Plant-Based Plantas Medicinais

Alecrim: conheça a planta da alegria e da concentração

Salvia rosmarinus é o nome científico do alecrim, uma das plantas medicinais mais utilizadas em todo o mundo. A principal característica do ingrediente é o aroma, que até faz parte do nome que a planta recebe.

Como o alecrim é típico da região mediterrânea, os romanos foram os primeiros a conhecê-lo. Imediatamente, deram-lhe o nome de “rosmarinus”, que significa “orvalho do mar” em latim, fazendo referência ao perfume característico da planta.

Depois de conquistar inúmeros países, o alecrim passou a ser utilizado na produção de cosméticos, como óleos, shampoos, cremes e perfumes, em receitas culinárias, em rituais religiosos, em medicamentos e na espiritualidade.

Por meio do conteúdo que preparamos, você vai conhecer todos os detalhes sobre essa planta arbustiva que é sinônimo de alegria, de bem-estar e de positividade. Descubra o que o alecrim pode fazer além de facilitar a digestão e aliviar o cansaço, a seguir.

Benefícios do alecrim

O alecrim é uma planta que pode atuar no seu corpo físico com eficiência. Identifique quais são os benefícios que o ingrediente oferece para o seu organismo:

  1. Favorece a digestão: o alecrim, quando consumido após as refeições, combate o acúmulo de acidez no estômago. Por causa disso, o ingrediente favorece o processo de digestão, trazendo uma sensação de leveza mesmo depois de uma alimentação mais pesada.
  1. Melhora a memória e a concentração: a acetilcolina é um neurotransmissor que ativa a memória e a concentração. O alecrim é capaz de agir sobre esse neurotransmissor, mantendo-o em funcionamento. Por esse motivo, a planta pode ajudar a manter o foco, a exercitar a criatividade e a pensar melhor sobre diferentes situações.
  1. Alivia os sintomas da gripe: pelo aroma que emana, o alecrim traz frescor na hora de respirar, sobretudo para quem está com gripe. Além disso, as propriedades antivirais e bactericidas da planta favorecem o alívio da tosse e da congestão nasal. Entretanto, o alecrim não pode ser utilizado como único remédio contra esse problema de saúde. Sempre busque auxílio médico.
  1. Atua como anti-inflamatório, cicatrizante e antioxidante: outras propriedades notáveis do alecrim são o poder anti-inflamatório, cicatrizante e antioxidante. Devido a essas atribuições, a planta é capaz de fortalecer o corpo, os cabelos e a pele, aumentar a imunidade e prevenir o envelhecimento precoce. A erva ainda pode aliviar pequenas inflamações.
  1. Combate o cansaço e as dores no corpo: o alecrim estimula a circulação sanguínea e apresenta propriedades analgésicas. Por esse motivo, a planta pode ser utilizada para combater o cansaço, trazendo mais energia e disposição, e para aliviar algumas dores no corpo, decorrentes de pancadas ou de ferimentos comuns. Ainda assim, é fundamental buscar auxílio médico.

Tipos de alecrim

Para aproveitar os benefícios do alecrim, é importante que você utilize a variação certa dessa planta. Isso porque existem dois tipos de alecrim: o do jardim (Rosmarinus officinalis) e o do campo (Baccharis dracunculifolia). Ambos apresentam propriedades parecidas, mas o alecrim de jardim é o mais utilizado em rituais espirituais.

Receitas com alecrim

Depois de selecionar o tipo de alecrim que melhor se encaixa nas suas necessidades, você já pode escolher algumas receitas com alecrim que vão te proporcionar os benefícios dessa planta. Confira:

Óleo de alecrim para o cabelo

O óleo essencial de alecrim estimula a circulação sanguínea, então pode facilitar o crescimento dos fios de cabelo, com recomendação médica. Nesse caso, você só precisa diluir uma gota de óleo essencial de alecrim em uma xícara de shampoo, para lavar o cabelo normalmente depois. Não coloque o óleo diretamente no frasco de shampoo para não perder todo o produto, se você apresentar alguma alergia.

Chá de alecrim

O chá de alecrim é indicado para melhorar a respiração, aumentar a concentração, ativar a memória e favorecer o bem-estar. Para prepará-lo, basta misturar um punhado de ramos de alecrim em uma xícara de água fervente. Depois de 10 minutos, coe a preparação e beba o líquido, assim que amornar. Caso prefira, adoce a receita, utilizando açúcar demerara ou mel.

Álcool com alecrim

O álcool com alecrim é um produto que pode ser usado no tratamento de dores musculares, feridas e, principalmente, dores reumáticas. Com indicação médica, você pode desenvolver a receita na sua casa. Para ela, você deve inserir um punhado de ramos de alecrim em um recipiente de vidro e preencher com álcool 96, fechando o frasco. Feito isso, é só esperar 15 dias e transferir a preparação coada para um recipiente escuro. É possível umedecer compressas no líquido e o utilizar para inúmeros fins.

Óleo de alecrim para a pele

Com indicação médica, você pode utilizar o óleo de alecrim para fortalecer a sua pele, além de tratar pequenas inflamações. Para isso, dilua até duas gotas do óleo essencial de alecrim em um creme para o rosto que você já utiliza. Depois de espalhar o produto na pele, retire o excesso com água morna.

Ramos de alecrim dentro de um prato branco sobre uma mesa de madeira
gate74 / Pixabay

Como consumir o alecrim?

As receitas com alecrim são bons exemplos de como consumir essa erva. No entanto, as principais maneiras de aproveitar a planta são in natura, em pó, em incenso ou em óleo. Enquanto as versões in natura e em pó podem ser utilizadas em temperos, as versões em óleo e em incenso são as mais indicadas para cosméticos e para a espiritualidade.

Significado do alecrim na Umbanda

A Umbanda é uma religião de matriz africana que sabe muito bem como utilizar os poderes do alecrim. Segundo essa crença, a planta tem propriedades de descarrego e de proteção, expulsando a inveja, o mau-olhado, as energias negativas e as ameaças ao campo energético de uma pessoa.

Outra característica do alecrim na Umbanda é que ele pode ser utilizado na resolução de problemas, quando alguém está enfrentando uma fase difícil na vida. Para essa situação, é possível fazer um banho energético de alecrim, que vai potencializar a criatividade, a concentração e a tranquilidade de quem tem uma crise para solucionar.

Caso você tenha um conhecimento mais aprofundado sobre a Umbanda, é bom saber que os orixás associados ao alecrim são Oxalá, Oxóssi e Xangô. Ou seja, caso você queira se conectar com as energias dessas divindades, o alecrim pode te ajudar.

Tabela nutricional

A tabela nutricional do alecrim (porção de 100g) vai te mostrar quais são os nutrientes que fazem parte dessa planta e que podem ser úteis para o seu organismo:

Valor energético131kcal
Carboidratos21g
Proteínas3,3g
Gorduras totais6g
Gorduras saturadas2,8g
Gordura trans0g
Fibra alimentar14g
Sódio26mg

Contraindicações e efeitos colaterais do alecrim

Mesmo que o alecrim seja uma planta nutritiva e poderosa, nem todas as pessoas podem consumi-la, como gestantes, lactantes e crianças de até 12 anos. Também é importante saber que o consumo excessivo de alecrim pode resultar em enjoo, irritação no estômago, vômito, inflamação nos rins, insônia e alergia na pele, quando utilizado na forma de óleo.

Alecrim na espiritualidade

Caso você não possa ingerir o alecrim, ainda há uma maneira de colher os benefícios da planta, sobretudo na área da espiritualidade. Veja quais são as formas de se conectar com as energias da erva:

Banho de alecrim e o melhor dia da semana para tomar banho de alecrim

Em um domingo à noite, de Lua Crescente, o banho de alecrim pode lhe trazer boas energias, tranquilidade e mais otimismo para resolver problemas. Para a preparação, basta ferver um litro de água e acrescentar alguns ramos de alecrim ao líquido. Depois de cinco minutos, espere a preparação amornar e a derrame sobre seu corpo, sem molhar a cabeça.

Incenso de alecrim

O incenso de alecrim é o mais indicado para limpar as energias do ambiente. Para elaborá-lo, é só colocar alecrim seco em um recipiente, acrescentar uma pedra de carvão e acender o fogo. Toda a fumaça liberada nesse processo deve ser levada pelos ambientes da sua casa. Além disso, você pode espalhá-las ao redor do seu corpo, com cuidado.

Como secar alecrim?

Mesmo que você não tenha uma plantação de alecrim na sua casa, existe uma maneira de garantir que essa planta esteja sempre presente na sua cozinha. Você só precisa secar o alecrim fresco, prolongando o tempo de vida dele. Assim, é possível aproveitar a erva em receitas e em diferentes rituais.

Para secar o alecrim, você deve pendurar os ramos de alecrim fresco no varal, longe do sol, de ponta cabeça, por 10 dias. Depois desse período, você pode remover as folhas do galho ou guardar o galho inteiro, em um pote hermético. Mantendo o alecrim seco em um local seco e escuro, ele pode durar por muitos anos.

Alecrim na alimentação

Se você quer que o alecrim faça parte do seu cotidiano, aproveitando os benefícios da planta para o seu corpo físico e para o seu corpo espiritual, incorpore-o na sua alimentação. Nesse caso, você pode combinar o alecrim com carnes, pães, tortas salgadas, batata, manteiga e até algumas sobremesas.

Também é possível acrescentar um galho de alecrim antes, durante ou depois do cozimento de alguma refeição, caso você não queira degustar a planta em si. Outra forma de receber apenas o aroma e os nutrientes do alecrim é preparando um chá com esse ingrediente, que pode ser consumido depois das refeições.

Você também pode gostar:

Levando em conta as informações apresentadas, você já sabe como o alecrim pode te ajudar a ter uma vida mais feliz e a manter a saúde em dia. Coloque em prática as dicas que oferecemos para extrair o que há de melhor nessa planta poderosa!

Outras plantas medicinais

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br