Energia em Equilíbrio Saúde Integral

Imunidade na pandemia e integridade emocional: entenda a relação

Rosto de mulher visto de perto com olhos fechados
123RF | Rawpixel
Moshé Bergel
Escrito por Moshé Bergel

Cuidar das emoções é uma forma de melhorar a imunidade em tempos difíceis

Que o equilíbrio emocional influencia diretamente na qualidade de vida, isso todo mundo já sabe. Mas e em relação à imunidade? Qual a relação entre saúde física e emocional e por que é importante pensar nisso em tempos de pandemia? Convido você para entender mais sobre o assunto e de que forma pode se cuidar nesse período.

A integridade emocional é a harmonia e a consciência dos próprios sentimentos. Por meio dela, você consegue alcançar o bem-estar e a felicidade em todas as áreas da vida. Quando nossa rotina é afetada, a integridade também é influenciada e precisa se adaptar para que a sua habilidade de regular as emoções continue sendo exercitada.

Devido à pandemia do novo coronavírus, envolvendo isolamento social e quarentena, os hábitos de pessoas de todo o mundo mudaram. Com isso, os sentimentos também passaram a ser outros — envolvendo, principalmente, medo e ansiedade — e a mente precisou se adaptar a novas situações para manter-se saudável.

Garota deitada na cama com olhos fechados e expressão triste
Foto de Kinga Cichewicz no Unsplash

Mas você sabe como o adoecimento emocional pode afetar a sua imunidade? Quando você não consegue fortalecer a mente para evitar que os momentos de mudança tirem sua energia, a probabilidade é que sentimentos como estresse e tensão passem a fazer parte do seu dia a dia. Isso significa que a produção de hormônios e substâncias no organismo é desregulada e, assim, as células de defesa do corpo ficam mais vulneráveis.

Dessa forma, o desequilíbrio se torna o “estado natural” do cérebro e o sistema imunológico fica menos eficaz. O corpo passa a responder mais lentamente às ameaças ao organismo e a possibilidade de adoecer aumenta. Hormônios como cortisol e adrenalina — responsáveis por proteger a pessoa — são produzidos em maior quantidade e o aumento da pressão arterial, frequência cardíaca ou respiração acelerada passam a fazer parte da rotina.

Por isso, é essencial desenvolver a inteligência emocional. Essa é uma habilidade que aumenta a nossa qualidade de vida, uma vez que regula as emoções e encontra formas positivas de expressá-las. Assim, em vez de repetir padrões de comportamento sem ter consciência das próprias ações, você vai passar a ter controle sobre o que faz e usar os sentimentos ao seu favor.

A criatividade nesse momento é essencial. É por meio dela que você vai conseguir inovar na sua rotina e evitar que os pensamentos negativos sejam predominantes na sua mente. Afinal, ainda temos a incerteza sobre quando o cotidiano será retomado e qual será o “novo normal” que viveremos após o coronavírus. Então, confira aqui nosso artigo sobre “Como manter a criatividade durante a quarentena?”.

Homem com mãos sujas de tintas coloridas segurando caneta e pincel
Foto de Alice Dietrich no Unsplash

Se o seu ritmo antes da pandemia era acelerado, encontre formas de se adaptar, transformando-se a cada dia que passa. Seu corpo e mente estão conectados e precisam manter-se saudáveis e em equilíbrio para que você tenha bem-estar e harmonia. Vários fatores influenciam para a sua integridade emocional e todos eles precisam estar agregados.

Um deles são as relações que construímos ao longo da vida. Afinal, o ser humano tem como uma das principais características a capacidade de interagir com o outro de forma consciente, diferente dos outros animais.

Relacionamentos familiares

Os relacionamentos interpessoais são fator fundamental para a nossa vida. É por meio deles que aprendemos a evoluir e exercitar nossa habilidade de autoconhecimento sobre os comportamentos e sentimentos que temos. O primeiro grupo que influencia a identidade do indivíduo, seus valores morais e personalidade é o familiar.

Por meio dele, aprendemos como nos expressar e quais interações são mais saudáveis com as outras pessoas. Nesse período da pandemia do novo coronavírus, esse é o grupo social com que temos maior contato e, por isso, é essencial que ele esteja em equilíbrio para que a nossa integridade emocional e a imunidade também estejam.

Então, de que forma você pode cuidar para que os membros da família sejam suporte um para o outro? Ou para que a hiperconvivência, causada pelo isolamento social, não seja motivo para desarmonia e conflitos? O primeiro passo é repensar os hábitos e rotina — individuais e coletivos.

Apesar do lar estar sendo mais compartilhado agora do que quando cada membro saía para as suas obrigações, como trabalho e escola, é essencial que todos tenham seus momentos de privacidade. Exercer a própria individualidade é um fator muito importante para que a dinâmica em grupo seja saudável. Cada um deve ter seu momento para os afazeres e hobbies respeitado. Estamos em um período que demanda mais tensão e, por isso, todos devem encontrar alternativas para liberá-las.

Irmãos fazendo lição de casa na mesa
Foto de Jessica Lewis no Unsplash

Mas é claro que as atividades coletivas também devem ser estimuladas. Afinal, a integridade emocional — e, consequentemente, a imunidade — depende dos laços que são criados e fortalecidos ao longo das nossas vidas. Crie momentos em família, como as refeições e até a divisão de tarefas para manter a casa em ordem.

O cuidado com a organização do ambiente é uma forma de deixar a energia fluir e se harmonizar e, se feito em conjunto, pode promover relacionamentos mais respeitosos e sinérgicos. Aqui você pode aprender algumas técnicas simples de organização do seu quarto para melhorar a rotina do seu sono, por exemplo.

Você também pode gostar

Comunicação é a palavra-chave para preservar a integridade emocional dos indivíduos em todos os relacionamentos. Se você quer evitar conflitos no lar ou conduzi-los de forma saudável, deve saber como expressar seus sentimentos e descontentamentos. Dessa forma, o estresse gerado pelas brigas pode ser amenizado e a rotina fica mais equilibrada, gerando um ciclo harmonioso de hábitos e comportamentos em tempos de pandemia. Neste artigo, você pode conferir como melhorar seus relacionamentos por meio de uma comunicação assertiva.

Gostou dessas dicas? Nas próximas semanas traremos mais algumas sobre como você pode cuidar da sua integridade emocional e da sua imunidade durante esse período — e também se preparar para o “novo normal”. O autocuidado é essencial para manter-se bem e filtrar as informações que chegam até você. Além disso, você precisa ter controle e conhecimento sobre as próprias emoções e ações para, assim, torná-las mais positivas.

Sobre o autor

Moshé Bergel

Moshé Bergel

Moshé Bergel é formado em:

- Hipnoterapeuta certificado pela National Guild of Hypnotists (fundada em Boston desde 1950)
- Seminário Internacional em Hipnoterapia Ericksoniana – Jeffrey Zeig PhD. – Fundador e Diretor do Instituto Milton H. Erickson Foundation – E.U.A.
- Formação de Hipnoterapia do Básico ao Avançado – Método TESS
- Curso Intensivo em Segredos da Hipnose Ericksoniana – George Szenészi – Certified Master Trainer em PNL e Diretor da Metaprocessos – Mudanças Humanas Aceleradas
- Coaching Estrutural Sistêmico pela Metaforum International
- Coaching Estilo Americano pela International Society of Coaching
- Coaching Emocional pela Metaprocessos – Mudanças Humanas Aceleradas
- Terapia da Linha do Tempo pela Metaprocessos – Mudanças Humanas Aceleradas
- Master Practitioner em PNL
- Monitor de Practitioner em PNL
- Pós-graduado em Cultura Judaica pelas Faculdades Renascença
- Graduado em Bachelor of Talmudic Law pela Ner Israel Rabbinical College (Baltimore, MD – EUA)
- Pedagogo pela Michlalah Jerusalem College
- Contador de Histórias pelo instituto Sedes Sapientiae

Contatos:

Agendamento pelo WhatsApp: +55 11 9870-65121
Email: [email protected]
Site: moshebergel.com.br
Facebook: hipnoterapeutamoshebergel
Instagram: @hipnoterapeutamoshebergel
Linkedin: Moshé Bergel