Nutrição

Veja quais os benefícios do abacate para a saúde

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O abacate (Persea americana Mill) é uma fruta nativa da América Tropical (México, Guatemala e Antilhas). O México é o maior produtor, mas, também é produzido na América do Norte, Israel, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia. Historiadores afirmam que o abacate surgiu entre 7 mil e 5 mil a.C. e que chegou ao Brasil entre os séculos 16 e 17 vindo da Guiana Francesa.

Benefícios para o solo

A ONG Fresh California Avocados (Abacates Frescos da Califórnia) revela que as raízes do abacateiro têm o poder de estabilizar o solo e evitar erosões.

Grande concentração de nutrientes

O abacate tem muita proteína (uma metade possui 2 gramas). A fruta ainda é rica em fibras, vitaminas E (antioxidante que previne o envelhecimento), luteína (protege contra catarata e câncer de próstata), potássio (mineral que protege músculos, ossos e previne o AVC), além das vitaminas A, B2, B6, B9, C, ferro e magnésio.

Gordura do bem

Muitas pessoas não comem abacate por ser gorduroso. De fato ele é calórico, cada 100 gramas possuem 160 calorias, porém, é rico em gorduras boas como o ômega 3 que fortalece o sistema imunológico,melhora a memória, reduz os níveis de colesterol e ajuda a controlar a pressão arterial. A fruta é rica em gordura vegetal e seu consumo faz tão bem quanto o azeite extra-virgem.

Amigo dos diabéticos

A fruta é aliada de quem tem diabetes tipos 1, quando há pouca ou nenhuma liberação de insulina e 2, quando o açúcar ficar acumulado no sangue, segundo pesquisa publicada pelo The American Journal of Clinical Nutrition.

O abacate tem baixo índice glicêmico, ou seja, a glicose demora a entrar no organismo. A fruta ainda ajuda na resistência à insulina e protege contra doenças cardiovasculares, comuns em diabéticos. Mas, atenção: consuma apenas 4 colheres de sopa por dia e sem açúcar.

Outros benefícios
  • Na gravidez: rico em vitamina B9 (ácido fólico), o abacate ajuda a prevenir problemas no sistema nervoso do bebê e mau fechamento da coluna do feto;
  • Nas dietas de emagrecimento: as fibras dão sensação de saciedade;
  • Na musculação: as proteínas recuperam os músculos.
Produto cosmético

O abacate é muito usado para hidratar pele e cabelos ressecados. Confira algumas receitas:

Máscara facial

Ingredientes

  • Polpa de meio abacate;
  • Um pote de iogurte natural.

Modo de preparo

Misture a polpa e o iogurte até obter uma consistência homogênea.

Modo de uso

Lave o rosto conforme o habitual. Aplique a pasta de abacate e iogurte na pele, deixe agir por 20 minutos e enxágue com água.

 

Hidratante corporal

Ingrediente:

Um abacate

Modo de preparo

Amasse a polpa até ficar como um creme.

Modo de uso

Passe nas pernas, joelhos, cotovelos e braços. Deixe agir por 10 minutos e retire com água morna.

Máscara capilar de abacate

Ingredientes

  • ½ abacate maduro;
  • 1 gema;
  • 2 colheres de sopa de mel.

Modo de preparo

Misture bem os ingredientes até obter consistência de creme.

Modo de uso

Aplique a mistura nos cabelos, massageie e cubra os fios com uma touca de papel alumínio. Deixe agir por 30 minutos e enxágue. Use a cada 10 dias.

Dica: turbine a hidratação colocando óleo de abacate, macadâmia ou argan. Esquente a mistura no micro-ondas por 10 segundos.

Como escolher?

Um bom abacate é pesado e firme. Você sabe que ele está maduro quando a casca cede com uma leve pressão dos dedos.

O abacate é uma fruta poderosa. Você conhecia todos seus benefícios? Sabe se a fruta é boa para outras coisas? Tem receitas? Compartilhe com a gente.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]