Nutrição

10 alimentos afrodisíacos para melhorar sua relação sexual

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Originada do nome da deusa grega Afrodite, deusa do amor, a palavra afrodisíaca remete a tudo que estimula o ato sexual. Os alimentos afrodisíacos são aqueles que têm nutrientes que atuam em nosso corpo ativando substâncias que melhoram o desempenho sexual: melhora a libido, esquenta o corpo, ajuda a ereção masculina, aumenta a lubrificação feminina, entre outras sensações de prazer e produção de hormônios.

Para melhor desempenho da função afrodisíaca o ideal é incluir esses alimentos na rotina diária, em maior quantidade para quem quer estimular o apetite sexual, embora a quantidade e frequência certa para ingerir e seus efeitos sejam variadas e não é possível determinar. Em cada pessoa a ação é de um jeito, mais ou menos intenso, uns funcionam melhor que outros e etc.

Abaixo alguns destes alimentos para você usar e abusar dos seus poderes afrodisíacos:

Pimenta

A pimenta vermelha age em nosso corpo com sensações semelhantes as do sexo: acelera os batimentos cardíacos, esquenta o corpo e melhora a circulação sanguínea. Uma boa dica é usá-la em algum molho.

Chocolate

shutterstock_125694404 O cacau, principal ingrediente do chocolate, contêm endorfina e feniletilamina, substâncias que aumentam a sensação de prazer e bem-estar. Dê preferência ao meio-amargo ou amargo, por concentrar maiores níveis de cacau.

Gengibre

O gengibre é um excelente estimulante sexual, pois melhora a circulação sanguínea, aumentando o desejo e desempenho sexual. Nos homens pode prolongar a ereção, nas mulheres estimula a lubrificação genital, além de aumentar a produção de neurotransmissores que atuam diretamente no impulso sexual , como a noradrenalina. Pode ser usado em chás ou como tempero.

Canela

Essa especiaria melhora o desempenho sexual dos homens, pois causa efeitos similares aos da testosterona, o hormônio masculino,aguçando o apetite sexual e a ereção. Pode ser adicionada à pratos doces, frutas ou em chás.

Banana

Além de ser rica em potássio e vitaminas do complexo B, que são essenciais para a produção de hormônio sexual, a banana estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar em nosso corpo.

Vinho

Além dos efeitos do álcool que esquenta o corpo e aumenta a circulação sanguínea, pois aumenta os níveis de estrogênio, segundo pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, a casca da uva roxa é composta de resveratrol, que eleva o nível de estrogênio, aumenta o apetite sexual e facilita a lubrificação feminina.

Amendoim

Os poderes afrodisíacos do amendoim são bem conhecidos, rico em vitamina E, se consumido em excesso aumenta a potência sexual e reforça a energia. Além de ser rico em zinco, nutriente vital para o cérebro, que ajuda na produção de hormônios sexuais. Apesar de funcionar para ambos os sexos, para os homens este alimento tem um poder ainda maior, ajuda na produção e mobilidade dos espermatozoides, a falta de zinco pode diminuir em 30% a fertilidade masculina.

Ostras

Assim como o amendoim, a ostra é um dos alimentos afrodisíacos mais conhecidos, sua ingestão abastece o corpo com dois aminoácidos raros, ácido D-aspártico e N-metil-D-asparato, que juntos aumentam os níveis de testosterona em homens e progesterona em mulheres. Devem ser consumidas crus, a fim de colher seus benefícios.

Mel

shutterstock_235954261 Esse adoçante natural é rico em vitaminas do complexo B, necessárias para produção de testosterona e, em boro, que ajuda o corpo a metabolizar e usar o estrogênio. Na antiguidade os casais se preparavam para o casamento tomando doses diárias de mel durante o mês que antecedia o matrimônio, para serem mais felizes sexualmente, daí surgiu a expressão “lua de mel”.

Abacate

Rico em minerais, gorduras boas (monoinsaturadas – que protegem o coração e diminuem o colesterol) e vitamina B6, que dão energia, melhora a libido e fornece ômega 3, que melhora o humor. Além de aumentar a produção de hormônio masculino e regula a produção de hormônios da tireoide nas mulheres.


  • Texto escrito por Carolina Peixoto da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br