Energia em Equilíbrio Jin Shin Jyutsu

Mudras, o equilíbrio com os dedos das mãos

Hand yoga gesture on bright background
Eliane Rothschild
Escrito por Eliane Rothschild

Já vimos que, através da respiração, de tocar a palma e os dedos das nossas mãos, conseguimos harmonizar nossa energia vital. Ainda falando de nossas mãos e dedos, podemos também nos beneficiar ao utilizar os mudras – poderosos gestos sagrados.

Mudras são posturas feitas com as mãos e/ou dedos e, numa licença poética, são como uma oração para nos conectarmos com o divino. São 8 posições simples dos dedos das mãos que nos resgatam a saúde e a tranquilidade. No artigo de hoje, veremos 4 delas.

O primeiro mudra libera a energia estagnada/bloqueada da cabeça aos pés. Ela nos ajuda quando temos dificuldade para enxergar, respirar, ter pique para fazer as coisas, pôr prontamente em prática as coisas ou ter a sensação de frustração.

fig_11

  • Com o polegar direito, segure a palma dedo médio esquerdo e repouse os demais dedos no dorso deste mesmo dedo esquerdo.

Já o segundo mudra traz abundância, maior aprofundamento da respiração, clareza na audição, conforto para os pés e olhos.

fig_21

  • Lembra o mudra anterior, porém, é como se girássemos o dedo polegar direito uma volta. Como assim? Simples! Com o polegar, segure o dorso do dedo médio esquerdo e agora os demais dedos descansam sobre a palma deste mesmo dedo.

O terceiro mudra acalma desarmonias mentais e emocionais, nos deixando livres do estresse e da tensão nervosa. Pratique este mudra quando ficar preocupado, triste, nervoso, sem fôlego ou ainda quando estiver sempre se esforçando para agradar os outros, distanciando-se de sua essência.

fig_31

  • Novamente, com o polegar direito, segure a palma dos dedos anular e mínimo esquerdo, enquanto os outros três dedos direitos descansam no dorso do dedo anular e mínimo esquerdos.

E o quarto mudra é como uma “faxina diária” que nos livra do cansaço, da tensão e do estresse do dia a dia. Lance mão dele quando se sentir cansado, inseguro, ultrapassado, irritado por qualquer coisa ou preocupado.

fig_41

  • Com o polegar direito, segure o dorso dos dedos polegar, indicador e médio esquerdos. Os demais dedos da mão direita são colocados na palma dos dedos polegar, indicador e médio esquerdos (fig. 4).

Nota:

  • Em todos os mudras, faça o contrário para os dedos da mão direita.
  • Lance mão dos mudras sempre que julgar necessário e a hora e com a frequência que desejar.

Aguardem os outros 4 mudras no próximo mês.

Sobre o autor

Eliane Rothschild

Eliane Rothschild

Eliane Rothschild, formou-se em Comunicação Social. Desde 1997, vem se dedicando ao estudo e à prática do Jin Shin Jyutsu, na qual atende clientes em sessões individuais. Foi uma das responsáveis pela organização dos Seminários Internacionais e Nacionais de JSJ em São Paulo na década de 90.

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 5031-7518 | 9 9938-7673
Skype: eli_mayan