Linguagem do Corpo Saúde Integral

Linguagem do Corpo: O que causa a labirintite?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
A labirintite é uma doença que acomete o labirinto, localizado no ouvido. Ela afeta as estruturas responsáveis pela audição e pelo equilíbrio. As pessoas, erroneamente, denominam como labirintite todo distúrbio presente na parte interna no ouvido, mas o termo correto é labirintopatia. A labirintite é apenas um desses distúrbios.

Na labirintite, áreas internas do ouvido ficam inflamadas e, assim, nervos do vestíbulo (na região do labirinto) enviam sinais falsos ao cérebro como se o corpo estivesse em movimento, mesmo quando está em repouso. Com isso, outros sentidos como a visão, não reconhecem este movimento o que causa uma confusão entre os sinais do cérebro e a perda de equilíbrio.

As causas da labirintite ainda são pouco conhecidas pelos médicos. Sabe-se que infecções e inflamações são os principais fatores para a doença, como por exemplo, resfriados e otites. Mas, doenças como tumores, problemas neurológicos, compressões mecânicas, alterações genéticas, alergias e uso de medicamentos fortes, podem ocasionar crises de labirintite.

shutterstock_188896628-2 A labirintite tende a desaparecer sozinha após algumas semanas. Se a intervenção médica for necessária, o tratamento consiste em diversos medicamentos como antibióticos e corticoides.

Cristina Cairo afirma em seu livro que impactos emocionais e nervosismo reprimido pode acarretar em crises de labirintite.

Labirintite segundo Cristina Cairo:

A labirintite significa pensamentos atrapalhados, nervosismo reprimido, o efeito de um golpe emocional, a necessidade de liberdade para pensar e agir, a sensação de falta de amor, sentimento de solidão, dificuldade para expressar-se, estar tonto com tantos problemas emocionais, sentir-se desamparado e teimar em continuar tentando pelos velhos caminhos que nunca deram certo. Pare de tentar achar a saída!

Se você continuar reprimindo seus medos, acabará entrando em pânico. Abra o jogo e liberte-se das amarras que o sufocam, colocando seus sentimentos em primeiro plano.

Sua saúde está lhe pedindo para gritar pela sua felicidade. Pare de se anular. Jogue fora os “lixos” guardados em seu coração e descubra seus verdadeiros sonhos, escondidos nessa escuridão. Seja você mesmo e respeite sua vida. Deixe para resolver os problemas na hora certa, pois vivê-los no dia a dia é prejudicial ao coração.

Acredite que sua felicidade só depende de você e da sua conduta forte e decidida. Aja com humildade, mas seja firma em suas opiniões. Acalme-se e lembre-se que você já é feliz. Pois ninguém e nada nesse mundo poderão fazê-lo infeliz. Somos nós, e não os outros, os únicos responsáveis pela nossa existência. Reaja! Acorde!

livro 1

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]