Energia em Equilíbrio

Aceitar o presente é o primeiro passo para a mudança

Quantas vezes nos últimos dias você reclamou da sua situação atual e desejou mudanças? Aposto que muitas, mas se você teve que pensar muito para chegar na resposta ou conseguiu responder prontamente que nenhuma ou poucas, sinta-se privilegiado. Infelizmente, a maioria das pessoas passa mais tempo lamentando e questionando o momento atual do que fazendo efetivamente alguma coisa que possa resultar na mudança que tanto querem.

É natural do ser humano a tendência à lamentação e à exaltação do passado ou sonho com o futuro. E, é necessário seguir lutando diariamente contra essa tendência, caso contrário, corremos o risco de ficarmos estagnados, ranzinzas e lutando contra algo muito mais forte e poderoso que nossa própria vontade.

O primeiro passo para qualquer mudança é a aceitação. Não existe atalho, não existe truque e muito menos fórmula mágica. É assim que tem que ser. O mundo é regido por forças e energias muito mais desenvolvidas e superiores do que a de qualquer pessoa, e por isso, é necessário aceitar que o tempo e as condições que elas nos dão estão corretas. É com essas tintas que temos que pintar o nosso papel em branco, diariamente. E cabe a nós fazer essa pintura com o máximo de zelo, cores harmônicas e o design mais criativo possível para que no fim do dia possamos olhar para ela e sentir orgulho.

Nossa vida é também o reflexo de nossas escolhas e nossas ações. Então, para conseguir as mudanças que você pretende é preciso agir. Lamentar e questionar a sua vida sem fazer esforços para chegar onde se quer, é pura perda de tempo. Isso só vai fazer com que você perca mais energia, se torne uma pessoa ranzinza que afasta as outras pessoas e alguém amargo que perde o gosto pela vida.

Sugiro que sempre que você tender a iniciar novas lamúrias você pare, respire fundo e reflita por alguns instantes. Será que o passado era assim tão incrível para você sentir tanta falta dele? E, será que o futuro realmente lhe reserva surpresas tão lindas que o presente parece impossível de viver? Pois, eu lhe garanto que sem ações a resposta é não para as duas questões. Afinal, se você infelizmente tende a ser o lamurioso convicto e constante, você sabe bem que quando o passado era presente você também reclamava dele e o futuro já está aí ao seu alcance, mas você corre o risco de nem vê-lo chegar, pois estará ocupado em se questionar da vida.

É no presente que realmente vivemos, é só questão de permitir.

Entenda que o tempo presente é o mais valioso, pois é nele que você encontra todas as ferramentas, oportunidades, amigos, amores, sentimentos e toda uma gama de energia corrente. Se você almeja mudanças, é no presente que você começará a trabalhar para que elas aconteçam. O primeiro passo é aceitar o presente no seu coração e aceitar que a vida que tem hoje é passível de mudanças, desde que você trabalhe para isso.

Você também pode gostar

Viva o presente, sempre! Use o passado para aprender e evoluir com os percalços e para adquirir experiência com cada vivência. Almeje o futuro com os olhos de quem sabe que ele está logo ali nos próximos passos. O tempo é fugaz, a vida é muito breve. Viva cada momento aceitando e trabalhando para atingir as mudanças que se propõe. Garanto que é simples e fácil, se assim você verdadeiramente quiser.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br