Autoconhecimento Comportamento Convivendo

Coletânea III

Modelo rindo com maquiagem em fundo amarelo
Jacob Lund / Canva
Escrito por Carlos de Campos

O poder de ser feliz
Coloco diante dos olhos a experiência de vida
Sabendo da importância deste momento

Atitude que precisa ser valorizada por todos.

Não aceito que a história de uma vida seja esquecida com tanta facilidade

E que anos e anos dedicados sejam em vão

Existe dignidade no que foi conquistado.

O progresso da vida acontece entre erros e acertos

Entre negligências e acolhimentos

Fadigas, decepções e sucesso.

O fruto do insucesso é a insegurança

Ouvir muitas vozes é desorientador

Gerando muita confusão.

Hiatos são marcas da vida sendo vivida

Mulher estressada no escritório com as mão na cabeça
energepic.com / Pexels / Canva

Por um corpo perfeito, sem alma

Adorador da infelicidade por não saber viver.

A vida exige que mergulhemos de cabeça

Que permitamos fluir, ilimitadamente

Viva!

E ponto final.

Lágrimas de contentamento rolam pela face

Produzindo o mais belo sentimento de gratidão

E o sol alimenta ainda mais o coração.

A alegria é contagiante

Em determinado momento chega ao êxtase

Difícil saber se merecemos tanto assim.

Compreendi que o viver precisa ser exageradamente leve

Buscando definir com precisão as melhores oportunidades

As que mais realizações oferecem.

Impedir que a vida tenha como mestre o medo

O poder de escolha está nas mãos de cada pessoa

Celebre o dom da vida que temos neste exato momento

Estando feliz ou triste.

Alma

Minha senhora,

teu sorriso ilumina o meu ser

Antes da escuridão.

Levo tua luz ao coração

Mulher de olhos fechados sentindo a brisa do vento
Vientocuatrostock / Canva

Levo tua força

Levo a tua esperança.

Dou o coração alegre

Grito sem medo

Tenho sede do teu amor.

E assim simplesmente canto

tua beleza

Enquanto beijo teus lábios.

Fim da linha

Muitas dificuldades estão por vir

E nada será capaz de impedi-las

Enquanto o ser humano escolher o egoísmo.

Existe um único caminho para contermos o pior

E o ser humano é seu principal artífice

Sendo preciso uma decisão individual para salvar o coletivo.

Maior que a manifestação de ódio

É a convicção do amor

A solução à consciência humana.

O ódio não deve ser estimulado!

Mulher feliz sentada em poltrona enquanto toma chá na xícara
Bruce Mars / Pexels / Canva

Sentir ódio é antinatural

Porque o amor é nossa essência natural.

Empatia: jardim florido

Escolhemos por uma vida egoísta

Por uma vida sem a aceitação do outro

Por uma vida marcada por confrontos.

Falamos, escrevemos demasiadamente

Você também pode gostar

Tudo com muita superficialidade

Por nos faltar experiência no amar.

Olhando à sua volta, você consegue perceber o outro?

E que esse outro é você?

A empatia nos livra do isolamento.

Sobre o autor

Carlos de Campos

Quem é Carlos de Campos?

Era uma vez um poeta, filósofo e teólogo
Era ele avesso a trivialidades.
Vivia refletindo sobre a vida com sua poesia.

Costumava questionar
Toda sombra instalada
Organizando as ideias
Sua poesia gritava.

Era de se admirar!
Entre sinuosas linhas, focando o autoconhecimento
Sua mensagem auxiliava.

O poeta era ligeiro
E nada o constrangia
Com a força da palavra
Muitos versos nos trazia
Na voz um canto festivo
No peito uma euforia
De chegar ao equilíbrio no convívio do dia a dia.

Contatos:
Email: propolispoemas@gmail.com
Facebook: mensagemcompoesia
Instagram: @carlos20campos