Comportamento Relacionamentos

Como desapegar de alguém

Coração rasgado de papel
Kelly Sikkema/Pexels
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Mesmo um amor que parecia ser perfeito, vivido com muita intensidade e com muita paixão, pode resultar em uma separação. Um relacionamento que não chegou a ser um namoro, mas que também acabou, pode trazer sensações de decepção, tristeza e solidão, assim como no primeiro caso. Para acabar com esse sofrimento, o melhor a fazer é aprender como desapegar de alguém.

Antes de tudo, é preciso compreender que nenhum sofrimento é desnecessário. Cada pessoa reconhece os próprios sentimentos e todos eles são válidos. Um relacionamento de duas semanas pode ser vivido com a mesma entrega que uma relação de anos. Às vezes, o amor era até platônico. Quando o sentimento acaba, não importa qual seja a situação, desapegar deve ser o próximo passo.

Ao buscar “como desapegar de alguém”, você pode encontrar respostas muito simples, mas difíceis de colocar em prática. De fato, desapegar será um processo difícil. Por isso, você precisa compreender a importância de se submeter a isso para se sentir melhor no futuro. Esse é um exemplo de um mal necessário. Por pior que pareça, é o melhor caminho a se tomar.

Quanto mais você se recusar a romper o apego que existe entre você e uma pessoa que não quer estar ao seu lado, pior você irá se sentir por não estar mais com ela (ou por nunca ter ficado com ela). Você estará nutrindo expectativas e se enganando, aumentando ainda mais a chance de se decepcionar novamente. Está na hora de se abrir para o novo.

Sabendo da importância de aprender como superar alguém, chegou a parte de entender o que você precisa fazer para se livrar dos sentimentos de negação, desilusão, tristeza, saudade, solidão e baixa autoestima. Depois, você verá quais atividades fazer para se distrair dessa situação ruim. Desapega!

Como superar alguém – analisando os sentimentos:

1) Negação

Levar um fora pode, a princípio, parecer inexplicável. Tudo parecia ir bem, ou nada ia mal, quando de repente uma pessoa não quer mais ficar com você, ou não quer nem te conhecer.

Mulher apoiada na janela olhando para o lado com tristeza
Joshua Rawson-Harris/Pexels

Para superar alguém, você precisa aceitar que não existe o sentimento que unia ou uniria vocês. Isso poderia ter acontecido com qualquer um, e muitas vezes não existe uma explicação racional para o fim de um envolvimento amoroso.

Não tente encontrar culpados ou culpadas, ou buscar um sentido para tudo isso. O que importa, na verdade, é que vocês não estão mais juntos. Os motivos para isso não mudam o resultado, então, nem desperdice sua energia pensando sobre isso.

2) Desilusão

O sentimento de desilusão é aquela sensação de que algo que você queria muito não está acontecendo de acordo com o que você imaginava. É isso que você sente quando aquele relacionamento ou envolvimento que você torcia para dar certo termina.

Ficar imaginando o que vocês teriam sido, tudo que poderiam ter feito ou tudo que ainda poderiam viver não vai te ajudar nesse momento. Reviver as memórias de vocês, pensando em como tudo parecia perfeito, só vai fazer você sentir ainda mais desilusão.

Nem sempre as pessoas fazem os mesmos planos que nós para o futuro. Somos todas(os) diferentes e às vezes queremos uma mudança de ares ou de objetivos. Faz parte das vontades de cada pessoa, e por mais dolorida que seja a desilusão, ela vai passar com o tempo.

3) Tristeza

A tristeza é um sentimento inevitável quando precisar entender como desapegar de alguém. Nos sentimos tristes pelas esperanças que criamos, pelas memórias que construímos e por tudo ter encontrado um fim.

Homem em um gramado com as mãos em seu rosto
Francisco Gonzalez/Pexels

Recusar a tristeza que esse momento causa pode acabar acumulando esse sentimento negativo dentro de você. Não tente dizer para as pessoas que você está bem quando não está. Às vezes, você pode precisar de um(a) profissional da saúde para te ajudar a vencer isso.

Aceite a tristeza que você sente, permita-se viver esse tipo de luto. Você pode chorar, falar para quem você ama que está se sentindo mal. No entanto, esse sentimento não pode durar para sempre. Em algum momento, você terá que seguir em frente. Cuidado para não exagerar!

4) Saudade

Depois de uma separação, a saudade é um sentimento que pode tornar tudo mais difícil. É inevitável lembrar de todos os momentos com a pessoa, sentir vontade de conversar com ela ou de compartilhar o que você normalmente confiava a ela.

Não será possível se libertar da saudade que esse alguém deixou em você. Porém, você pode mudar a conotação negativa que esse sentimento te traz. Em vez de pensar que a saudade precisa ser encerrada, ou que você deve matar a saudade, pense no que esse sentimento representa.

A saudade que sentimos é um sinal de que vivemos momentos incríveis ao lado de alguém, e sempre teremos essas memórias. No livro Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, há uma passagem que diz que uma das mulheres com quem o protagonista se envolve era “uma saudade a se guardar”. Aceite esse sentimento e permita que ele seja só uma lembrança dessa pessoa.

5) Solidão

O que pode dificultar o processo de “como desapegar de alguém” pode ser a crença de que você irá sentir muita solidão ao se desvencilhar dessa pessoa. Não ter alguém para beijar, para sair ou para conversar o dia inteiro pode trazer a sensação de solidão, mas quem disse que a solidão é ruim?

Mulher andando em um gramado com os braços para cima
Garon Piceli/Pexels

Mudar a sua perspectiva sobre esses sentimentos que parecem negativos pode ser essencial no processo de desapegar de alguém. A solidão não é algo que faz as pessoas se isolarem do mundo e perderem qualquer tipo de contato com o universo exterior. É o contrário disso.

A solidão pode permitir que você seja mais livre para entender e atender às suas vontades, para fazer o que você sempre quis e para não se restringir e se limitar ao julgamento de outras pessoas. A solidão pode fazer você se sentir melhor.

6) Baixa autoestima

É muito provável que uma pessoa busque ideias de “como desapegar de alguém” porque ela não aguenta mais a forma como está se sentindo sobre ela mesma. Imaginar o que fez a outra pessoa perder o interesse em você, listando seus pontos negativos, pode gerar um resultado que sequer condiz com a realidade.

O fato de uma pessoa não querer estar com você é a opinião dela sobre você, não é a sua essência. Talvez, as coisas que você considera negativas sobre você nem sejam o que fez essa outra pessoa querer se afastar. Existem muitas outras pessoas no mundo que vão te adorar exatamente por quem você é, apesar dos defeitos que você acredita serem insuportáveis.

Os sentimentos de uma pessoa sobre você não traduzem os sentimentos de todo mundo sobre você. Se é difícil acreditar que todo mundo te ama só porque uma pessoa te ama, por que seria fácil acreditar que o fato de uma pessoa não querer mais estar com você representa toda a maioria?

Como desapegar de alguém – atitudes que vão fazer a diferença:

1) Cortar o contato

Talvez você não queira fazer isso. É compreensível. Você não quer deixar de falar com a pessoa por quem você tem tanto carinho e também não quer deixar de vê-la. Essa é uma parte difícil do processo, mas que deve ser levada muito a sério. Você não vai conseguir desapegar de alguém se mantiver esse tipo de vínculo com essa pessoa.

Se isso for realmente difícil para você, comece reduzindo a frequência das conversas. A outra pessoa deve ter a delicadeza de compreender que você precisa desse afastamento para desapegar dela. De repente, uma mensagem explicando que você não quer mais conversar com essa pessoa pode te ajudar.

Nesse último caso, você pode enviar a seguinte mensagem:

Pessoa segurando celular
Marjan Grabowski/Pexels

“[nome da pessoa], o que nós tivemos foi muito importante para mim. Eu sei que tudo acabou, mas eu ainda preciso me desfazer dos sentimentos que eu tenho por você. Se nós mantivermos o contato, esse processo vai ser ainda mais doloroso para mim. Eu sempre vou acreditar que existe uma esperança para nós. A partir de hoje, eu vou me afastar de você. Não faço isso porque não gosto de você ou porque você é indiferente para mim, e sim porque eu preciso aprender a levar a minha vida sem depender de você”.

Dica: quando quiser mandar mensagem para esse alguém, envie para uma amiga, para um amigo ou até para uma conversa com você mesma(o). O importante é encontrar a amizade que você tinha nessa pessoa em quem faz parte do seu círculo de amizades.

2) Silenciar nas redes sociais

Você deve ter imagino que só parar de conversar com a pessoa seria suficiente. E talvez estivesse nos seus planos stalkear as redes sociais desse alguém todos os dias, várias vezes, para assim se informar sobre como vai essa pessoa por quem você tem carinho. Infelizmente, não vai ser assim.

O processo de “como desapegar de alguém” é doloroso e necessário. Se você não quer excluir essa pessoa das suas redes sociais, precisa fazer o esforço de, pelo menos, silenciá-la. Em todas as redes sociais é possível fazer isso e você vai ver como pode ser melhor, a longo prazo.

Dica: toda vez que você sentir vontade de stalkear essa pessoa, comece a fazer outra atividade. Você pode definir que toda vez que quiser visitar a página desse alguém, você deverá fazer uma pesquisa sobre algum assunto que te interesse, por exemplo, para distrair a sua atenção.

3) Tire da sua vista tudo que lembra essa pessoa

Dependendo do relacionamento que você teve, é provável que você tenha fotos, presentes ou outros artigos que te fazem lembrar daquela pessoa. Você não precisa jogar fora todas essas coisas que tem tanto valor sentimental.

Na verdade, você só precisa tirá-las do seu campo de visão. Guarde em uma caixa, em um armário que você usa pouco ou deixe com alguém de confiança, por um tempo. Evite usar roupas ou acessórios que você usou em momentos significativos ao lado dessa pessoa.

Dica: se você quer um processo de desapego mais radical, queimar fotos pode trazer um sentimento de libertação. E, se quiser fazer uma boa ação, você ainda pode doar presentes que recebeu para pessoas que não irão atribuir aos objetos os mesmos sentimentos que você.

4) Avise as pessoas próximas a você sobre o que aconteceu

Essa dica pode parecer um pouco estranha nesse processo de “como desapegar de alguém”, mas é uma parte essencial. Quem nunca passou pelo desconforto de avisar que não está mais em um relacionamento só depois que perguntaram onde a outra pessoa estava?

Mulher falando ao lado de um homem
Priscilla Du Preez/Pexels

É possível que você tenha que lidar com comentários do tipo “vocês eram um casal incrível”, “eu gostava de vocês juntos(as)” ou pedidos de explicação para o fim do relacionamento. Abaixo, você vai encontrar dois tipos de mensagem. Você pode falar ou escrever, dependendo da situação.

Antes que te perguntem sobre a outra pessoa:


“[nome da pessoa com quem você vai falar], tenho que te contar uma coisa. [nome da pessoa de quem você vai desapegar] e eu não estamos mais juntos(as). Eu ainda estou no processo de desapegar e está sendo tudo muito doloroso para mim. Talvez você esteja curiosa(o) sobre como tudo aconteceu, mas eu só vou te contar quando estiver me sentindo bem para isso. Estou te avisando para que você não comenta nenhuma gafe e também para que você entenda que eu preciso desse momento só para mim. Se quiser me ajudar de algum jeito, não fale sobre essa pessoa quando eu estiver por perto. Muito obrigada(o)!”

Você também pode gostar

Quando te perguntarem sobre a outra pessoa:

“[nome da pessoa que perguntou], nós não estamos mais juntos(as). A decisão não foi minha e eu ainda estou no processo de desapego, então eu vou agradecer muito se você não falar mais sobre essa pessoa. Quando eu estiver me sentindo melhor sobre tudo que aconteceu, posso te explicar tudo com calma e compartilhar as minhas dicas para superar essa situação”.

Dica: não tenha medo de soar grosseira(o) ao falar com essas pessoas. Elas precisam saber o que você está passando para que não piorem a sua situação com perguntas desconfortáveis. Elas vão entender o seu momento se realmente quiserem o seu bem!

5) Encontre-se com você

Uma das saídas mais comuns do processo de “como desapegar de alguém” é procurar outras pessoas para suprirem a falta daquela outra. Não existe certo e errado nessa situação, mas você deve se questionar sobre o que você realmente precisa.

Talvez você queira aproveitar essa fase para fazer as coisas que você gosta, para maratonar séries, para assistir filmes, para fazer viagens, para passar mais tempo com as suas amizades, para ver exposições, para dançar em festas e em baladas.

Talvez você queira encontrar outra pessoa para suprir a sua carência, e não há problema nisso. No entanto, é preciso tomar cuidado para que esse novo envolvimento não funcione como uma tentativa de replicar o que você viveu com outra pessoa.

Dica: esse conselho é famoso, mas sempre vale lembrar: mude o seu visual, tire um tempo para descansar e só depois decida o que vai querer fazer. Tudo bem aproveitar o tempo sozinha e tudo bem buscar outra companhia! É você quem deve decidir o melhor jeito de como desapegar de alguém.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br