Autoconhecimento

Pensar negativamente altera o cérebro

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras



Se restava alguma dúvida sobre o fato de que reclamar ou ouvir as pessoas reclamarem a seu redor poderia alterar negativamente seu cérebro, agora você terá certeza. Entenda a importância de eliminar o mimimi da sua vida e pensar positivamente.

A personalidade do ser humano é constituída pelo conjunto do cérebro e da consciência, que vive em constante mudança e aprendizado.

De acordo com Steven Parton, autor, cientista da computação e filósofo, a negatividade exerce um enorme poder sobre o cérebro, maior até que a positividade. Ela pode alterar tanto a mente quanto o corpo. E é por isso que quem pensa negativamente ou vive em ambientes carregados de energia negativa muitas vezes não consegue superar seus problemas e traumas.

Donald Hebb foi um psicólogo Canadense que ressaltava que o cérebro cria alertas perante tudo aquilo que é repetido ou ouvido diversas vezes. Ele explica que “o princípio é simples: em todo o cérebro, há uma coleção de sinapses (responsáveis por transmitir as informações de uma célula para outra) separadas por espaços vazios chamados de fendas sinápticas. Sempre que você tem um pensamento, uma sinapse dispara uma reação química através da fenda para outra sinapse, construindo assim uma ponte por onde um sinal elétrico pode atravessar, carregando a informação relevante do pensamento durante a descarga. Toda vez que essa descarga elétrica é acionada, as sinapses se aproximam mais, a fim de diminuir a distância que a descarga elétrica precisa percorrer. O cérebro vai refazer seus próprios circuitos, alterando-se fisicamente para facilitar que as sinapses adequadas compartilhem a reação química e tornando mais fácil para o pensamento se propagar”.

Mas, se pararmos para pensar que nós, seres conscientes, somos os únicos responsáveis pelos nossos pensamentos, podemos interferir positivamente nesse processo, criando pensamentos conscientes de amor, carinho e respeito conosco e com o próximo.

O que também pode contribuir para diminuir suas chances de ser feliz são as pessoas que vivem próximas de você e a maneira como encaram a vida. Se fazem fofocas, dramatizam situações ou algo similar, isso vai te afetar bioquimicamente. É mais do que comprovado que essas e outras coisas podem desencadear estresse e problemas emocionais que prejudicam diretamente as saúdes física e mental.

Se está sempre reclamando e menosprezando o próprio poder sobre a realidade, você não pensa que tem o poder de mudar. E assim, nunca vai mudar.”  Steven Parton


Texto escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]