Autoconhecimento

Por que devemos sonhar?

Depois de um longo dia de trabalho, nada melhor que encostar a cabeça no travesseiro e poder dormir algumas boas horas. Às vezes, as noites são de sono pesado, em que mal deitamos na cama e o despertador logo toca novamente. Mas algumas vezes essas horas vêm acompanhadas de imagens, das mais estranhas até algumas comuns, onde você vivencia algo que pode parecer tão real que até esquece que está dormindo. O mundo dos sonhos fascina e intriga as pessoas desde sempre.

Mas por que às vezes temos sonhos tão prazerosos e às vezes temos sonhos desconfortáveis, até mesmo pesadelos? Desde o surgimento da psicanálise, com Sigmund Freud, e de estudos da psicologia analítica, com Carl Jung, surgiram teorias e estudos sobre os sonhos. Os sonhos seriam símbolos que vêm da mente inconsciente, ou seja, algo que está em nossa mente, mas não temos consciência. É como se sua mente quisesse passar algum recado, mas só conseguisse fazer isso através de símbolos enviados para você enquanto dorme.

Para entender esses símbolos, surgiram diversos manuais de interpretações de sonhos, mas não são tão confiáveis. A interpretação de sonhos é algo muito pessoal e varia de acordo com os símbolos que você tem na sua bagagem de vida. Por exemplo: para alguém que tem pavor de cobras, sonhar com esse animal terá algum significado relacionado a perigo, o que seria bem diferente de alguém que cria cobras em cativeiros por gostar desses animais. Nesse segundo caso, a interpretação desse símbolo no sonho seria algo muito mais agradável.

Pode parecer complicado no começo, mas com o tempo a interpretação fica cada vez mais interessante de ser feita e pode trazer diversos benefícios. Se os sonhos são recados que o inconsciente quer te passar, eles podem conter informações importantes para você utilizar em sua vida de forma prática e que te ajude em algo. Muitos conflitos e problemas do dia a dia podem ser resolvidos com dicas e sinais que vêm através dos sonhos. Além disso, o processo de autoconhecimento também é beneficiado pela interpretação de símbolos.

Homem deitado na grama e olhando para o céu
Pexels de pixabay

Fora da psicologia, no campo de estudos esotéricos, existe uma prática que se chama “projeção astral”. Os estudiosos desse assunto defendem que, enquanto estamos dormindo, o espírito pode sair do corpo e estar em plena atividade no que eles chamam de plano astral, que é onde ficam esses espíritos. Dessa forma, muitos sonhos poderiam ser, na verdade, projeções astrais que você fez de forma inconsciente enquanto dormia.

Independente se você prefere a abordagem da psicologia ou do esoterismo para explicar por que os sonhos existem, pode fazer um exercício para começar a se lembrar mais dos seus sonhos e com isso tentar interpretá-los para trazer à consciência importantes sabedorias para sua vida. É bem simples!

Você também pode gostar:

Antes de dormir, deixe papel e caneta do lado de sua cama, seja no criado-mudo ou no chão mesmo. O importante é que eles estejam próximos a ponto de você não precisar se levantar para pegá-los. Quando acordar, a primeira coisa a fazer é pegar o papel e caneta e anotar o que sonhou; se não lembrar, apenas anote: “Escolhi não lembrar do meu sonho hoje”. O ato de anotar logo nos primeiros segundos que estiver acordado manda um recado para o inconsciente de que você quer se lembrar dos símbolos que foram transmitidos durante a noite.

Dessa forma, com o passar dos dias, você vai se lembrar cada vez mais deles. É importante fazer isso logo nos primeiros segundos depois de acordar, pois os sonhos são esquecidos muito rapidamente. Depois de alguns dias fazendo esse exercício, leia suas anotações e tente encontrar algum padrão ou símbolo recorrente nos sonhos. Tente interpretar esses pontos para descobrir o que sua mente inconsciente quer te dizer. Lembre-se: os sonhos podem nos ajudar e trazer uma sabedoria prática para o dia a dia, por isso fique atento a eles. Bons sonhos!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br