Autoconhecimento Psicologia

Significado da cor roxa: saiba tudo sobre essa cor mágica

Você consegue imaginar uma cena triste de um filme que seja toda colorida? Com cores vibrantes e agradáveis? E consegue imaginar uma cena feliz que apresente apenas tons sóbrios e escuros? Nós sabemos, até inconscientemente, que cores combinam melhor com uma sensação ou com outra.

A psicologia das cores é responsável por estudar como as cores são interpretadas pelos nossos cérebros, já que cada tom afeta a maneira como nos sentimos e como pensamos. Se você vir uma placa vermelha, por exemplo, saberá que é preciso prestar muita atenção nela. Uma placa verde, por outro lado, poderia trazer uma informação que não é tão urgente.

Ao entrar em um quarto todo preto, e depois entrar em um quarto todo branco, você terá impressões diferentes sobre esses espaços, ainda que a única diferença entre eles seja a cor das paredes. Caso você nunca tenha parado para pensar nisso, este artigo vai trazer grandes revelações sobre o assunto para você.

Considerando o impacto que diferentes cores podem ter no seu cérebro, é fundamental conhecer quais mensagens elas transmitem. Assim, você consegue melhorar a decoração dos ambientes da sua casa, as roupas que você usa em reuniões de trabalho, as imagens que você utiliza nas propagandas do seu negócio e muito mais.

O cinema, a publicidade e as grandes empresas já fazem uso da psicologia das cores. Só falta você! Com base no conteúdo que preparamos, comece a decifrar esse universo. A seguir, você vai entender todos os detalhes sobre a cor roxa, para que você seja capaz de aproveitar o que esse tom traz de melhor para a sua vida. Surpreenda-se!

Significado do roxo na psicologia

A cor roxa é uma cor secundária, formada a partir da mistura do azul e do vermelho. Essas duas cores que originam o terceiro tom são tão contrastantes que chegam a ser opostas. Uma é quente, a outra é fria. Por esse motivo, segundo a psicologia, o roxo é uma cor ambígua.

Pensando nessa perspectiva, o roxo é o equilíbrio entre as vibrações do azul e do vermelho. Enquanto o azul remete à razão, à tranquilidade e à tristeza, em alguns casos, o vermelho está relacionado à energia, à intensidade, ao amor e à raiva, dependendo da situação. Isso significa que a cor roxa é o encontro da razão com a emoção, de forma consciente.

Imagem de um cérebro o sinal de + e um coração ilustrados
vetrestudio / Canva

Também é importante mencionar que, quando exagerada, a cor roxa pode ter um significado negativo. Nesse caso, ela apresenta uma tendência à infantilidade, à hipersensibilidade, ao egocentrismo e, em alguns casos, uma tendência a estimular a sensualidade exacerbada.

Além disso, a cor roxa está associada à espiritualidade, ao mistério e à magia, segundo a psicologia. Ela pode ser utilizada para ampliar a conexão de uma pessoa com ela mesma, com uma fé ou com algo mais oculto, como a própria interioridade.

Contudo, o significado da cor roxa pode se transformar, até mesmo na psicologia, dependendo do tom que estamos vendo. No tópico seguinte, você vai descobrir como os conceitos que apresentamos tornam-se visíveis nos diferentes tons de roxo, para que você utilize cada um deles corretamente.

Significado dos tons de roxo

Como as interpretações da cor roxa podem mudar de acordo com o tom que a cor apresenta, vamos identificar as variações entre cada um deles.

  • Roxo bebê, mais conhecido como lilás: associado ao misticismo e ao contato espiritual, sendo ideal para estimular a espiritualidade.
  • Roxo violeta: em um tom mais fechado, é favorável à tomada de consciência e à tomada de decisões de forma ponderada.
  • Roxo escuro: no tom mais escuro, e em grande quantidade, o roxo intensifica a sensualidade e a sedução.

O roxo na espiritualidade

Segundo a interpretação do roxo na psicologia, essa cor está intimamente ligada à espiritualidade. Por esse motivo, o simbolismo da cor nessa maneira de interagir com o mundo e consigo é um dos mais notáveis.

Pensando na espiritualidade em si, o roxo pode ser associado ao mistério, à magia, à melancolia ou à frustração. Tudo irá depender do contexto no qual a cor aparece, e do motivo para o qual ela está sendo utilizada. Em alguns contextos, pode ser mais positivo, e, em outros, mais negativo.

No Cristianismo, por outro lado, o significado do roxo é sempre benéfico. Por essa crença, o tom lilás representa o arrependimento, a expiação e o recolhimento. Ao mesmo tempo, o tom violeta já foi utilizado para representar o manto de Cristo, em pinturas antigas que falavam sobre a Paixão de Cristo.

Imagem da sombra de uma mulher com os braços abertos em um fundo roxo
adonesFAO de pixabay / Canva

No Oriente, a interpretação sobre o roxo também é uma só, mas é negativa. Nessa cultura, a espiritualidade diz que o tom está ligado ao vício e à maldade. No Japão, é proibido usar roxo em um casamento, porque a cor poderia atrair o pecado e o medo para a cerimônia, que deve ser apenas de amor.

Em dois lugares bem distantes entre si, na Turquia e na Venezuela, o roxo pode ser utilizado para indicar o luto. No Brasil, por exemplo, a cor que cumpre esse papel é o preto. Ainda assim, o roxo não significa morte, necessariamente. Pode ser apenas o início de um novo ciclo.

Quando analisamos os chacras principais do corpo humano, o roxo também aparece. Seguindo esse estudo, a cor está associada ao sétimo chacra que temos, que fica localizado no topo da cabeça.

Sendo assim, percebemos que a espiritualidade pode interpretar o roxo de diferentes formas, de acordo com o lugar do mundo no qual você está ou segundo a sua religião.

Como e quando usar roxo?

Agora que você já aprendeu bastante sobre a cor roxa, está na hora de tornar o seu conhecimento mais prático: como e quando usar roxo? Afinal, em quais situações da sua vida essa cor pode ser aplicada? E qual é a melhor maneira de fazer isso?

Na sua vida profissional, não é recomendado que você utilize a cor roxa, a não ser que você trabalhe com algo voltado à espiritualidade. Como essa cor é bastante misteriosa e mágica, pode trazer uma sensação de falta de comprometimento. Porém, se você quiser usar uma vela roxa ou uma ametista para meditar nos seus intervalos, o poder do roxo estará ao seu lado.

Nos seus relacionamentos, você pode usar um tom de roxo mais escuro quando quiser seduzir a pessoa com quem você se relaciona ou para conquistar alguém. É possível vestir uma roupa que tenha essa cor, apostar em uma maquiagem no tom ou até usar algum acessório em lilás ou em violeta.

Apesar disso, o melhor uso da cor roxa é na sua espiritualidade. Quando você estiver realizando a sua rotina de autocuidado, seja ele físico ou espiritual, acenda velas roxas, use a pedra ametista (que é roxa) ou até toalhas arroxeadas. Quanto maior o seu contato com a cor, mais a sua espiritualidade será estimulada.

De uma forma menos específica, sempre que você estiver precisando tomar uma decisão difícil, ou quando sentir a sua emoção muito aflorada, meditar pensando na cor roxa pode ajudar. Esse gesto simples será capaz de colocar seus pensamentos em equilíbrio, para que você desperte a sua consciência.

Cromoterapia na decoração

Outra maneira de trazer os poderes do roxo para a sua vida é a partir da cromoterapia. Essa é uma terapia que analisa como as cores afetam o nosso corpo físico e mental, e pode ser aplicada à decoração de interiores. Dessa maneira, você pode criar ambientes na sua casa ou no seu escritório que potencializem o lado positivo do tom.

No ambiente profissional, como dissemos anteriormente, o roxo não é muito indicado. Uma sala de reuniões, por exemplo, nunca pode ter as paredes roxas. No entanto, se houver um espaço para relaxar no escritório, é possível incluir almofadas, luminárias e tapetes na cor roxa, para facilitar o descanso da mente.

Imagem de uma sala clara com o sofá, o abajur e as bordas do tapete na cor roxa.
FC Stock / Canva

Na sua casa, a cor roxa deve ser utilizada com bastante cuidado. Para não cometer equívocos, não pinte as paredes de um cômodo de roxo. Você pode ter elementos em lilás no quarto, caso use esse espaço para meditar, mas em locais como cozinha, banheiro e sala de estar é melhor evitar.

Em um ambiente externo, como em um jardim ou na área de uma piscina, o roxo pode ser utilizado com um propósito mais relaxante, para criar um ambiente destinado ao autoconhecimento ou até à realização de orações.

Caso você sinta que não há uma sintonia tão precisa entre o seu corpo e a sua mente, também pode utilizar uma luminária que emita luz roxa no ambiente no qual você está. Ao fazer isso, a cor vai estimular os seus pensamentos da melhor forma possível, garantindo que você recupere seu equilíbrio.

Significado da cor roxo no Ano-Novo

Todos os usos que apresentamos para a cor roxa são válidos e transformadores. Ainda assim, há mais uma possibilidade de utilização desse tom que ainda não foi explorada: o Ano-Novo.

No Brasil, existe a tradição de vestir uma cor na virada do ano que traduza as vibrações que devem prevalecer nos meses seguintes. Se você quiser usar a cor roxa, no Ano-Novo, em uma peça de roupa, em um acessório ou na sua maquiagem, algumas vibrações específicas serão emanadas.

Para estimular a sua espiritualidade, para garantir que você concretize as suas ambições e para despertar a sua consciência sobre diversas questões, use roxo. A cor também é indicada para quem quer se aprofundar na magia e no ocultismo, bem como em alguma religião, quando o ano começar.

Você também pode gostar

Por outro lado, se você quer que o seu novo ano seja destinado a resolver problemas e a olhar para a vida com mais tranquilidade, um acessório roxo já vai ajudar a atrair esse tipo de energia.

Com base nas informações apresentadas, você descobriu os detalhes sobre a cor roxa, mas ainda existem muitas outras cores que podem trazer benefícios para a sua vida. Por isso, aprofunde seus conhecimentos no significado de outras cores!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br