Convivendo

Alegria: o que é essa energia limpa e como entrar nessa frequência

Mulher sorrindo com os olhos fechados de frente para um muro colorido
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

“Voava, porém, a luzinha verde, vindo mesmo da mata, o primeiro vagalume. Sim, o vagalume, sim, era lindo! — Tão pequenino, no ar, um instante só, alto, distante, indo-se. Era, outra vez em quando, a alegria” – Trecho do conto “As margens da alegria”, de João Guimarães Rosa.

Para um menino que acabou de chegar a um lugar novo, a alegria está na descoberta do novo local; está no ato de olhar para a natureza em torno de um rio, de perceber os animais vivendo ao seu redor, de apreciar a luz do sol. No conto de Guimarães, o personagem encontra a alegria até mesmo no voar de um vagalume.

Esse sentimento pode se manifestar de diferentes formas para cada pessoa. Encontrar quem ama, provar uma comida saborosa, assistir ao filme preferido, encantar-se com uma paisagem estonteante ou viver um momento inesquecível ao lado de alguém ou sozinha. Tudo isso (e muito mais) pode tornar uma pessoa alegre.

A maioria das pessoas definiria a alegria assim como o dicionário a define: “estado de viva satisfação, prazer e acontecimento feliz”. O que o conhecimento enciclopédico e uma grande parte das pessoas não sabem, no entanto, é que a alegria é mais que um sentimento: é também uma energia. E não é qualquer energia, mas uma energia limpa.

Alegria: uma energia limpa

Mulher sorrindo de olhos fechados
Kim Carpenter/Unsplash

Para compreender o porquê de a alegria ser uma energia limpa, é preciso entender o que caracteriza as formas de energia. Uma energia poluída, por exemplo, é aquela que provém de uma intenção ruim, que tem como objetivo magoar, ofender e ferir. É uma energia da qual todas as pessoas querem manter distância.

Por outro lado, a energia limpa parte de uma intenção positiva, que tem como fim animar uma pessoa, apresentar uma novidade e causar prazer e satisfação. É uma energia que, acima de tudo, emitirá boas vibrações para as pessoas que a produzirem e que a receberem.

A alegria é considerada uma energia limpa porque nunca terá como objetivo magoar outra pessoa ou criar uma situação ruim. Nesse ponto, deve-se diferenciar a alegria do humor. Quando uma pessoa espera conseguir risadas a partir de uma suposta piada que é preconceituosa, não é possível falar em alegria, ainda que algum conservador se divirta com o que foi falado.

A alegria só será uma energia limpa se as intenções por trás dela sempre forem positivas, prezando o bem-estar e o prazer. Uma piada que não ofende um grupo social, por exemplo, e alcança a finalidade de divertir outras pessoas emite energia limpa e transmite alegria.

Como produzir e receber alegria

Mulher sorrindo com o cabelo voando em seu rosto
Marishka Sobko/Unsplash

Sendo a alegria uma energia limpa extremamente benéfica para o corpo e para a mente, todas as pessoas devem estar aptas a produzi-la e a recebê-la. A seguir, você vai encontrar dicas para incorporar a alegria na sua rotina e melhorar as vibrações do ambiente!

1) Compartilhe as melhores experiências

Você já ouviu dizer que a felicidade só é real quando é compartilhada? Para a alegria também pode funcionar assim. Não é muito melhor quando você passa por uma experiência ao lado de outra pessoa? Dessa forma, você sempre terá alguém com quem reviver as lembranças incríveis que construiu. Compartilhe as melhores experiências com quem você ama!

2) Exercite a gratidão

A gratidão é o que nos permite analisar as nossas vidas por completo, pensando em tudo o que temos de bom. Em dias desanimados e com pouca energia, o melhor que você pode fazer é pensar em tudo o que você já conquistou e nas pessoas que estão ao seu redor, tendo consciência de que todo esse conjunto pode te fazer muito alegre.

3) Aproveite as pequenas alegrias

Mulher sorrindo com a cabeça de lado, sentada no chão segurando suas pernas
Depeche18mind/Reshot

Encontrar dinheiro no bolso, saborear um doce, tomar um banho quente… Quais são as pequenas alegrias do seu dia? Explore esses momentos de paz e de satisfação ao máximo, para que o seu dia sempre tenha momentos felizes que transformam a sua rotina. Até mesmo voltar para casa depois de um dia exaustivo pode ser motivo de alegria!

4) Demonstre seus sentimentos

Demonstrar os seus sentimentos para as outras pessoas sempre será melhor do que não os demonstrar. Se uma pessoa fez algo que te magoou, converse com ela e resolva a situação. Se existe alguém que você ama, diga isso para essa pessoa. Falar sobre sentimentos pode provocar uma alegria passageira e também duradoura. Experimente!

5) Esteja ao lado de quem é alegre

Não importa quão alegre você seja: se estiver ao lado de pessoas que não querem o seu bem ou que vivem com energias poluídas será muito difícil manter seu estado de espírito. Por isso você deve se cercar, na medida do possível, de pessoas que são alegres, que querem o seu bem e que estão dispostas a sempre melhorar o dia, em vez de piorá-lo.

Alegria no processo de cura

De acordo com a biologia, existe um hormônio que provoca a sensação de prazer e de alegria assim que é liberado pelo corpo. A serotonina é uma substância que, quando emitida pelos nossos corpos, nos dá vontade de sorrir ou até de gargalhar. Mas como produzir essa substância?

Uma pessoa que está vivendo alguma dificuldade ou que se sente triste em algumas situações pode usar a alegria em seu processo de cura. Além de seguir as dicas do tópico anterior, ela pode fazer alguns exercícios que liberarão serotonina e, consequentemente, auxiliarão na sensação de alegria.

Homem pensativo sentado em um ônibus ao lado da janela
Lukas Eggers/Unsplash

É importante pontuar que uma pessoa que se sente triste, desanimada e depressiva constantemente deve procurar auxílio médico. Existem doenças mentais que dificultam ou impedem a produção de serotonina mesmo em momentos felizes. Nesses casos, somente um(a) profissional terá a capacidade de indicar o melhor tratamento.

Se você só quer dar uma animada no seu dia, está com um resfriado chato ou quer se libertar da tensão do trabalho, da faculdade ou da escola, pode seguir os processos sugeridos para incorporar a alegria no seu processo de cura!

1) Pratique exercícios físicos

Praticar exercícios físicos pode causar preguiça e cansaço para as pessoas que normalmente não se empenham nessas atividades. Tudo bem! Você pode começar fazendo algo que você goste, e no seu ritmo. Subir as escadas em vez de pegar o elevador já será uma atividade física. E a melhor parte: isso libera serotonina, dando um ânimo a mais para o seu corpo se recuperar.

2) Abra um sorriso

Quando você vai tirar uma foto de família, qual é a expressão que você faz? A maioria abre um sorriso, mesmo que seja meio amarelo. Por incrível que pareça, o simples gesto de abrir os lábios é capaz de estimular a liberação de serotonina, produzindo alegria. Nos momentos de muita tensão, quando estiver se sentindo mal, experimente abrir um sorriso. Essa atitude pode dizer ao seu corpo que ainda é possível encontrar um alívio em meio ao caos!

Você também pode gostar

3) Encontre seu prazer

Uma forma eficiente de liberar serotonina é por meio de um orgasmo. Você não precisa de outra pessoa para viver essa experiência. Conheça o seu corpo e descubra quais são as áreas que provocam arrepios e uma sensação de prazer. A masturbação pode promover uma alegria instantânea diante de um dia estressante, mas o autoconhecimento que ela gera será útil para toda a sua vida. Seja mais alegre conhecendo seu corpo!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]