Convivendo

Cem maneiras de ser a diferença na vida das pessoas – Capítulo 93

Benedito Milioni
Escrito por Benedito Milioni

Capítulo 93 – PEÇA UM CONSELHO POR MAIS SIMPLES QUE SEJA!

Pessoas de bom coração adoram oferecer seus conselhos para as demais, e pouca coisa as faz mais felizes que, diante do oferecimento, obter a concordância do outro! Elas, então, abrem o coração e dele despejam o que entendem seja o melhor para o aconselhado. Na verdade, o que menos lhes importa é que seus conselhos sejam escrupulosamente seguidos, porém dão muita atenção e valor ao fato de que venham a ser pelo menos acatados.

Os conselhos não precisam ser seguidos à risca, mas servem pelo menos com uma espécie de referencial para embasar uma reflexão ou uma reavaliação de cenários. Na pior das hipóteses, os conselhos podem ser muito úteis para ser ignorados e deixando o aconselhado com a sensação de que deva seguir firme na sua trajetória inicial, antes da ocorrência dos conselhos.

Faça uma potente diferença na vida das pessoas pedindo-lhes um conselho, porque será uma oportunidade para contribuir numa eventual revitalização do senso de autoestima dessas pessoas. Será uma diferença tão profunda quanto mais a pessoa estiver motivada a contribuir com as demais.

Mulher branca, aparentando meia idade, conversando com um homem, que apoia a mão no seu ombro. Aparentemente a mulher está recebendo um conselho.

Desenvolvi um projeto de formação e desenvolvimento de líderes numa empresa brasileira muito conservadora, do ramo varejista, no qual foi preciso revitalizar antigas práticas, dentre elas uma que deu surpreendentes bons resultados os, quais, confesso, nem eu mesmo esperava que fossem tão efetivos. Sugeri que todas as semanas, na hora que antecedia a reunião de ação de graças, nas sextas-feiras, fosse reservado um espaço de tempo para que os decanos da empresa (eram 10, entre membros da família e contratados) dessem um necessário conselho a pelo menos um dos dez promovíveis a cargos de gestão no curto prazo. Não era uma crítica, muito menos um feedback, mas um conselho daqueles bem tradicionais.

No início, a ideia emperrou um pouco e, com o tempo, aconteceu o inesperado: não só os promovíveis mas outras pessoas também passaram a pedir, voluntariamente, alguns conselhos aos decanos e a prática acabou institucionalizada, pela ação estratégica do RH e, mais tarde, permitiu a implantação, por uma consultoria especializada, de um vigoroso processo de mentoring.

 Anterior Capítulo 93  Próximo

Ir para o primeiro capítulo

Sobre o autor

Benedito Milioni

Benedito Milioni

Graduado em Sociologia e Administração, 46 anos de carreira executiva e técnica em Desenvolvimento de Pessoas, autor de 32 livros, autor de 5 e-books, co-autor de 15 livros e autor de 25 manuais técnicos.

Dirigiu treinamento para mais de 3.349 grupos (cerca de 81.000 treinandos), dos quais 36.760 da área de RH, cerca de 24.736 Gestores e Líderes, 18.610 na área Comercial e 3.318 em Competências de Negociações . Formou cerca de 2.450 Instrutores e Multiplicadores Internos e 610 Consultores Internos Participa, regularmente, como conferencista sobre Tecnologia de Gestão em T&D em eventos nacionais e internacionais.

Apresentou mais de 2.104 conferências e palestras para mais de 200.000 pessoas. Prestou serviços a mais de 440 empresas, no Brasil e no exterior (América Latina, América Central, África e Europa). Júri de prêmios de Excelência na Gestão de Pessoas.

Publisher da GESTÃO DE PESSOAS EM REVISTA.

Contatos:

Av. Paulista, 2.202 , 3o. Andar CEP 01310-300 - São Paulo – SP
Site: www.milioni.com.br
Email: [email protected]
Telefone: 11 3508-1990 | 4158-7435 | 99909-5858
Facebook: www.facebook.com/bmilioni Linkedin: linkedin.com/benedito-milioni

Canal no Youtube