Budismo Espiritualidade

8 níveis de consciência do budismo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Primeira consciência: Consciência do olhar. A forma física perante nossos olhos, além disso a maneira como enxergamos o todo, o nada e as questões do cotidiano. Possui contato, atenção e sentimentos, num primeiro instante. Tudo toma forma diante do que vemos e sentimos.

Da segunda até a quinta consciência, existe a consciência da audição, a consciência do olfato, a consciência do paladar e a consciência do corpo (tato). Corpo e toque diante de objetos, corpos e fatores naturais, língua e gosto para o alimento, nariz e cheiro para a percepção, ouvido e som, olhos e forma. Essas consciências são um fluxo constante e sua natureza é contínua, passando pelo processo de nascimento e morte.

A sexta é chamada de consciência da mente. A mente é poderosa, não tem início nem fim. Ela permite você armazenar e liberar energias boas ou não. Quando sonhamos enquanto estamos dormindo, a sexta consciência ainda trabalha, porém ela não possui forma, som, etc.

A sétima consciência se chama Manas. É como se fosse a plataforma para a sexta consciência (consciência da mente) para se apoiar e se manifestar. A consciência Manas tem uma visão egocêntrica sobre si. Está sempre em constante busca pelo prazer e a todo modo e momento busca evitar o sofrimento. A consciência Manas ignora tudo aquilo que podemos tirar de proveito do sofrimento e desconsidera as desvantagens da busca somente pelo prazer. Uma pessoa devota e de grande vontade e determinação procura transformar as visões errôneas a respeito de si e das pessoas ao redor. Não deveríamos tentar fugir do sofrimento que nos aflige, pois são eles que são o trampolim para a verdadeira felicidade. Este é o trabalho da meditação e das orações que devem ser feitas: para atingir a felicidade.

“Utilizar as oito consciências ao nosso favor requer tempo e concentração”

A oitava consciência é a armazenadora (ou armazenamento). Ela armazena todas as energias das outras consciências. Lembrando que todas as nossas palavras, pensamentos e ações são provenientes de nossa vida e nossa mente, e delas são armazenadas energias positivas ou não, e a oitava consciência é responsável por isso.

Vários fatores acontecem diariamente fazendo com que armazenemos boas energias, bem como as ruins. Um fator que auxilia para a utilização das oito consciências ao seu favor são meditações e mantras para que a vivência diária dessas consciências sejam mais prazerosas.


Texto escrito por Bruno da Silva Melo da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]