Saúde Integral

Olimpíadas da reciclagem interior, o poder da análise e a renovação para a qualidade de vida

Celso de Godoy Junior

Olhando as práticas do cotidiano e o aumento do consumismo é importante considerarmos cada vez mais a reciclagem, o reaproveitamento dos objetos sem uso, velhos e que ainda estão em bom estado. Por meio da boa vontade e uso da criatividade, estes produtos podem se transformar em novos materiais para usos diversos, como:

  • Garrafas pet podem se tornar vasos, potes plásticos, cortinas;
  • Com o resto de alimentos e lixo orgânico, é possível extrair adubos para os jardins e as hortas;
  • Pneus velhos podem ser usados como bancos e balanço para as crianças etc.

Com isso, conseguimos diminuir o acúmulo de lixos em nosso planeta Terra, reutilizando e contribuindo com mais práticas da sustentabilidade.

Entretanto, nos questionamos a um fator tão importante quanto a proteção da natureza, sobre o que fazemos com os problemas que temos em nossa vida?

Grande parte da sociedade está habituada em não dar tanta importância em resolver os seus pequenos problemas, os que acontecem em sua vida pessoal, com os seus familiares, no trabalho. Deixam esses males passarem despercebidos e vão acumulando mais problemas e desentendimentos consigo mesmo e com as outras pessoas do seu convívio em geral.

Com isso ao longo da vida, produzirão mais lixos sentimentais, com frustrações; sentimentos não correspondidos, brigas, tristezas, virando acumuladores de problemas. E num certo dia, quando resolve fazer a faxina deles, não consegue.

Essas faxinas são doloridas e sombrias. Então, continuam a caminhada, carregando um fardo de sentimentos não resolvidos. Impedindo-nos de sentir a liberdade, de bem com a vida, concentrados e felizes com a sua vida e as outras pessoas ao seu redor. A mente estará repleta de sentimentos negativos, prejudiciais à saúde e relacionamentos sociais.

Agora vamos entrar em contato com a sua criatividade e o maravilhoso Mundo da Arte, produzindo um boneco de fantoche (conforme os modelos das fotos), feitos com materiais simples e recicláveis. O objetivo é enfatizar a importância da reciclagem, fazer a transformação dos problemas ocorridos em sua vida.

Materiais necessários:

  • 1 meia de adulto;
  • 1 cartolina vermelha;
  • 1 folha de papel branco e outra na cor preta;
  • 1 rolo de linha de lã colorida pequeno, conforme a sua preferência;
  • Uso de cola quente (somente adultos devem mexer com este tipo de material).

Com todos estes materiais disponíveis, siga cada sequência da confecção do Boneco de fantoche, conforme as explicações do vídeo abaixo:

Preste bastante atenção e faça o seu fantoche, com muita alegria e diversão!

Para finalizar, assista ao vídeo Resignificar e agradecer

O filme expõe o quanto é preciso resolver os seus conflitos e ter gratidão a cada detalhe que compõe a sua existência e as realizações da sua vida. Muitas pessoas perdem inúmeras oportunidades, deixando de ver o seu lado construtivo, mesmo a vida oferecendo novas oportunidades para mudar.

Muitas teimam em perder essas oportunidades…

Por isso, não seja mais um a ver, reconhecer somente o lado negativo da vida, a reclamar, esbravejar e se achar o injustiçado. Trabalhe o dom da gratidão, agradeça a sua vida, a sua família, por mais um dia de vida, pelas oportunidades que tem para melhorar, adquirir novos aprendizados, agradeça pela sua casa, pelas novas realizações que estarão por surgir no futuro, agradeça a cada pessoa do seu convívio, agradeça por tudo o que elas o ensinaram e pelos trabalhos que têm realizados juntos.

Reflita para quantas histórias, pessoas em sua vida, você pode fazer isso, aceitando cada oportunidade de vida, em vez de gritar, ficar irritado, acredite que elas possam melhorar com a sua atenção e ajudar a aprender a viver melhor.

Viver e reaprender a ser, ser o que lhe faz bem e feliz reciprocamente.

Referências Bibliográficas

ACAMPO, B. Intervenção Psicopedagógica com práticas de Ludoterapia e Arteterapia. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2016.

CURY, A. Gestão da emoção: técnicas de coaching emocional para gerenciar a ansiedade, melhorar o desempenho pessoal e profissional e conquistar uma mente livre e criativa. São Paulo: Saraiva Editora, 2015.

Sobre o autor

Celso de Godoy Junior

Celso de Godoy Junior

Atua há mais de seis anos nas áreas da Educação, Escritor e Terapeuta com foco em práticas resignificativas ao resgate da qualidade de vida pessoal, familiar, profissional e social. Além disso, também trabalha desde o início do ano de 2017, como Professor de Graduação de Pedagogia e Pós em Arteterapia e Psicopedagogia.

Paralelo as suas inúmeras experiências socialmente e em Escolas do Estado, Município e os múltiplos conflitos dos alunos, a falta de interesse nos estudos, desrespeito aos professores e demais desmotivações entre ambas as partes, realiza desde meados de 2018, um Projeto com Palestras Educacionais a Instituições do Ensino Básico, Superior e Empresas. Orientando cada professor, cuidadores e funcionários do meio corporativo, a maior conscientização em suas reações e ações positivas, capacitando-os sucessivamente para lidar com emoções perturbadoras, conseguirem manter relacionamentos saudáveis e resultados globais em suas experiências de vida.

Telefone e WhatsApp: 11 99604-7018
Facebook: Celso G. Jr
E-mail: [email protected]

Ateliê terapêutico: em Bragança Paulista-SP