Veganismo Vegetarianismo

Transição para o veganismo, como começar

Muitas pessoas já pensaram em seguir uma dieta vegetariana, mas simplesmente nem tentam substituir o sabor da carne em seu dia a dia devido ao apego e crenças limitantes, como o fato de a proteína animal ser essencial ao nosso organismo.

Diante de uma crise mundial milenar, deparamo-nos com esses vírus que ameaçam a espécie humana, ironicamente como nós, humanos, ameaçamos muitas espécies – ou melhor, extinguimos muitas espécies.

Sim, nós, pois somos testemunhas, motivadores e praticamos muitos crimes ambientais pelo simples fato de viver em sociedade e aceitar calados o desmatamento para o gado de sua carne fatiada no supermercado, o seu trono de rei sendo direcionado a rios inocentes, cosméticos etc.

De repente, fica muito distante ser uma pessoa ecológica. porque acreditamos que existe um buraco negro que some com todo o nosso lixo, com toda a nossa culpa mascarada, já que não tivemos de matar o porco para fazer o nosso churrasco, esse ser de repente é apenas um personagem imaginário, e vivemos esse mundo de ilusão que desaba sem fim.

Uma bom começo para a transição vegetariana, que consiste em não se alimentar de animais, é reduzir o consumo – por exemplo, adotar o quibe em sua dieta e fazê-lo com apenas 30% de carne (300 gramas para 1 quilo de trigo para quibe). É possível adicionar mandioquinha e/ou cenoura ralada para obter consistência, ovos, hortelã. E, além de render para o mês – do que seu bolso vai gostar, mais que que seu estômago –, é prático para seu dia a dia se você congelar.

Você também pode gostar

Então seu cérebro receberá um mecanismo de que a carne está sendo ingerida, ela vira um tempero quando era um prato principal. É possível fazer muitas receitas, e você percebe que muitos outros alimentos tem o sabor mil vezes melhor. Você passa a sentir o teor energético, de como verduras e vegetais alimentam e sustentam mais, e pode até se tornar 100% vegetariano ou, quem sabe, vegano um dia, não aceitando nada de origem animal.

Estamos em um tempo de sair da teoria e pôr na prática tudo que ouvimos falar que é bom ou certo. Não há tempo para procrastinação. Por que deveríamos esperar uma luz celeste, a salvação do Senhor, se não ajudamos outras espécies, se não nos ajudamos? O que realmente impede que façamos o que sabemos, e façamos uso de toda essa informação livre que nos é dada na era de Aquário?

Sobre o autor

Bruna Mac The Wall

Graduada em Hotelaria e Turismo pela Anhembi Morumbi, especializada em Lazer e Bem- Estar, Pós Graduada em Naturopatia pela Humaniversidade, com cursos de extensão em Terapias Vibracionais Bioenergéticas EMF e Sound Healing.

O autoconhecimento pela troca de energia no trabalho com outro ser humano, de fato faz nossa sabedoria expandir, a medida que nos colocamos como observadores quânticos onde a resposta para tudo está em todas as coisas ao nosso redor.

A proposta de escrever e expandir é uma forma de tornar aspirações e experiências disponíveis a outros seres humanos que estão dispostos a compartilhar também a medida que estão abertos a novos insights e conhecimento, possibilitando essa troca.

Atuo com atendimentos individuais com massoterapia ( Shiatsu, Thai Massagem , Ayurvedica, Thiyur, Detox ) , acupuntura ( com e sem agulhas) , consultas Florais e Fitoterápicas, sessões individuais e coletivas de Sound Healing, Bioenergética, Yoga, Meditação, eventos de Bem - Estar em espaços e empresas, Retiros Detox Zen.

Atuo também com consultoria de Spas e Resorts , Social Mídia, Foto/ Vídeo/ DJ.

Linha de Produtos Naturais Orgânicos, Saboaria e Cosmética Natural.

Email: brumacthewall@outlook.com
Whatsapp (11) 99250-7525
Páginas:
Facebook: bruna.sol.7
Instagram: @ b.omeditacao