Autoconhecimento

Como fui impactada por diferentes tipos de terapias

therapy
Dulcineia Santos
Escrito por Dulcineia Santos
Em minha jornada, eu tenho experimentado diferentes tipos de terapias. Todas elas me beneficiaram de alguma forma: algumas tiveram um impacto maior, outras simplesmente me trouxeram equilíbrio e esperança em um momento difícil, mas eu valorizo todas elas e continuo usando-as, mesmo que agora eu também seja uma terapeuta. Compartilho um pouco de como percebi a influência de cada uma delas na minha vida:

Mesa Radiônica: utilizei em três ocasiões, com duas profissionais diferentes. A primeira me reequilibrou para que eu pudesse enfrentar o momento que eu passei. Me indicou florais. A segunda foi bastante assertiva, conseguindo ver qual era o papel daquela dificuldade na minha vida e que eu estava prestes a me livrar dela. Essa informação foi muito importante para que eu não desistisse do meu sonho.

terapias Leitura de Aura: também utilizei com duas profissionais diferentes, as orientações de uma serviram-me um pouco como uma bússola. O diferencial da segunda foi o feedback que eu dei a ela. Como eu contei que estudava com Antroposofia, ela me indicou um exercício: desenhar a vida que eu queria. Cerca de dois meses depois aquele desenho era como uma fotografia do que a minha vida se tornaria.

Barras de Access®: além de ser terapeuta, utilizo essa terapia como um reset quando estou entrando no meu velho modo de pensar e agir. Para mim, funciona também como um burst de energia. Depois da sessão, eu me sinto mais preparada para utilizar o meu potencial. E utilizo sempre as perguntas e o modo de pensar Access® como guia para o meu caminhar e minha interação com o mundo.

Terapia Transpessoal: fiz um pacote de 12 sessões que me ajudaram a me conscientizar de que eu não preciso absorver mais conhecimento. Eu tenho o que preciso, basta pôr em prática. Também me ajudou a estar mais consciente de uma ideia holística de vida: a minha alimentação influencia todo o resto, meu sono, meu sexo, etc.

Terapia Multidimensional: utilizo para questões que considero carmáticas, questões que me parecem muito maiores de serem resolvidas do que pelo uso da força de vontade. Por exemplo, antes eu tinha muita dificuldade de cobrar pelo meu trabalho. Depois de duas sessões de Terapia Multidimensional, eu recebi uma mensagem muito clara sobre o assunto. Hoje em dia, eu não cobro quando sinto que é o caso, mas não deixo de cobrar porque o cliente está com pensamento de escassez. Entendi que esse é um problema que ele tem que curar em si e que não pode ser transferido para mim. Também trabalho com essa terapia à distância.

terapias

Coaching: me ajudou a pôr os objetivos em prática e a pensar no mundo mais no sentido de achar uma solução do que ver o problema. Às vezes, falar sobre o problema é necessário, mas precisamos passar para o próximo nível!

MBTI®: me ajudou a aceitar a minha personalidade. Eu sou introvertida, e isso não é um defeito! Me fez entender as diferentes facetas da minha personalidade e como eu posso usá-las ao meu favor. Compreendo ainda quais são as situações que me provocam estresse e nas quais eu não uso o melhor de mim.

terapias

Mapa Astral/Revolução Solar/Numerologia Cabalística: me ajuda a me programar melhor para o ano e a utilizar a energia daquele ano para conquistar o que eu quero, especialmente me ajuda a ter foco. Ano passado, por exemplo, o meu foco foi a comunicação, principalmente por meio de vídeos.

Florais de Bach: estou utilizando para lidar com questões relacionadas à autoestima e proatividade.

Para mim, a conclusão é que todas as terapias trazem algum benefício!
 Nenhuma delas te dará garantias, às vezes o papel de uma terapeuta é reequilibrar o paciente para que ele possa encontrar a melhor ferramenta, só isso, mas esse trabalho é muito importante. O principal, na minha visão, é que a pessoa esteja aberta para a terapia, que chegue confiante de que o terapeuta tem a sua cura como prioridade. Duas pessoas trabalhando juntas conseguem um resultado muito melhor do que uma fazendo todo o trabalho sozinha.


Você também pode gostar de outro artigo desta autora. Acesse: Que resultados o google da vida está te mostrando?

Sobre o autor

Dulcineia Santos

Dulcineia Santos

Dulcinéia Santos é terapeuta multidimensional, life coach e praticante certificada das ferramentas MBTI® de tipos psicológicos e Barras de Access®. É também autora do livro: “A Namorada do Dom”, em que conta sobre as lições que aprendeu nos relacionamentos e sua jornada até a Suíça.

Acredita que a vida é cheia de lições, e que se não as aprendemos não passamos pro próximo nível do jogo. Saiu de casa cedo e foi morar no mundo – agora está na Suíça, onde estudou antroposofia por três anos. Gosta de tomar cerveja no boteco enquanto papeia, de aconselhar, da língua portuguesa, de cozinhar, de ficar só e de flexibilidade de horários. É esotérica, mas acha que estamos encarnados para viver as experiências terrenas com o pé no chão – de preferência dançando.

Formações:
Brain Based Coaching Certification
NeuroLeadership Group - Londres

MBTI® - Myers-Briggs Type Indicator - Step I and Step II
Myers-Briggs Foundation - Florida, USA

Antroposofia
Goetheanum - Dornach, Suíça

Terapia Multidimensional
Genebra - Suíça

Access Bars®
Nyon - Suíça

Contatos:
Site: dulcineiasantos.com

Facebook: Cura de Amor

Youtube: Canal Cura de Amor

Instagram: @dulcineia.curadeamor

Blog: medium.com/@dulcineiasantos

E-mail: [email protected]