Medicina Integral Saúde Integral

Por que você deve parar de tomar antibióticos

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Sempre que tomamos algum remédio, nosso objetivo central é melhorar. Se seguirmos as orientações médicas e usarmos os remédios alopáticos costumeiramente receitados, sempre esperamos o cessar de uma dor, a melhoria de uma inflamação, melhora na qualidade de vida e uma recuperação rápida de algum mal específico.

No entanto, infelizmente, os remédios podem proporcionar tudo isso mas também produzir uma série de efeitos colaterais indesejados e, se usados em excesso, podem até levar a outras doenças que não possuíamos anteriormente ao uso. Todos os remédios são passíveis destas situações, mas se falarmos especificamente dos antibióticos a situação pode ficar ainda mais grave.

Remédios em excesso podem levar a outras doenças.

Isso porque os antibióticos são uma das classes mais fortes de remédios, o que denota a venda apenas com prescrição médica e retenção da receita pela farmácia. No entanto, mesmo usado com acompanhamento médico, se for feita administração seguidas vezes, ele também pode causar um malefício maior que o benefício pretendido. É preciso cuidado e usá-lo apenas em casos de extrema gravidade, sempre consulte seu médico sobre outras possíveis opções e alternativas.

O principal problema dos antibióticos é que por estimularem as defesas do organismo do paciente, eles podem, se usados em grandes quantidades e por longos períodos, superestimular o sistema imunológico, o que causaria um efeito reverso ao pretendido.

É como se você forçasse as defesas de seu corpo além do que são capazes e, com isso, acabasse com elas. Os antibióticos também tendem a atuar diretamente na flora intestinal, o que faz com que algumas doenças genéticas, como a doença celíaca (em que o paciente tem uma resposta imunológica de recusa ao glúten) se manifestem em quem já tiver a predisposição.

Os alérgicos podem ter uma resposta negativa aos antibióticos, elevando o quadro de intolerância.

Esta estimulação pode causar impermeabilidade do intestino, inflamação e, consequentemente, uma má absorção dos nutrientes que adquirimos por meio da alimentação. Os alérgicos também podem ter uma resposta negativa ao uso de antibióticos, elevando ainda mais o quadro de intolerância a determinadas substâncias.

Vale ressaltar que este artigo não retira a importância dos antibióticos na medicina. Eles podem ser um poderoso aliado em casos em que remédios mais brandos, naturais ou homeopáticos não deem resultado. É apenas um alerta dos males que este medicamento pode causar se usado de maneira indiscriminada. É importante um acompanhamento médico e um estudo geral sobre o caso de cada paciente, bem como suas predisposições genéticas e demais doenças além da que pretende tratar.


Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]