou Artes Marciais.

Pontos para reflexão:

  • O que é tão bom, belo e forte em você quanto o que te assusta?
  • Quais os líderes e pessoas que corporificam o “espírito do Guerreiro” para você?
  • Quais foram os seus maiores desafios na vida? De que maneira você lidou com eles?

Você também pode gostar

Desejo sucesso em suas práticas! Compartilhe as suas experiências aqui!

Até o próximo artigo: O arquétipo do Visionário!

Confira também o primeiro artigo da série: 4 Arquétipos para a Jornada Interior! Que caminho é este?

Sobre o autor

Anna Maria Oliveira

Idealizadora de abordagem personalizada para ensino e prática de Meditação e Yoga com crianças e jovens. Fundadora, Professora e Curadora de Projetos da Academia Confluência. Autora do E-book " Como ajudar crianças a relaxar - Práticas lúdicas com crianças de 06 a 10 anos", roteirista e narradora de meditações guiadas.

● Coordenadora Pedagógica no Terceiro Setor.
● Ministro aulas, cursos, palestras e vivências em desenvolvimento humano.
● Praticante de Meditação Raja Yoga e Hatha Yoga.

CONTATOS
E-mail: annaeduc@outlook.com
Site: academiaconfluencia.com.br
Facebook: academiaconfluencia
Instagram: @academiaconfluencia
Youtube: @academiaconfluencia
Linkedin: Anna Maria de Oliveira