Nutrição

Taioba: aproveite os benefícios dessa poderosa verdura

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Todos os dias, procuramos informações que melhoram nossa qualidade de vida, em diferentes aspectos: qualidade do sono, qualidade no ambiente de trabalho e na profissão, entre quaisquer outras áreas da nossa vida, como a alimentação.

Dia após dia, buscamos melhorar nossa saúde, e nossa alimentação pode ser uma aliada ou grande vilã no que diz respeito a isso. Tudo depende do que decidimos fazer com ela, ou seja, quais alimentos decidimos ingerir.

Neste artigo, o Eu Sem Fronteiras mostrará a você os principais benefícios da taioba, uma poderosa verdura que pode fazer maravilhas para a sua saúde e, com isso, te ajudar nessa importante caminhada rumo à qualidade de vida.

Sabor e valor nutricional

Assim como outras verduras, a taioba tem poucas calorias, mas muito valor nutricional. Tipicamente mineira e muito popular nos jardins das casas brasileiras (mesmo das pessoas que não sabem que a planta é comestível), a taioba tem um sabor semelhante ao do espinafre.

A taioba tem vitamina A, que fortalece nosso sistema ocular como um todo e nossa visão, além de ajudar a evitar doenças nessa parte do corpo; tem vitamina B, que fortalece o sistema neurológico; vitamina C, que fortalece a imunidade e a visão, bem como facilita o processo de cicatrização.

Mas seus benefícios não param por aí: a taioba também aumenta a sensação de saciedade, graças às suas fibras. Seu nível de cálcio também ajuda a fortalecer nossos ossos e a arcada dentária, além do ferro, que fortalece nossa circulação sanguínea e o sangue de maneira geral.

Como prepará-la?

Muita atenção na hora de preparar a taioba! Essa planta tem
quantidade significativa de oxalato de cálcio e, por isso, caso seja consumida crua, torna-se tóxica. A toxina liberada provoca inflamação nas mucosas e fechamento da garganta.

Porém, quando a planta entra em contato com o calor, o teor tóxico é completamente liberado, tornando-a segura para o consumo. Por isso, abuse nas formas de preparação, que são muitas!

A planta pode ser consumida refogada (como a couve), ou no meio de outras preparações, como caldos, molhos, bolinhos, tortas salgadas, acompanhamento do famoso arroz com feijão, entre tantas outras opções, basta usar a imaginação.

Poucos segundos na água fervente (ou em contato com o forte calor de uma frigideira, por exemplo) serão o suficiente para preparar a taioba, que pode ser servida picada ou inteira. Lembre-se: a água de seu cozimento deve ser descartada. Caso queira consumir o talo, ele deve ser cozido por, no mínimo, três minutos.

O mais interessante da taioba é que, mesmo depois de cozida, seus nutrientes permanecem intactos. Então, aproveite todos os benefícios da planta!

Lembre-se: ter alimentação saudável consiste em ingerir proteínas, carboidratos, fibras, gordura, vitaminas e sais minerais; consiste em ingerir legumes, verduras, frutas, grãos, tubérculos e outros grupos alimentícios.

Mas, acima de tudo, vale dizer que cada organismo funciona de um jeito e que é indispensável ter o acompanhamento de um nutricionista ou endocrinologista, profissionais que encontrarão o cardápio que se encaixe perfeitamente nas suas necessidades.


Escrito por Giovanna Frugis da equipe Eu Sem Fronteiras

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]