Autoconhecimento Coaching EFT (Emotional Freedom Techniques) Life Coaching Psicologia

Como lidar com a dúvida de si mesmo (e como começar a acreditar mais em você)

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Por um longo tempo a sociedade nos condicionou a acreditar que não éramos o suficiente e que precisávamos ser diferentes para estarmos bem, sermos amados e aceitos pelos outros ao nosso redor.

Sempre que ousávamos pensar por nós mesmos, éramos levados por uma autoridade maior a acreditar que nosso jeito de pensar era errado e acabávamos nos metendo em problemas. Sempre que nos expressávamos espontaneamente, sempre que dávamos ouvidos às nossas mentes ou fazíamos algo que queríamos, tínhamos que parar de fazer para pedir permissão primeiro. Éramos levados a acreditar que precisávamos seguir regras, que precisávamos ser disciplinados, que deveríamos nos suprir de todas as formas e parar de dar atenção aos nossos próprios pensamentos, sentimentos e emoções, não importa o sofrimento que teríamos que enfrentar.

Fomos levados a acreditar que precisávamos seguir regras, ser disciplinados.

Naturalmente, quando crianças, a maioria de nós aprendeu a ouvir as autoridades e a seguir ordens, com medo de sermos abandonados pela sociedade. Ao invés de nos rebelarmos contra a supressão que nos forçaram, escolhemos fazer de conta que éramos quem a sociedade esperava de nós. Escolhemos vestir uma persona, uma máscara que escondesse o nosso verdadeiro eu. Começamos a fazer o nosso melhor para nos conformarmos, acreditando que essa era a melhor forma para viver, e quanto mais tentávamos, menos ouvíamos a nossa voz interior. E em algum ponto de nossas vidas, depois de anos de contínua repressão e lavagem cerebral, nos esquecemos até que tínhamos uma voz interior e paramos de prestar atenção nisso tudo. Ficamos sem alma, automatizados, seguindo uma programação predeterminada que os outros nos impuseram.

Agora, sempre que um problema ou um novo desafio aparece em nossa jornada, encontramos uma dificuldade imensa para lidar com isso, já que não conseguimos responder espontaneamente a tais situações e circunstâncias. No nosso estado atual, nos sentimos sem importância, inadequados, inseguros e sem a confiança necessária para lidar com qualquer problema que possamos enfrentar. Incapazes de acreditar em nós mesmos, nos convencemos de que os nossos esforços serão em vão e tememos que isso aconteça porque fomos condicionados a achar que cometer um erro significa falhar com nós mesmos. Nossas dúvidas interiores limitam a nossa liberdade, enchem a nossa cabeça com medo e ansiedade, e a menos que aprendamos como lidar com isso e a acreditar em nós mesmos, não seremos capazes de vivermos livres e felizes. Por esse motivo, escrevi esse pequeno guia que te ajudará a começar a ouvir a sua voz interior e a acreditar em si mesmo.

Um guia útil para te ajudar a lidar com sua dúvida interior (e como acreditar em si mesmo)
  • Reconecte-se

O primeiro e mais importante passo para vencer a sua dúvida interior é deixar de lado suas crenças às quais você foi submetido e começar a questionar a sua própria verdade e autoconhecimento. Para conseguir isso, você precisa passar mais tempo sozinho, refletir, meditar, entrar em contato com sua voz interior e fazer amizade com você mesmo.

  • Aceite suas imperfeições

Aceitar e acreditar em si mesmo não significa que você precisa ser perfeito. Na verdade, ninguém é, e isso é ótimo! Ninguém pode ser bom em tudo ou sempre fazer as escolhas certas na vida. Conforme crescemos, vamos aprendendo coisas novas, mas nunca devemos ser tolos ao acreditar que podemos alcançar a perfeição.

  • Abrace suas falhas

Várias dúvidas provêm do medo de falhar. Fomos levados a acreditar que falhar é ruim, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Na realidade, falhar é algo bom quando aprendemos com os nossos erros e deixamos de correr o risco de cometê-los de novo — em outras palavras, falhar é o caminho para o sucesso. Então, não tenha medo de cometer erros porque eles são seus melhores professores.

  • Seja responsável pela sua vida

Finalmente, para conseguir aprender a confiar em si mesmo, você precisa aceitar ser responsável pela sua vida. Geralmente, gostamos de jogar a responsabilidade nos ombros dos outros e culpá-los por qualquer coisa que aconteça de errado. Consequentemente, não nos vemos como os criadores do nosso próprio destino, mas como vítimas sem poder e à espera de um salvador que venha aliviar o nosso sofrimento. Só quando for maduro o suficiente para aceitar a responsabilidade que existe nas suas mãos, você será capaz de desenvolver sua fé, coragem e autoconfiança.

“Todos nós temos o melhor guia dentro de nós, se podemos atendê-lo, então qualquer um pode.” (Tradução livre) – Jane Austen.


Escrito por Amanda Prieto da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]