Autoconhecimento Ho'oponopono

A gratidão como exercício de transformação

Leticia Vidigal
Escrito por Leticia Vidigal



A gratidão pode transformar as nossas vidas? Uma reflexão a partir da prática do Ho’oponopono

Há algum tempo, eu li um depoimento de uma pessoa conhecida que questionava o poder da gratidão. Ela refletia: para quem ou ao que devo ser grata se sou eu mesma que atraio para mim o que recebo na minha vida? E ainda se perguntava: devo ser grata a mim mesma? 

No Ho’oponopono, nós acreditamos que o que ocorre fora de nós é apenas um reflexo daquilo que temos dentro de nós mesmos, portanto, somos responsáveis pelo que percebemos e recebemos na vida.

O questionamento feito por minha conhecida faz, então, sentido? Por qual motivo devemos ser gratos se somos nós mesmos que estamos “produzindo” a nossa realidade?

Para responder a essa pergunta, eu refleti sobre a minha vida antes e depois de incluir a gratidão diária na minha rotina.

No meu caso, acredito que a realidade que vivencio é um reflexo daquilo que há em mim e das memórias que compartilho com aqueles que estão ao meu redor e com o restante da humanidade. Acredito também em uma Força Maior que, muitas vezes, chamo de Deus. Acredito que essa Força é também Fonte de Amor e que, como possuo, assim como todos os outros seres humanos, uma centelha dessa Força, também possuo uma Fonte de Amor, assim sou, também, essa Fonte.

Entretanto, saber disso é diferente de sentir isso. Eu sei o que sou, mas muitas vezes duvido. Devido às memórias que compartilho com os meus antepassados e os registros que ainda estão arquivados em minha mente subconsciente, nem sempre acredito que sou essa Fonte de Amor e que posso sempre acessá-la e sentir quem Eu Sou (e que você também é).

O exercício de gratidão me auxilia a realizar esse acesso. Muitas vezes, caminho pela vida sem a consciência exata do que estou fazendo e do que está acontecendo. Quando me sinto um pouco perdida entre um compromisso, contas para pagar, uma febre inesperada de um dos meus filhos, atendimentos e prazos, eu respiro fundo e agradeço.

Volto-me para diversos “seres” e “entidades”, como o meu Anjo da Guarda e Arcanjos, mas agradeço especialmente a Deus. Agradeço pelos desafios que enfrento e que me permitem acessar o que ainda em mim precisa ser purificado, agradeço por minhas conquistas, presentes que chegam todos os dias, mesmo quando não espero por eles, e agradeço, especialmente, pelo sopro divino que recebi e que me permite estar aqui hoje.

Além disso, utilizo as frases do Ho’oponopono diariamente: eu sinto muito, me perdoe, te amo, sou grata! De acordo com o Dr. Hew Len, psicólogo que ficou famoso no livro “Limite Zero”, sobre o Ho’oponopono, as frases “te amo, sou grato” são as que geram mais força de purificação de nossas memórias. Purificando registros que me afastam da minha Fonte de Amor, consigo acessá-la e me reconheço como uma Filha do Universo. Tenho consciência de que ainda tenho muitas memórias a serem purificadas e muitos desafios a serem enfrentados, mas me sinto abençoada e amparada.

Sim, para o Ho’oponopono, somos nós que criamos a realidade que vivemos, mas muito dessa realidade é resultado da nossa falta de consciência de quem somos realmente. E acredito que a gratidão nos auxilia a acessar o nosso verdadeiro Eu. 

Portanto, mesmo que haja alguma dúvida, a minha sugestão para o novo ano é ser grato todos os dias. Acredito que esse exercício pode transformar as nossas vidas, a partir da única transformação possível: a de nós mesmos.

Muita luz!

Aloha!

Sobre o autor

Leticia Vidigal

Leticia Vidigal

Sou mãe de dois meninos, Pedagoga, Healer Coach e Ho’oponopono Practitioner.

Iniciei meu trabalho com educação em 1996 e atuo como coach desde 2016. Foram 20 anos atuando com a gestão de pessoas em funções como coordenadora e diretora pedagógica para finalmente tomar a grande decisão da minha vida e me tornar coach.

Mas é importante dizer que, desde muito cedo, me questionava sobre a vida, o sentido de estarmos aqui, sobre como ter fé e o que isso significa. Em 2009 entrei em um caminho de busca e desenvolvimento espiritual e pessoal que me trouxe respostas para essas perguntas. Fui também abençoada com respostas para os problemas que enfrentava no meu dia-a-dia e força para continuar minha jornada com mais alegria e a certeza de que não estamos desamparados ou sozinhos.

Em 2015 iniciei minha página Ho'oponopono Anjos no Facebook, algo que se tornou uma grande paixão e fonte de mais aprendizado. Em seguida fiz minha formação de coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching e o Ho’oponpono Practitioner pelo Awakened Millionaire Institute de Joe Vitale (autor do livro Limite Zero). O que escrevo aprendi através desses cursos e através de uma busca incessante por conhecimento que me desse apoio espiritual. Hoje, mesmo quando enfrento problemas difíceis, me considero uma pessoa feliz e grata.

Meu desejo é que todos possam encontrar essa felicidade que vivencio no meu dia a dia. O esforço deve ser diário e a atenção constante. Mas o resultado é um caminho sem volta para uma vida extraordinária.

Pedagoga pela UFMG, pós graduada em Supervisão e Coordenação Pedagógica pela PUC-MG, pós-graduada lato sensu em Educação – ênfase na ação pedagógica pela CEPEMG e pós-graduada lato sensu em Gestão de Projetos e Parceria para o desenvolvimento do acionista e da família empresária – PDA - Fundação Dom Cabral. Formada em Leader Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching e Coaching Financeiro pelo Instituto Coaching Financeiro. Formada em Ho’oponopono Practitioner pelo Awakened Millionaire Institute.

Visite minhas páginas:

Facebook: Crescer Espiritualmente
Twitter: @LETICIAVIDIGAL
Instagram: @hooponopono.anjos/
Site: hooponoponoanjos.com