Autoconhecimento

10 coisas para nunca se dizem a uma mãe novata

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A maternidade não é uma tarefa das mais fáceis. É algo que traz uma sabedoria de vida enorme para as mães e é muito gratificante, mas as dificuldades do dia a dia delas muitas vezes são bem estressantes e cheio de imprevistos e horas de sono mal dormidas. Por isso, sempre quando você for visitar alguma mulher que esteja com um bebê recém-nascido, tome cuidado para não cometer algumas gafes e não falar algo que possa não ser o ideal para o momento. Separamos algumas frases para serem evitadas e o porquê de evitar cada uma delas. Veja abaixo:

“Durma quando o bebê está dormindo”

As mães de bebês recém-nascidos tem um problema bem comum: a falta de tempo. Por isso muitas vezes elas aproveita a hora que o bebê está dormindo para colocar ordem na casa e fazer tudo o que estiver atrasado. Um bom jeito de ajudar em vez de dar esse conselho é se oferecer para olhar a criança por alguns momentos para ela ter tempo para fazer algo que precise de imediato.

“Você parece bem cansada!”

A maternidade é algo bem cansativo mesmo. Principalmente porque o bebê costuma acordar várias vezes durante a noite e nesse momento começam a aparecer as olheiras na mãe e no pai. Tome cuidado com esse comentário para não prejudicar a autoestima da mãe e não fazer ela se sentir incomodada com a aparência dela.

“O seu bebê chora muito”

Esse é um dos piores comentários que alguém pode fazer. Pois ele causa medo na mãe e a faz sentir que está fazendo algo de errado com a criança. Se você tiver alguma sugestão de como fazer a criança ficar mais calma, faça, mas tomando cuidado para não parecer que a mãe esteja fazendo algo errado.

“Quando crescer, fica pior”

A mãe fica muito cansada nos primeiros meses após o nascimento do bebê, mas dizer algo assim só a desanima ainda mais. Portanto, em vez de falar algo desse tipo, prefira dizer algo encorajador para que a mãe se anime e encare tudo da forma mais tranquila possível.

“Mas você não queria um menino/menina?”

Baby feet in mother hands. Tiny Newborn Baby's feet on female HeMuitas mães às vezes tem um desejo específico de ter um bebê menino ou menina. Mas nem sempre vem exatamente o que ela queria. A questão aqui é ela aprender a como criar uma criança independente do sexo. Portanto, não fale como se isso fosse algo ruim, mas sim mostre como ter uma criança do outro sexo pode ser algo bom para ela.

“Quando você volta para o trabalho?”

A mãe precisa de um tempo para cuidar do bebê e aprender tudo relacionado a maternidade, por isso ela não pode ficar desviando o foco para outras questões como trabalho, por exemplo. Evite lembrá-la de assuntos profissionais nesse momento. Isso pode gerar um estresse desnecessário.

“Ele não se parece com você”

Os bebês podem demorar para ter uma feição que se pareça mais com o pai ou com a mãe, pois a aparência vai mudando aos poucos conforme o bebê for crescendo nos primeiros seguintes. Por isso evite comentários indelicados sobre a aparência da criança. A mãe sempre vai achar ele o bebê mais lindo do mundo, se parecendo ou não com ela.

“Como você está gorda!”

A gravidez muda bastante o físico da mulher e por isso ela pode não estar se sentindo muito confortável com o próprio corpo. Portanto, não faça comentários sobre isso. Leva tempo até que o corpo da mulher se recupere e ela não precisa ser lembrada disso com frequência.

“Já pensa em ter outro filho?”

Ter um filho dá bastante trabalho e perguntar logo de cara se a mãe já pensa em ter outro pode não ser a melhor pergunta para o momento. Esse é o tipo de decisão que só vem depois que os meses mais trabalhosos de cuidar de um recém-nascido passam. Cuidado com esses comentários para não instigar a ansiedade da mãe nesse momento.

“Você tem que amamentar mais”

Nem todas as mães produzem muito leite e às vezes é necessário complementar a alimentação do bebê de outras formas. A mãe não se sente confortável com essa situação, por isso não faça ela se sentir pior por isso.


  • Escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]