Energia em Equilíbrio

Meditações para começar o ano com o pé direito

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O ano novo está finalmente chegando e você sente como se não fosse dar conta de tudo que precisa fazer, não é mesmo? Não importa o quanto nos organizemos ou o quanto antes comecemos a fazer o checklist do ano que passou, parece que tudo se acumula da mesma forma. É impressionante como a urgência parece ainda mais latente nesta fase do ano. E é exatamente por isso que a pausa e a respiração profunda se fazem ainda mais necessárias.

Não se cobre demais, não corra demais! A passagem do ano é apenas um ritual, não é necessário se sobrecarregar para dar conta de tudo que se propôs. Permita-se momentos de descanso, avaliação e contemplação de tudo que passou e de imaginação e boas energias para tudo que virá.

Listamos abaixo quatro possibilidades de meditação para que você possa respirar profundamente e começar o ano que se aproxima com o pé direito. Para todas elas vale o mesmo ritual de qualquer meditação: procure o lugar mais silencioso que encontrar e se desligue do mundo a sua volta. Se possível, vista uma roupa confortável, deite ou fique sentado na posição de mais entrega e paz que conseguir.

1- “Sobre a brevidade da vida”
Reflita sobre a passagem da vida e como tudo são fases. O que você vive hoje tende a desaparecer ou a modificar. A vida, as pessoas e principalmente as situações por quais passamos são transitórias. Mentalize que está imerso em uma piscina de águas brancas e leitosas e perceba como tudo vai desaparecendo. É uma boa forma de reavaliar a correria durante a transitoriedade do ano vigente e o subsequente.

2- “A morte não é uma prisão

Enquanto mentaliza estar em águas de cor violenta, pense sobre a morte e sobre o fim das coisas. Reflita que não é algo tão pesado como fazemos parecer. Tente tirar todo o peso dos cadáveres que carrega em seus ombros e permita-se começar o ano sem bagagem negativa.

3- “Existimos naqueles que amamos

Mentalizando estar em águas amarelas repense e dê a devida importância às relações que mantém com as pessoas que ama: sejam elas familiares, amorosas ou de amizade. Seja grato pelo afeto que recebe e que dá em troca. Sinta-se feliz por ter a quem amar e por ser amado. Tenha consciência irrefutável do quanto a sua existência depende disso.

4- ¨Tudo que ainda posso conquistar

Agora é hora de pensar no futuro, no que pretende para sua vida e em tudo aquilo que almeja conquistar. Seja a curto, médio ou longo prazo. Seja o mais detalhista possível e trilhe o caminho para chegar até suas conquistas pretendidas. Pense em tudo isso enquanto se vê imerso em águas de cor azul claro, quase cristalinas.


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]