Aromaterapia Incensos Saúde Integral

Tudo o que você precisa saber sobre Palo Santo

Imagem de incenso de palo santo queimando e ao lado dele alguns cristais para ajudar na limpeza.
Bertrand Maret / Pixabay
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Se você já caminhou por uma feira de artesanato, pode ter se encantado com um cheiro fresco de vegetação, que parecia diferente de tudo que você já sentiu. Provavelmente era o aroma do palo-santo que estava tomando conta das suas narinas. A seguir, aprenda tudo que você precisa saber sobre ele.

O palo-santo é uma madeira que, ao ser queimada, libera um aroma muito característico e considerado mágico por muitas pessoas. Em espanhol, palo-santo significa “madeira encantada”. Esse nome carrega todos os usos mais comuns desse elemento da natureza. Utilizadas por povos incas, por indígenas e por curandeiros, as lascas da árvore de palo-santo poderiam ser colhidas em regiões do Peru, do Equador, da Bolívia e do Brasil.

As antigas civilizações acreditavam que a queima das lascas da árvore de palo-santo liberava uma fumaça curativa, capaz de promover a limpeza do corpo e do espírito. Assim era comum que o palo-santo fosse utilizado em rituais de purificação e em cerimônias. As árvores desse tipo vivem até os 90 anos, na maioria dos casos, e a resina perfumada só poderá ser removida no mínimo quatro anos depois da morte natural da planta, então o processo para obter o palo-santo com propriedades mágicas pode ser bastante demorado.

Atualmente, esse presente da natureza pode ser encontrado em todo o mundo, na forma de incensos, óleos essenciais e nas próprias lascas de madeira, que podem ser queimadas por qualquer pessoa que realize o procedimento de forma segura. Também é possível encontrar aromatizadores com essência de palo-santo. Dizem que o uso da planta pode trazer proteção e limpeza espiritual para um ambiente ou para uma pessoa, mas não para por aí. Saiba quais são os outros usos do palo-santo e como ele pode fazer bem para você.

Para que serve o palo-santo?

O palo-santo, na forma de óleo ou de incenso, é capaz de beneficiar tanto o aspecto físico quanto o aspecto emocional de uma pessoa. Cientificamente, podemos analisar a composição do palo-santo para entender como cada substância liberada pela fumaça da madeira ou pelo contato com o óleo nos auxilia.

O limoneno é um ingrediente que está presente em 62,8% do palo-santo. Há evidências de que ele pode prevenir o câncer, mas sua principal atuação está no potencial calmante, que diminui a ansiedade, e no estímulo à criatividade, que favorece a solução rápida para diversos problemas. Em âmbito espiritual, o limoneno é responsável por afastar as energias negativas de um ambiente.

Imagem de 5 incenso de palo santo sendo queimados.
Daniela Mackova / Pixabay

Terpineol é outro componente do palo-santo que pode melhorar a saúde física de uma pessoa. Ele fortalece a imunidade, atua contra fungos e bactérias e funciona como um tônico. Em relação ao que ele pode trazer em um aspecto mental, o terpineol pode trazer a sensação de equilíbrio e de bem-estar para quem utiliza o palo-santo de forma rotineira.

O último componente presente em grande quantidade no palo-santo é o menthofuran. Na saúde física, ele é um aliado no descongestionamento nasal e pode atuar como antiviral, dependendo da doença. Outros benefícios que o menthofuran traz são a melhoria da concentração e a clareza de pensamentos, que pode auxiliar na resolução de problemas.

Como usar o palo-santo?

Agora que você conhece os benefícios que o palo-santo pode trazer para a sua saúde, pratique a forma correta de utilizá-lo como incenso e como óleo essencial.

Se você tem uma lasca de palo-santo, ele será utilizado como incenso, então você deve segurá-lo por uma das pontas e queimar o outro lado. Você vai perceber que esse processo de queima é um pouco demorado, mas continue colocando fogo. Mantenha a lasca queimando por 30 segundos e só depois apague.

Com o palo-santo liberando fumaça, caminhe pelo ambiente que você deseja purificar. Faça uma oração em voz alta ou diga aquilo que você deseja alcançar. Peça boas energias e uma limpeza espiritual do ambiente. É importante que você leve fumaça também para o chão e para os cantos escondidos do cômodo.

Você ainda pode aproveitar a fumaça para purificar as suas energias. Fique em pé e comece espalhando a fumaça pelos seus pés, passando por todo o seu corpo, até a cabeça. É possível que o palo-santo apague algumas vezes durante o processo, mas basta acendê-lo novamente, se acontecer. Ao final do processo, você não deve interromper a queima da madeira. Coloque-a em uma tigela de metal ou de cerâmica e deixe que ela apague naturalmente.

Imagem de um caixa com incenso de palo santo, uma taça de bronze com um incenso dentro sendo queimado.
Thanks for your Like • Donations Welcome / Pixabay

Para usar o óleo essencial de palo-santo, você só precisa colocar algumas gotas na mão, espalhá-las nos braços e nas palmas das mãos, assim todas as boas energias que a madeira libera circularão por você. Se tiver um aromatizador de ar com palo-santo em sua composição, espalhe-o pelo ambiente semanalmente, para preservar a limpeza do local onde você mora ou trabalha.

Há quem use a fumaça do palo-santo também para purificar cristais, pedras, pêndulos ou objetos que são utilizados para fins mágicos. Nesse caso, também é possível pingar um pouco do óleo essencial em um pano e esfregar gentilmente as peças.

Como o palo-santo pode auxiliar no tratamento da depressão?

Uma pessoa que é diagnosticada com depressão deve realizar um acompanhamento médico para saber qual medicação tomar e para fazer terapia, buscando a compreensão do que está causando os pensamentos e os sentimentos depressivos. Uma vez que essa pessoa já passou por esse processo e está seguindo um tratamento regular, o palo-santo pode ser um aliado.

Como essa madeira é conhecida por promover a limpeza espiritual de quem entra em contato com ela, o uso do palo-santo na forma de óleo essencial ou de incenso permitirá que os sentimentos e pensamentos negativos que a pessoa com depressão está nutrindo sejam afastados aos poucos.

Imagem de um único incenso de palo santo queimando para limpar as energias.
Thanks for your Like • Donations Welcome / Pixabay

Além disso, ela pode sentir mais ânimo para realizar as atividades diárias, tendo mais criatividade para resolver problemas e mais concentração para se dedicar ao que lhe faz bem. Embora o palo-santo seja inofensivo para a saúde, é importante que você fale com o(a) profissional que está acompanhando seu tratamento para depressão para entender se você pode utilizá-lo como complemento ao seu processo de cura.

Você também pode gostar

O palo-santo é um componente natural que pode ser utilizado por qualquer pessoa que deseja obter mais criatividade, tranquilidade e limpeza espiritual. A queima da madeira e o uso do óleo essencial são os melhores meios de aproveitar todos os benefícios que essa planta perfumada e mágica pode trazer para a vida de alguém!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]