Medicina Integral Saúde Integral

Sintomas de infarto

Mulher com dor no peito
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Sintomas de infarto: entenda tudo sobre essa doença cardiovascular

Quem nunca teve uma palpitação maior no coração e associou aos sintomas de infarto? Um infarto tem sua ocorrência quando o fluxo sanguíneo é interrompido por um tempo maior que o normal. Por causa dessa interrupção, o músculo miocárdio se danifica ou morre, ocorrendo, então, o infarto.

[Ad]

O infarto pode ser fatal, ou seja, levar à morte do paciente. Por isso, ao presenciar os sintomas de infarto, o ideal é ir ao médico para ver o que pode ser feito. Grande parte das pessoas que tiveram o miocárdio danificado conseguem viver bem por muitos anos, basta realizar os procedimentos corretos.

Quais são os sintomas de infarto?

Por causa da obstrução de uma ou de mais artérias que são responsáveis por levar o oxigênio ao coração, pode ocorrer o infarto. Essa obstrução acontece por causa de um coágulo sanguíneo que se forma em uma placa de gordura localizada na parede interior da artéria.

Homem com mãos com dor no peito

Os sintomas de infarto podem começar muito antes de o infarto acontecer. Com o crescimento dessa gordura conhecida como ateroma, o espaço para o fluxo sanguíneo se torna menor. Desta maneira, dores fortes no peito podem ser um indicativo de que algo não vai bem.

Os sintomas de infarto podem ser diferentes em cada gênero, masculino e feminino. Além disso, o público jovem também pode apresentar sintomas diferenciados. Veja a seguir a lista de sintomas comuns de infarto para todos os gêneros:

  • Aperto no peito, ocasionando dores na região esquerda do corpo, tais como braços, mandíbula, costas e pescoço;
  • Vômitos;
  • Náuseas;
  • Desmaios;
  • Suores frios;
  • Palidez;
  • Tosse seca;
  • Insônia.

Sintomas de infarto feminino

Senhora com dor no peito

Ao contrário dos sintomas de infarto masculino, as mulheres podem apresentar alguns sintomas diferentes. Dentre eles estão os batimentos irregulares do coração, o desconforto maior na região do peito, o peso incomum no braço esquerdo e um grande mal-estar.

O público feminino possui menores chances de sofrer um infarto, porém, após o surgimento da menopausa, este risco pode se tornar maior. Com a diminuição dos níveis de estrogênio, que é o hormônio que possui relação com o coração, as chances aumentam.

Além do mais, o uso excessivo de cigarros podem aumentar ainda mais os riscos. Anticoncepcionais e sedentarismo também podem desencadear um futuro infarto.

Sintomas de infarto masculino

Homem com dor no peito

No que diz respeito aos sintomas nos homens, a dor que eles sentem no peito é difícil de definir, inclusive de onde vem. Essa dor chega e traz consigo a transpiração, mesmo que a pessoa não sinta elevação na temperatura. Locais como estômago, braços e mandíbula permanecem doloridos. É muito comum também que aconteçam desmaios e sensações de tontura.

Sintomas de infarto em jovens

Garota com dor no peito

Entre os jovens também pode acontecer, mesmo que os casos sejam bem mais raros. Os sintomas entre esse público são muito semelhantes aos sintomas mais comuns, assim como nos homens.

Você também pode gostar de:

Porém um grande indicativo de que algo vai mal é quando prevalece um formigamento no braço esquerdo, enjoos, tonturas e palidez. Os jovens possuem uma chance maior de ter um infarto fulminante, isto é, aquele em que não há nem chances de correr para o hospital.

Atente-se sobre os riscos

É bastante comum que o infarto se apresente para os homens após os 45 anos e para as mulheres, após os 50. Isso acontece por causa da possível obesidade, de taxas altas de colesterol, de diabetes e de pressão alta.

Se você está com algum desses sintomas, portanto, vá ao médico e faça um exame de rotina. Lembre-se de que, independentemente da sua situação, há chances de tratá-la se algo for descoberto antes do acontecimento.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]