Comportamento Psicanálise

Síndrome de Gabriela

Se você já ouviu a frase “Eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou ser sempre assim: Gabriela”, você terá facilidade para entender a Síndrome de Gabriela, que pode te prender na sua zona de conforto. Identifique por que essa condição é tão ruim para o seu desenvolvimento pessoal.

“Eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou ser sempre assim… Gabriela” (Dorival Caymmi-1970)

As pessoas tendem a buscar informações que confirmem suas crenças existentes e ignorar aquelas que as contradizem. Isso pode dificultar para elas considerarem novas perspectivas ou informações que desafiam suas visões de mundo.

Conforto e segurança: As pessoas geralmente se sentem mais confortáveis e seguras quando suas crenças e valores são consistentes com aqueles de seu grupo social e cultural. Mudar essas crenças pode ser percebido como ameaçador ou alienante.

Identidade pessoal: As crenças e valores de uma pessoa podem se tornar uma parte central de sua identidade pessoal, dificultando abandoná-las sem sentir que estão perdendo algo de si mesmas.

Pressão social: Muitas vezes, as pessoas enfrentam pressão social para manter certas crenças e valores, especialmente em comunidades onde essas crenças são amplamente compartilhadas. Isso pode dificultar para elas questionarem ou mudarem essas crenças sem enfrentar julgamento, ou ostracismo.

Falta de informação ou educação: Às vezes, as pessoas simplesmente não têm acesso a informações ou perspectivas que desafiam suas crenças existentes. Isso pode dificultar para elas considerarem outras maneiras de ver o mundo.

Há outras razões pelas quais as pessoas podem resistir à mudança em suas crenças e perspectivas.

Imagem de um homem com roupas sociais, em um fundo cinza e tapando os ouvidos como se estivesse ignorando alguém
Slphotography de Getty Images/ Canva

Medo do desconhecido: As pessoas podem ter medo do que pode acontecer se mudarem suas crenças ou perspectivas. Elas podem temer perder o senso de controle ou previsibilidade em suas vidas, ou se preocupar com as consequências desconhecidas de mudar suas crenças.

Falta de confiança: as pessoas podem não ter confiança em sua capacidade de mudar ou não acreditar que a mudança valha a pena. Elas podem ter tentado mudar antes e não tiveram sucesso, ou não ter motivação suficiente para mudar suas crenças.

Identificação com o grupo: as pessoas podem se identificar fortemente com um grupo social ou cultural e ter medo de abandonar suas crenças para não serem excluídas do grupo. Elas podem sentir uma lealdade forte em relação ao grupo e acreditar que suas crenças são um sinal de pertencimento.

Trauma ou experiências passadas: As pessoas podem ter experiências passadas que as levam a acreditar firmemente em certas crenças e perspectivas. Por exemplo, uma pessoa que sofreu abuso pode acreditar que o mundo é um lugar perigoso e desconfiar dos outros. Mudar essas crenças pode ser difícil, porque elas podem estar profundamente enraizadas na história de vida da pessoa.

Preconceitos inconscientes: as pessoas podem ter preconceitos inconscientes que influenciam suas crenças e perspectivas sem que elas percebam. Mudar esses preconceitos pode exigir um alto grau de autoconsciência e trabalho interno.

Você também pode gostar

A mudança de crenças e perspectivas é um processo complexo e exige autoconhecimento, motivação e, às vezes, suporte externo para ajudar as pessoas a superar as barreiras internas e externas que impedem a mudança.

Psicanálise online

Divulgação / Jânio Psicanalista

Sobre o autor

Janio Ferreira Costa (Psicanálise Online)

Olá, sou Janio psicanalista, estou feliz por estar aqui. Fazer terapia é ler a si mesmo.

Trabalho com sessão online com adultos, veja meus contatos no final deste artigo. Grato.

Acredito que você é uma pessoa de grande valor e que nasceu para um propósito; dentro de você há um rico depósito de habilidades, mas a vida acontece e surgem situações que obscurecem a visão da gente, fazendo com que você sinta que "não vale a pena". Com isso pode vir a ansiedade ou uma série de transtornos.

Se isso ressoa em você, conecte-se comigo hoje e vamos conversar.
Teremos uma conversa tranquila, privada e (acima de tudo) sem censuras ou críticas.

Viso criar um espaço seguro e sem julgamentos para você conversar, desabafar e descarregar suas vivências.

WhatsApp: (21) 99289-6265

Instagram: @psicanaliseminuto

Site: janiopsicanalista.com

E-mail: psicanaliseminuto@gmail.com