Cristaloterapia

Rodonita: entenda tudo sobre a pedra do amor

Você já ouviu falar sobre a rodonita? No universo das pedras naturais, ela não é muito popular. Mas isso não significa que ela não possua o seu valor. Muito pelo contrário: apesar de ter sido descoberta no século passado, ela tem grande poder e, mais do que isso, muita história. Veja mais detalhes e aproveite sua influência positiva!

Quem estuda e tem interesse por pedras naturais sabe que esse é um universo rico em informações e diversidade. Por isso, pode ficar difícil conhecer todos os elementos e propriedades desse mundo. Mas a rodonita não pode passar despercebida por você, viu?

Sabemos que, tanto no mundo físico quanto no espiritual, esse tipo de rocha possui grande poder. E, nesse segundo universo, as pessoas normalmente tendem a focar naquelas que já são mais populares ou antigas. Porém, existem algumas que, apesar de serem menos conhecidas, são extremamente interessantes.

Esse é o caso da rodonita! Descoberta recentemente, ainda no século passado, mais especificamente na década de 1930, essa é uma das pedras naturais que vale a pena entender mais.

Isso porque, no mundo das pedras naturais, essa se destaca tanto pela sua aparência física e composição quanto pelas suas características espirituais, que incluem muitos benefícios para a saúde mental e até mesmo dos chakras.

Mas o que é essa pedra? Como ela já foi utilizada ao longo da história da humanidade? Qual é o seu significado e vantagens? E, mais importante ainda, como aproveitar esses benefícios e encontrar a sua rodonita de confiança? Isso e muito mais você confere aqui. Vamos lá?

O que é a pedra de rodonita?

A rodonita é um mineral solúvel que foi descoberto, pela primeira vez, na década de 1930, na Argentina. Ou seja, essa é uma descoberta recente, mas não deixa de ser extremamente poderosa.

Algum tempo depois, a pedra também foi encontrada na Rússia. Hoje, ela pode ser extraída na África do Sul, na Austrália, no Canadá, nos Estados Unidos, na Finlândia, no Japão, em Madagascar, no México, na Suécia, na Tanzânia, no Peru e até mesmo no Brasil!

Seu nome, que possui origem na palavra grega “rhodos”, significa “cor de rosa”. Naturalmente, é fácil adivinhar a sua cor, certo?

Mas não se engane: apesar de a rodonita ser, majoritariamente, cor de rosa, ela pode ser encontrada em diferentes tons, desde o mais escuro e avermelhado até o mais claro, além de se mesclar com o preto. Por esse motivo, quando exposta ao sol, ela pode apresentar essa coloração e ainda tender para o castanho.

Originária do processo metamórfico e de rochas ricas em manganês, ela normalmente é formada por processos sedimentares e classificada como silicato, fazendo parte do grupo de inossilicato.

Além disso, a rodonita também é muito visada por colecionadores, afinal, apesar de ser encontrada em muitos países, geralmente se faz presente somente em pequenos e raros depósitos, tornando-se relativamente rara.

E não é só isso: existe grande curiosidade e interesse na pedra graças aos usos que ela já apresentou ao longo da história da humanidade. Vem ver mais!

A rodonita na história da humanidade

Pedra de rodonita
 vvoevale / Canva

Muitas pessoas acreditam que, por ser uma descoberta relativamente recente, a rodonita não teve usos curiosos ao longo da história. Mas isso não é verdade!

Isso porque, apesar de ter se popularizado como conhecemos hoje há pouco tempo, ela já tinha suas propriedades abordadas há muitos anos.

Por exemplo, acredita-se que, nos tempos antigos, essa pedra era utilizada de forma reverenciosa, inspirando a cura emocional, a empatia e a compaixão.

Sendo assim, era comum dá-la de presente para pessoas queridas, principalmente com o intuito de protegê-las e até mesmo acelerar o processo de cura em relação a certas doenças.

Na Grécia Antiga, por exemplo, ela era utilizada como um tipo de “alerta” que preveria perigos em viagens e jornadas longas, acelerando os batimentos cardíacos e ajudando as pessoas a se protegerem, com antecedência, em momentos de necessidade e perigo.

Nesse sentido, a China Antiga seguia os mesmos ideais: acreditava na boa sorte e proteção proporcionada pelo mineral e, por isso, utilizava-o com frequência no processo de escultura de animais e outros símbolos.

Na Rússia, segundo local em que há registros de encontrá-la, a rodonita ainda ficou popular como ornamento decorativo. Por esse motivo, está presente, até os dias de hoje, em diferentes museus e palácios. Até mesmo o czar Alexandre II percebeu o poder da pedra, utilizando-a na tumba de sua esposa, ou seja, tornou-se parte importante e marcante da cultura do país.

É possível perceber, com tudo isso que foi apresentado, que a rodonita é muito poderosa e já obteve diferentes usos e significados. Mas e na espiritualidade do mundo moderno atual? Qual é o seu papel? Continue lendo para descobrir!

Significado da rodonita

O significado espiritual da rodonita não se afasta tanto assim de seus sentidos mais antigos. A pedra ainda é conhecida por inspirar sentimentos tranquilos e, principalmente, por trazer mais inteligência emocional e ajudar em questões amorosas. Atualmente, conseguimos nos aprofundar mais em todos esses elementos e outros!

Por exemplo, esse equilíbrio psicológico que ela causa acaba ajudando em outros sentidos, aliviando o estresse e a ansiedade e aumentando a autoconfiança. Consequentemente, guia as pessoas por um processo de cura interior, o que as inspira a evoluir em seus relacionamentos em diferentes âmbitos, seja ele profissional ou pessoal.

Além disso, ela também está diretamente relacionada à energia da água e da luz, essenciais para a vida, assim como os chakras do coração.

Lembra que falamos que ela “acelerava” os batimentos dos gregos para alertá-los de perigo? Pois é, não é à toa: a rodonita é capaz de purificar esse órgão tão essencial em nossas vidas, eliminando as energias negativas dele e buscando melhorar a relação entre a alma e o corpo.

Mais do que isso, essa pedra ainda faz com que as pessoas fiquem mais abertas para o amor, estimulando conexões verdadeiras e intensas que promovem relacionamentos saudáveis, inspirando a comunicação genuína e sincera, a confiança e até mesmo a vida sexual.

Muita coisa, né? Isso porque estamos falando somente de seu significado no mundo espiritual. Seus benefícios ainda vão muito além…

Benefícios do uso da rodonita

Agora que você já entendeu o significado espiritual da rodonita e pôde conferir mais detalhes sobre o seu poder e suas influências, pode ver mais sobre seus principais benefícios. Dá só uma olhadinha em suas vantagens que vão desde questões físicas até mentais e espirituais:

  1. Inspira o crescimento emocional: por conta de sua energia calmante, a rodonita é conhecida por auxiliar as pessoas em suas jornadas pessoais e, de forma suave, mas constante, ajudá-las a crescer emocionalmente. Assim, elas se tornam não só mais felizes e tranquilas, mas também resilientes e responsáveis, prontas para lidar com tudo que a vida colocar em seus caminhos.
  2. Fortalece o corpo: também existe a crença de que essa pedra inspira a vitalidade nas pessoas e, consequentemente, estimula a saúde e acelera o processo de cicatrização, fortalece os órgãos e evita e trata diferentes tipos de doenças, além de estimular a fertilidade por garantir a saúde dos órgãos reprodutores e o equilíbrio dos hormônios.
  3. Estimula a positividade e o amor: lembra que falamos da relação da rodonita com o coração? Então, esse mineral ajuda a lidar melhor com as questões relacionadas ao romance, fazendo as pessoas enxergarem esse aspecto de suas vidas com leveza e positividade.
  4. Promove a estabilidade da mente e da alma: outra vantagem da rodonita é que ela ajuda as pessoas a enxergarem a vida de forma mais clara e calma. Assim, conseguem olhar para além do desespero ou da ansiedade e analisar, com tranquilidade, suas opções e caminhos, fazendo escolhas assertivas e positivas.

Como usar?

Colar de rodonita
lantapix de Getty Images / Canva

Ficou impressionado com a quantidade de vantagens que a rodonita pode proporcionar para você? Então se prepare para ver como aproveitar todas elas de forma simples e prática!

Por exemplo, essa pedra pode ser utilizada na meditação — não à toa, já que tem tudo a ver com chakras, né? Para aproveitá-la nessa prática, basta segurá-la em suas mãos enquanto se concentra em tudo aquilo que busca alcançar.

Ainda nesse sentido mais espiritual e mental, também é possível aproveitar a energia da rodonita durante a cristaloterapia, colocando-a estrategicamente no peito ou na cabeça.

Além disso, essa pedra é conhecida por sua beleza. Lembra que ela foi utilizada como adorno na Rússia? Pois é, ainda é possível fazer esse tipo de uso. Seja por meio da decoração (posicionando-as em ambientes como o escritório e o quarto, por exemplo), por meio de joias (pulseiras, anéis e colares são ótimas opções, pois ficam diretamente na pele) ou por meio de amuletos (carregados em bolsas e bolsos para afastar as energias negativas).

Lembre-se, porém, de sempre “recarregar” as energias de sua pedra para que ela não perca suas propriedades. Após o uso, portanto, deixe-as descansar por pelo menos seis horas na luz do luar.

Onde encontrar rodonita

Caso você tenha se esquecido ou não tenha prestado atenção, a rodonita é encontrada em pequenos e raros depósitos hidrotermais ricos em manganês, ou seja, ela não é uma pedra muito comum de ser achada.

Sendo assim, pode ser facilmente confundida com outras, e lojas desonestas podem usar dessa falta de conhecimento para tentar enganar seus compradores. Por isso, é importante ficar atento à confiabilidade do estabelecimento em que você pretende obter a sua. Veja algumas indicações de onde comprá-la:

  • Natural Mystic: possui uma grande seleção de produtos que vão desde cristais até kits completos que ajudam em diferentes jornadas. E, é claro, possui várias opções de rodonita, desde pingentes até pulseiras e a pedra bruta ou rolada.
  • Ervaria da Jurema: com cinco anos de atuação, essa é uma loja interessante, pois nasceu da jornada espiritual da própria fundadora. Sendo assim, possui opções ricas e cuidadosamente selecionadas para ajudar as pessoas em suas próprias caminhadas.
  • Helena Cristais: ela se apresenta no mercado com o objetivo de equilibrar o corpo e a mente, algo muito interessante para quem busca a rodonita. Além disso, oferece compras online, mas, para quem desejar, também possui uma loja física em Uberlândia – Minas Gerais.

Além dessas indicações, você também sempre pode visitar feiras e exposições de artesanato, que geralmente contam com outros apaixonados por esse universo prontos para compartilhar toda a sua sabedoria e experiência.

Você também pode gostar:

Viu só como valeu a pena conferir informações sobre a rodonita? Apesar de não ser tão popular ou até mesmo discutida entre o público comum, ela, com crteza, possui várias características importantes, né?

Desde seu significado, seu uso histórico, seus benefícios e seus usos, ela, com certeza, pode auxiliar na jornada de autoconhecimento e crescimento pessoal de vários indivíduos. Esperamos que você seja um deles e que esse artigo tenha inspirado você nessa missão! Não se esqueça de compartilhar com quem vai acompanhar você nessa caminhada.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br