Convivendo

Você aceita o presente?

Mulher asiática de olhos fechados.
Ivete Costa
Escrito por Ivete Costa
O único motivo que bloqueia o desenvolvimento, seja qual for o nível, é a mente presa ao passado. Como vamos caminhar para frente e avançar se quem determina nossos passos é a mente, que está puxando para trás?

Há dois caminhos para prosseguir: ou liberta a mente do passado, e isso se faz por meio do conhecimento e da vigília constante, ou liberta o espírito das prisões da mente, e isso se faz por meio da meditação.

A própria mente presa quer soluções difíceis, complexas, de impacto, então fica procurando-as, fica inventando, mas isso apenas mantém esse ciclo de crenças limitantes.

Balões voando.

Existe um receio natural diante das mudanças, do novo, de olhar para frente. Medo de errar, de sofrer – de novo. Mesmo se houvesse garantias de que do outro lado da porta existe luz, o fluir natural da luz, como não podemos ver além dessa porta, o receio de abri-la é natural. Por isso é preciso ser determinado em suas decisões.

Ao tomar a decisão de viver uma nova fase, a força envolve e abastece outra vez o teu corpo e te projeta para a nova caminhada, então os obstáculos deixam de ser monstros gigantes. É preciso decidir e manter firme e ativa a decisão.

Fortalecer a confiança, a fé em você, na vida e nas coisas que você faz. É preciso confiar em um resultado positivo, fortalecer sua ter fé em Algo Maior, não deixar isso vacilar, não se deixar vacilar por memórias de outros momentos que não deram certo ou que não sei saíram do jeito que você queria. Não se deixe influenciar por outras pessoas. Seja imbatível, confie em si mesmo.

Não se deixe sozinho. Acolha seus medos e inseguranças. Acalme a raiva. Estimule pensamentos motivadores. Seja tua boa companhia em palavras, atos e bons pensamentos.

Você também pode gostar de:

É preciso promover a auto-observação para filtrar o que você se permite absorver: “Sim, isso eu quero”; “Não, isso eu não quero”, sejam pensamentos, sentimentos ou ações próprias ou dos outros.

O autoconhecimento não é a mudança de uma frequência para outra. Ele permite deslizar de uma frequência para outra. É a evolução espiritual. O que está acontecendo nos últimos tempos é que este deslizar é cada vez mais consciente. “Descobrimos” que podemos escolher os pensamentos e estimular os sentimentos. Estamos cada vez mais à frente do nosso destino.

No fluir de frequência existem sentimentos que precisam ser deixados na frequência anterior,, porque são úteis somente naquela frequência. Alguns têm mais resistência em soltar situações que estão sendo alimentadas por esses sentimentos. O autoconhecimento ajuda a compreender que o que não é mais necessário precisa ser solto. A dor surge quando a resistência é intensa.

O fluxo de evolução impulsiona a pessoa para a próxima frequência, e a resistência quer manter, então surge o apego. Até situações são criadas para manter na situação atual. Tudo que brotar, for denso e mantiver na frequência anterior, solta.

Homem encarando o pôr-do-sol de olhos abertos.

É tudo dentro. Não há nada fora detendo o fluxo da sua evolução.

O que você realmente quer?

Visualizar e desejar um objetivo.

Identificar a necessidade que te move nessa busca.

O que você quer alcançar?

Qual é o seu desejo?

Baseado nesse desejo, vá em busca e acredite que pode realizar.

Mas é preciso primeiramente identificar esse desejo para buscar na fonte certa.

Energize cada milímetro de ti com alegria.

Torne-se alegre, doe essa energia para o seu lar.

É uma grande cura.

A partir dessa alegria, tudo que há na Luz resplandece.

A alegria é a energia mais regeneradora que existe.

Nem o amor, sozinho, tem o poder de regeneração.

A alegria é intensamente pessoal e ela tem um fluxo que rompe bloqueios.

Quando a alegria brota dentro da alma, a intensidade de expansão expulsa bloqueios profundos de dentro dos chacras.

Isso limpa as memórias dos sentimentos envolvidos nos acontecimentos desagradáveis, limpa o medo de realizar e de novas realizações.

Você aceita o presente?

Permite-se fluir?

Cesse as dúvidas, as inquietações, erga a cabeça, respire fundo e toque em frente, em direção aos seus objetivos.

Paz Profunda!

Sobre o autor

Ivete Costa

Ivete Costa

Atuando na área terapêutica há mais de 20 anos em atendimentos individuais, grupos e consultoria, utilizando as técnicas de Psicossíntese, Cognitivo-Comportamental, Constelação Sistêmica, Coaching Integrado, dentre outras. Coautora dos livros: ‘Quais de Mim Você Procura’, ‘Mães Empreendedoras’ e ‘FETRANSPAR - 25 anos’.

Contatos:
Email: [email protected]
Site: ivetecosta.com.br
Facebook: ivetecostaterapias
Instagram: @ivetecostaterapias