Energia em Equilíbrio Yoga

Recomendações para praticar yoga sozinho

Athletic senior woman standing confidently in a balancing pose on her yoga mat, in her garden on the grass, with morning summer sunflare filtering through the trees
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Com a internet e a informação massiva de tudo o que imaginarmos, ser uma pessoa autodidata nos mais diferentes meios está cada vez mais fácil. Basta querer e ter a iniciativa de buscar informação. No entanto, quando se trata de atividade física é preciso um pouco mais de cautela na hora de colocar esta vontade em prática. A yoga, mesmo sendo um exercício encarado como mais leve por muitos, também precisa deste cuidado. Apesar de ser uma atividade que envolve muita concentração e movimentos – ao menos no início – mais lentos, ainda assim pode se ter problemas sérios se não tivermos informações suficientes.

Woman Yoga Practice Pose Training Concept No entanto, é possível pratica yoga sozinho. Só cabe a orientação de que se tenha algum conhecimento prévio da modalidade. O ideal é que se faça algumas aulas com um profissional e receba orientação individual e totalmente direcionada para seu estilo de vida, objetivos e capacidades corporais. Depois disso, ao longo dos dias é possível seguir a prática sem precisar frequentar uma academia com regularidade.

Dito isso, separamos abaixo algumas dicas que irão te ajudar nesta prática individual da yoga. Leia com atenção, coloque em prática e boas aulas!

– Tenha paciência e bom senso. A prática fica mais natural ao longo dos dias, não adianta querer forçar uma posição difícil logo de cara. Dê tempo ao tempo.

– Escute seu corpo. Os movimentos exigem condicionamento, elasticidade e equilíbrio. Seu corpo lhe dará sinais do que aguenta a cada dia. Preste atenção ao que ele lhe mostra e não exija mais do que pode.

– Monte um planejamento de exercícios com um profissional para que depois você consiga colocar isto em prática sozinho. Se possível, periodicamente faça esta consulta e adeque de acordo com seu nível físico. Não adianta tentar fazer movimentos vistos em livros, DVDs e internet. Por ser sem orientação, pode inclusive obter o efeito contrário ao desejado.

– Para a yoga a higiene é indispensável. Tome banho, escove os dentes e se sinta limpo e purificado para iniciar a prática.

– Respeite suas necessidades biológicas, mas, se possível, inicie a yoga de intestino e estômago limpos. Se não for possível, faça refeições leves.

– Concentre-se. Deixe os problemas, pensamentos e obrigações completamente suspensos. A hora da yoga deve ser de total dedicação. Desligue o celular e se isole o máximo possível. Repeite este momento.

– Se posicione em uma superfície plana e confortável; nunca na cama.

Woman practicing advanced yoga. A series of yoga poses

– Inicie com movimentos fáceis que sejam feitos quase que automaticamente. Desta forma, você irá se conectar com seu eu interior de forma mais rápida e natural.

– Respire sempre profundamente e com ritmo constante. A yoga também irá te ajudar a se conectar através da respiração.

– Tenha sempre em mente a atitude de auto-observação, mas não se prenda a tentar consertar os movimentos seguidamente. Ao longo da prática eles serão, em muito, consertados por si só. Se sentir dificuldade, procure um profissional.

– Não precisa se comprometer a fazer longos períodos. Certifique-se de que se integrará a sua rotina de forma orgânica e contínua.

Você sabia que a Yoga também pode ser praticada por crianças? Confira mais no site: O mundo do Yoga para as crianças em livros.


  • Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]