Saúde Integral

Cinco alimentos que aumentam a fertilidade

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Fertilidade é um assunto muito comum nos dias de hoje. Nem sempre da maneira mais feliz que possa ser dito. Muitos casais têm dificuldades de engravidar e isso pode gerar um transtorno e abalo em suas relações.

Um corpo com dificuldades para gerar outra vida não significa que possui apenas problemas encontrados no útero ou no ovário das mulheres. Os sintomas podem ir além, como abalos físicos ou emocionais. E quanto mais a mulher fica nervosa em relação a algo que ela deseja e não consegue, gera mais transtornos para o organismo, o que pode ocasionar outras restrições e problemas futuros.

Miomas, endometriose, ciclos não-ovulatórios ou ovários policísticos são alguns problemas que também podem dificultar a fertilidade. Porém, uma boa alimentação pode amenizá-los e dar mais chances e esperança para quem quer um bebê.

Alguns temperos têm benefícios interessantes para iniciar um bom tratamento sadio também dentro de casa. Confira abaixo algumas dicas e sugestões para a estimulação e combate à doenças e também para uma boa saúde:

1. Vinagre de maçã

Apoia no processo de desintoxicação de toxinas ambientais, da alimentação e do excesso de hormônio, e também contribui para harmonizar os níveis de açúcar no sangue. Recomenda-se a utilização do vinagre orgânico, pois os benefícios são mais conservados e também possui menos agrotóxicos, que fazem mal à saúde.

2. Canela

Para que os hormônios sejam produzidos corretamente e saudáveis, o equilíbrio de níveis de glicose e insulina no sangue precisa estar regulado. A canela é de extremo auxílio para que isso ocorra da melhor maneira possível.

3. Óleo de coco extra virgem

Sua gordura é um ótimo tempero para a produção de hormônios sexuais e equilíbrio do organismo.

4. Cominho

Tem um efeito de limpeza no útero, e também tem benefícios no combate ao estresse e ao excesso de cortisol.

5. Cúrcuma

Sua ação direta atua na produção de progesterona – hormônio feminino responsável por manter o corpo da mulher propício para a fecundação -, além dos benefícios para aliviar os problemas causados pelo estresse e irritações, assim como o cominho.

Todos eles podem ser utilizados diariamente, porém, é necessário sempre ter o cuidado e observação caso dê alguma alergia ou diferenciações estranhas no corpo. Caso haja algum sintoma diferente, é bom suspender o uso e até mesmo procurar um profissional para que não surjam problemas maiores.


Texto escrito por Natalia Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]