Autoconhecimento Meditação

Como a meditação ajuda a superar a dor e o sofrimento

Young woman meditating with open arms standing in fresh spring greenery with her head raised to the sky and her eyes closed rejoicing in the freshness and new beginnings of spring and nature
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A dor e o sofrimento são inevitáveis. Uma doença ou acidente limitam seu corpo, e a perda de alguém querido abala o emocional. Não há receitas mágicas para acabar com o sofrimento, porém, a meditação, milenar técnica indiana que leva a um estado profundo de concentração, pode ajudar. Conforme pesquisa de Sara Lazar, neurocientista do Hospital Geral de Massachusetts e da Escola de Medicina de Harvard, o hipocampo da esquerda, área responsável pela regulação emocional, cognição e memória é maior em quem medita.

Para os iniciantes, dois minutos já são suficientes para eliminar pensamentos e sentimentos negativos. Mas que fique claro: a prática não é um meio para corrigir falhas ou fugir dos problemas, segundo o psicólogo e professor de meditação Bob Sharples. Tendo consciência disso, saiba como a meditação auxilia a superar a dor e o sofrimento.

Como meditar?

Primeiro, pense o que você deseja: realizar alguma coisa, reduzir a ansiedade ou tranquilidade? Sabendo o que deseja é mais fácil se concentrar.

Com o objetivo em mente, você precisa saber que a meditação trabalha a concentração, percepção e o monitoramento livre. Veja o que cada elemento proporciona:

  • Concentração: relaxamento físico e mental;
  • Percepção: faz de você um ouvinte melhor;
  • Monitoramento livre: reflexão pessoal.
Técnicas práticas de meditação

Corpo São

É uma das técnicas mais simples. Muito usada no budismo japonês, consiste em sentar-se na posição de lótus, fechar os olhos e focar na respiração e nos batimentos cardíacos.

Cristã e bhakti-ioga

Meditação baseada na repetição de mantras. Faça de manhã ou à noite. Sentado com as costas retas, repita Maranatha, do aramaico “Venha, Senhor. Venha, Senhor Jesus”.

Zen Budista

O monge budista Thich Nhât Hanh criou a técnica que consiste em caminhar, contar os passos e sincronizá-los com a respiração.

A meditação auxilia a superar a dor e o sofrimento, desde que você esteja disposto a mergulhar em si e retirar o que é ruim. Tenha sempre em mente que a prática não é milagrosa! Dedique-se de corpo e alma a ela e veja os resultados.

Ah, e não se esqueça de nos contar o que a meditação já fez ou está fazendo em sua vida.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]