Ervas e Chás Nutrição Receitas

Gengibre: para que serve e como usar a raiz

Se você quer melhorar sua saúde respiratória, sua digestão e seus relacionamentos com outras pessoas, o gengibre pode ser seu maior aliado. A seguir, descubra como essa planta medicinal pode atuar no seu organismo e qual é o significado que ela tem na sua espiritualidade, para se conectar à natureza.

O gengibre não é para qualquer paladar. A picância característica dessa planta medicinal pode fazer com que ela seja considerada por muitas pessoas apenas um remédio difícil de ingerir. Entretanto existem aqueles que não só reconhecem os benefícios do Zingiber officinale (nome científico do gengibre), como também apreciam o sabor único deste ingrediente.

Originário da Índia, da China e da Ilha de Java, o gengibre conquistou o mundo depois das Cruzadas, quando chegou na Europa. O Brasil, por exemplo, conheceu a planta a partir dos portugueses, no século XVI. E o gengibre já deve ter chegado na sua casa quando você queria temperar um alimento, melhorar a sua digestão ou combater uma dor de garganta.

No conteúdo que preparamos, você vai descobrir as propriedades incríveis do gengibre, inclusive na espiritualidade. Em cada tópico que preparamos, surpreenda-se com tudo que esse ingrediente pode trazer para o seu cotidiano tanto no aspecto físico quanto no aspecto espiritual. Aproveite!

Benefícios do gengibre

Para começar a aprender mais sobre o gengibre, vamos nos aprofundar nos benefícios que ele pode trazer para a sua saúde física. Será que você já conhece todas as ações deste alimento para o seu corpo? Descubra a seguir!

1) Facilita a digestão
Por combater a azia e os gases intestinais, o gengibre tem um papel fundamental no sistema digestivo. Isso porque alguns dos compostos da planta, como o chogaol, o gingerol e a zingerona, relaxam a musculatura do estômago e reduzem a acidez do órgão.

2) Auxilia na prevenção da diabetes
O zingibereno, o gingerol e o curcumeno, que são compostos presentes no gengibre, apresentam uma ação antioxidante, protegendo as células do pâncreas. Dessa maneira, o órgão consegue trabalhar normalmente para regular os níveis de açúcar no sangue.

3) Alivia náuseas e vômitos
O gengibre é muito indicado para tratar náuseas e vômitos sem causa aparente, aqueles que costumam ser passageiros. Com essas propriedades antieméticas da planta, é possível combater até mesmo o enjoo resultante da quimioterapia.

4) Equilibra a pressão arterial
As propriedades relaxantes, anti-inflamatórias, vasodilatadoras e antioxidantes do gengibre fazem com que esse ingrediente aumente a elasticidade das artérias. Por causa disso, a circulação sanguínea ocorre com mais facilidade, havendo um equilíbrio da pressão arterial.

5) Combate infecções
As infecções que podem atingir o sistema respiratório, resultantes de bactérias e de micróbios, podem ser enfraquecidas com a ajuda do gengibre. Inclusive, a planta é indicada para aliviar sintomas de gripe, resfriado, asma e bronquite.

6) Ameniza dores musculares
No gengibre, cineol e borneal são compostos que apresentam uma ação analgésica. Dessa forma, as dores musculares podem ser aliviadas pelo ingrediente, se ele for consumido com certa frequência.

7) Alívio da cólica menstrual
O cineol e o borneal também são responsáveis por amenizar cólicas menstruais, já que atuam como analgésicos no corpo humano. Pensando nisso, o gengibre pode ser consumido no início do período menstrual, prevenindo esse tipo de incômodo.

Tabela nutricional

Gengibre inteiro e em pó
atlasstudio / Canva

Além de conhecer os benefícios do gengibre, é essencial entender quais são os componentes que esse alimento apresenta, a partir de uma tabela nutricional para 100 gramas de gengibre cru:

Calorias: 80 kcal
Água: 78,89 g
Proteína: 1,82 g
Gorduras totais: 0,75 g
Fibra alimentar: 2 g
Cálcio: 16 mg
Ferro: 0,6 mg
Magnésio: 43 mg
Fósforo: 34 mg
Potássio: 415 mg
Sódio: 13 mg
Zinco: 0,34 mg
Vitamina C: 5 mg

Significado espiritual do gengibre

Outra maneira de estudar sobre os efeitos do gengibre no organismo humano é entendendo o que ele representa na espiritualidade. Por esse aspecto, o ingrediente pode atuar sobre as nossas relações interpessoais.

Se você estiver vivendo relações prazerosas com muito carinho, o gengibre tende a intensificar o amor e a parceria, trazendo ainda mais estabilidade para a união. Por outro lado, se as relações forem repletas de mágoas e ressentimentos, o gengibre pode te ajudar a se libertar dessas dores.

O ingrediente ainda é responsável por melhorar o humor de quem entra em contato com ele. Sendo assim, a planta estimula o otimismo, a positividade e um olhar mais leve sobre cada experiência.

Contraindicações e efeitos adversos

Mesmo que o gengibre seja uma planta medicinal muito benéfica para a saúde física e para a espiritualidade, o ingrediente pode causar dor de estômago, diarreia, sonolência e alteração dos batimentos cardíacos, caso seja consumido em excesso. A planta também não é indicada para quem ingere anticoagulantes, tem problemas na vesícula, toma remédios para controle da diabetes ou da pressão alta e para gestantes que estão no final da gravidez.

Receitas com gengibre

Tendo em mente todas as orientações sobre o gengibre, você já pode se arriscar na cozinha com esse ingrediente. A seguir, veja quais são as melhores receitas com ele:

pixelshot / Canva

Chá de gengibre
Ideal para facilitar a digestão, o chá de gengibre pode ser ingerido depois das refeições, sobretudo das mais gordurosas. Veja como prepará-lo:

Ingredientes:
5 centímetros de gengibre
1 ½ xícara de água
Açúcar ou mel a gosto

Modo de preparo:
Lave, seque e corte o gengibre em fatias finas. Em seguida, coloque o alimento na água e leve a preparação para o forno, em fogo médio. Assim que ferver, baixe o fogo e cozinhe por cinco minutos. Por fim, deixe descansar por dois minutos e adoce como desejar.

Chá de gengibre com limão
Se você está com dor de garganta ou com um resfriado, o chá de gengibre com limão vai fortalecer a sua imunidade e aliviar os sintomas que estão te incomodando. Siga a receita:

Ingredientes:
1 litro de água
1 limão com casca em rodelas
2 colheres (sopa) de gengibre fresco em rodelas
2 colheres (sopa) de mel

Modo de preparo:
Coloque a água no fogo e, quando estiver quase fervendo, adicione o gengibre. Feito isso, tampe a panela e espere cinco minutos. O próximo passo é acrescentar o limão à preparação, em fogo baixo, por cinco minutos. Por fim, desligue o fogo, coe a bebida e adoce com mel.

Biscoito de gengibre
Um biscoito de gengibre é um ótimo petisco para dar mais energia ou para presentear uma pessoa, garantindo que ela receba todo o seu amor. Atente-se ao passo a passo:

Ingredientes:
400 g de farinha de trigo
125 g de manteiga sem sal
100 g de açúcar mascavo
15 g de canela em pó
15 g de gengibre em pó
5 g de cravo-da-índia em pó
2 g de sal
120 ml de mel
1 ovo

Modo de preparo:
Bata a manteiga e o açúcar até formar um creme fofo. Depois, adicione a canela, o cravo, o gengibre e o mel, batendo tudo. Em seguida, bata o ovo na mistura. Feito isso, incorpore a farinha e o sal. Com a massa pronta, espalhe-a em formato quadrado, embrulhe em papel vegetal e leve para a geladeira por duas horas.

Após esse período, abra a massa com um rolo por cima do papel vegetal e faça os formatos que desejar. Então forre uma assadeira com papel vegetal e distribua os biscoitos. Gele-os por dez minutos e só depois leve para assar. Asse por 15 minutos, a 180º C.

Água com gengibre
Caso você tenha dificuldades para beber água durante o dia, você pode experimentar uma preparação de água com gengibre. No entanto consulte um profissional da saúde antes de incluí-la na sua dieta:

Ingredientes:
1 gengibre médio em fatias
500 ml de água

Modo de preparo:
Coloque o gengibre na água e leve para ferver por cinco minutos. Depois desse período, é só esperar a preparação esfriar e beber ao longo do dia.

Chá de gengibre e canela
O chá de gengibre e canela é o mais indicado para quem está sofrendo de cólicas menstruais. Porém a receita também vai te ajudar a estimular o amor e a união no seu lar, auxiliando a resolver problemas no relacionamento:

Ingredientes:
500 ml de água
1 colher (sopa) de canela em pó
1 colher (sopa) de gengibre picado

Modo de preparo:
Quando a água começar a ferver na panela, adicione o gengibre e a canela. Então ferva por mais cinco minutos, coe a bebida e aproveite.

Chá de hortelã com gengibre
Se você está sentindo dor de barriga ou parece que o seu estômago está pesado, o chá de hortelã com gengibre vai ajudar a relaxar os músculos da região abdominal, contribuindo para que você recupere o seu bem-estar:

Ingredientes:
2 xícaras de água
½ xícara de hortelã
1 colher (chá) de gengibre ralado

Modo de preparo:
Após ferver a água, acrescente o gengibre e a hortelã. Mantenha a panela fechada, com o fogo desligado, por cinco minutos. Depois é só coar e beber.

Você também pode gostar:

Dúvidas mais comuns

Mulher com feição pensativa
Prostock-studio de Getty Images / Canva

Você já sabe bastante sobre o gengibre, mas é possível que ainda compartilhe algumas dúvidas mais comuns com outras pessoas. Veja quais são as questões que costumam ser levantadas sobre o ingrediente:

1) Grávida pode tomar chá de gengibre?
As gestantes devem consultar um profissional da saúde antes de consumir o chá de gengibre, sobretudo no final da gestação. Contudo a bebida pode aliviar enjoos, em alguns casos.

2) Gengibre emagrece?
Nenhum alimento tem o poder de fazer uma pessoa emagrecer ou engordar. Ainda que o gengibre acelere o metabolismo e facilite a digestão, é preciso realizar exercícios físicos e iniciar uma reeducação alimentar para perder peso, com o acompanhamento de profissionais.

3) Gengibre aumenta a pressão?
O gengibre é conhecido por equilibrar a pressão arterial. Isso significa que o ingrediente é responsável por reduzir a pressão, não por aumentá-la. É por isso que você deve consultar um médico antes de ingeri-lo, caso consuma remédios para abaixar a pressão.

4) É bom mastigar gengibre?
As propriedades anti-inflamatórias do gengibre podem ser ativadas por meio da mastigação do ingrediente. Logo, é bom mastigar gengibre para amenizar uma dor de garganta, por exemplo.

5) Gengibre tira o sono?
Como o gengibre acelera o metabolismo, é possível que ele tire o sono de quem o ingere muito perto da hora de dormir. É melhor tomá-lo depois do almoço ou no começo da tarde, para não correr riscos.

6) Gengibre ataca estômago?
O gengibre se torna um aliado do sistema digestivo, desde que seja consumido de forma moderada. Entretanto uma pessoa que já apresenta problemas nessa região do organismo deve consultar um profissional da saúde antes de fazer o consumo regular da planta.

7) O gengibre é afrodisíaco?
Por acelerar o metabolismo e favorecer a circulação sanguínea, o gengibre é um alimento afrodisíaco, que aumenta o desejo sexual. Além disso, numa visão espiritual, a planta pode aumentar o amor entre as pessoas.

Depois de conhecer todos os detalhes sobre o gengibre, você já sabe como utilizar esse ingrediente na sua saúde e na sua espiritualidade. Compartilhe o que você aprendeu para que mais pessoas aprendam sobre os benefícios desse ingrediente!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br