Nutrição

Goji Berry – Tudo sobre essa poderosa fruta!

Árvore com a fruta Goji Berry
Olga Yastremska/123rf
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Em algum momento, você deve ter ouvido falar, visto ou lido em alguma embalagem do supermercado sobre a Goji Berry, uma frutinha muito comentada já há alguns anos que se transformou num hábito de consumo e pode ser encontrada seca, em sucos e em cápsulas. Conheça mais e saiba por que ela se tornou tão popular!

O que é Goji Berry?

Mesa com recipientes com a frita goji berry
Olga Tkachenko/123RF

Goji Berry é o fruto das solanáceas (mesma família dos tomates) Lycium chinense e Lycium barbarum, plantas nativas da Ásia, utilizado há milhares de anos. É considerado um superalimento com efeitos medicinais por possuir diversos compostos bioativos com poder antioxidante, excelente fonte de fibras, minerais, como magnésio, cobre, selênio e manganês, vitaminas B1, B2, B3 e C e gorduras monoinsaturadas.

Para que serve o Goji Berry?

Mesa com uma colher e um saco com a fruta goji barry
Tuammee/123RF

O Goji Berry é um fruto bastante rico, capaz de produzir efeitos positivos para todo o organismo humano. Ele possui 19 aminoácidos, sendo 8 essenciais, que o organismo não produz e precisa adquirir por meio da alimentação.

Esse fruto milenar possui aminoácidos com função essencial na manutenção de massa muscular, formação de células, proteínas e tecidos importantes. Apresenta 21 minerais, fundamentais na manutenção do equilíbrio hidroeletrolítico do organismo, da pressão interna e externa das células e na função protetora contra doenças, inclusive câncer.

Aqui no Brasil, não se conhece um fruto capaz de oferecer os mesmos benefícios do Goji Berry, numa composição única. Ele atua nos sistemas imunológico, cardiovascular, cerebral e gastrointestinal, entre outros. Veja a seguir, os benefícios de consumi-lo.

Quais os benefícios do Goji Berry para a saúde?

Fortalece o sistema imunológico

Mulher de olhos fechados alongando os braços
Christopher Campbell/Unsplash

O Goji Berry é muito rico em vitamina C. Ele aumenta a produção de glóbulos brancos, que atuam nas defesas do organismo, reduzindo inflamações, aumentando os níveis de anticorpos e fortalecendo o sistema imunológico. Ele diminui o estresse, proporciona resistência aos ossos e contribui para a absorção de ferro.

O fruto ainda conta com o beta-sitosterol, que tem ação anti-inflamatória.

Previne doenças cardiovasculares e ajuda a equilibrar os índices de colesterol

Por possuir polissacarídeos, o Goji Berry pode produzir efeitos positivos para o sistema cardiovascular e para o combate à hipertensão, pois possui o Cyperone, um fitonutriente.

O fruto atua no equilíbrio dos níveis de colesterol, ajudando a diminuir o mau colesterol (LDL) e aumentar o bom colesterol (HDL). Por ser rico em fibras, ajuda a diminuir a absorção de colesterol no intestino. Atua na contenção de níveis elevados de glicose na corrente sanguínea com proteção ao coração e ao cérebro.

O Goji Berry contém a fisalina, com efeitos positivos para os portadores de hepatite B e C, assim como a betaína, usada pelo fígado para produzir colina, substância importante na formação de fosfolípides, que compõem todas as membranas celulares.

Como o fruto é rico em beta-sitosterol, de ação anti-inflamatória, ele ajuda a melhorar a celulite, considerada uma inflamação da pele, apoiado pelo controle dos níveis de colesterol.

Ajuda a reduzir o estresse e melhora o humor

Mulher sorrindo com o cabelo no rosto em um campo de gramado
Vlada Karpovich/Pexels

A vitamina B6 do Goji Berry atua aumentando a produção de serotonina, hormônio responsável por causar o bem-estar e a melhoria do humor.

O Goji Berry conta com ácidos graxos essenciais que auxiliam na síntese de hormônios e regulam o cérebro e o sistema nervoso.

Problemas neurológicos podem ser evitados com a ação antioxidante e das vitaminas do complexo B presentes no fruto.

Protege a visão e a pele

Rosto de uma mulher sendo iluminado
João Jesus/Pexels

O Goji Berry é rico em carotenoides, principalmente a Zeaxantina e os betacarotenos, que ajudam a manter a saúde ocular e a prevenir o surgimento de retinopatias, degeneração macular e cataratas. Possui polissacarídeos e proteoglicanos que atuam com efeito neuroprotetor ocular.

Os carotenoides, vitaminas B1, B2 e C, ainda atuam como antioxidantes e ajudam a combater o envelhecimento, promovem fotoproteção aos raios ultravioletas, ajudando a cuidar da pele quando a pessoa fica muito tempo exposta ao sol.

Previne o câncer

Mulher segurando uma flor
Kristina Paukshtite/Pexels

Os componentes bioativos do Goji Berry, os polissacarídeos, podem inibir o crescimento de tumores e evitar a proliferação de células cancerígenas do tipo HeLa, agindo principalmente nos cânceres de cólon e de colo de útero, além de evitar os danos dos radicais livres às células do organismo, prevenindo o surgimento de doenças crônicas da pele.

Apoiar o emagrecimento

Mulher segurando um lenço na praia
Retha Ferguson/Pexels

Embora se fale bastante sobre o Goji Berry ajudar na perda de peso, por possuir poucas calorias e bastante fibras, que causam saciedade, a medicina chinesa o associa à melhoria dos quadros de insônia, de agitação mental, de ansiedade, da libido, da impotência e da infertilidade, mas não ao processo de emagrecimento, referenciando apenas o benefício da digestão.

Como usar o Goji Berry?

O Goji Berry pode ser consumido na forma desidratada, misturado a frutas, na salada de frutas, nos sucos, nos iogurtes, em chá ou em cápsulas. Pode ser reidratado e consumido com água de coco e suco verde.

Pote com frutinhas goji berry
funandrejss/123RF

O fruto deve ser consumido preferencialmente pela manhã, sendo difícil de ser encontrado no Brasil na forma “in natura”.

Reidratar os frutos secos num molho com água durante quinze minutos, potencializa os efeitos positivos do Goji Berry para a saúde, além de torná-los mais macios.

É importante destacar que a opção pela ingestão do fruto desidratado ainda é a mais recomendada, seguida da ingestão dele reidratado em suco, água ou líquido.

Não há estudos científicos plausíveis que comprovem os benefícios do chá de Goji Berry, embora ele seja encontrado à venda e elaborado por muitas pessoas que o consome.

Quanto aos suplementos ou cápsulas, a ingestão só deve ser feita mediante a orientação médica.

Quanto consumir de Goji Berry por dia?

Pote com iogurte, cereal e goji berry ao lado de uma colher
Olga Yastremska/123RF

Uma ou duas colheres de sopa (não deve ultrapassar 45mg diárias) do fruto desidratado em 120ml de suco (mais palatável, porque ele é amargo) por dia é a quantidade necessária para fornecer a dose diária de nutrientes que o organismo necessita.

Quais os efeitos colaterais do Goji Berry?

Colher de madeira com algumas goji berries
Nela Petria Manases/123RF

É fundamental consumir o Goji Berry com moderação, de forma a evitar reações alérgicas e até anafiláticas, caso haja hipersensibilidade aos seus componentes. Caso surja qualquer sintoma de alergia, o consumo deve ser imediatamente descontinuado.

Ainda há o risco do uso de Goji Berry com medicamentos como anticoagulantes (pois inibe a ação do medicamento), hipoglicemiantes e para controle de pressão arterial.

Outra questão se relaciona à dosagem máxima de ingestão da vitamina C, que não deve ultrapassar 2.000mg e cujo excesso ou uso prolongado pode acarretar cálculos renais, distúrbios gastrointestinais e desconfortos na bexiga.

Contraindicações

O consumo de Goji Berry está contraindicado para quem faz uso de medicamentos para controle glicêmico, de pressão arterial, de anticoagulantes, como a varfarina e a aspirina.

O fruto pode interagir com antibióticos, antifúngicos, antidepressivos, antivirais, medicamentos contra o câncer, para osteoporose e medicamentos para o controle hormonal.

É fundamental consultar o médico para consumir o fruto Goji Berry, se a pessoa fizer uso de alguma medicação para tratamento prolongado.

Você também pode gostar

O Goji Berry também está contraindicado para crianças, lactantes e mulheres grávidas.

Como você pode observar, temos disponível para apoiar a nossa saúde esse poderoso fruto asiático. Os benefícios que ele traz ao organismo, com doses mínimas, são convincentes, assim como as recomendações ou advertências para não consumi-lo, caso faça uso de medicamentos para doenças crônicas. Procure sempre um médico, em caso de dúvida!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]