Saúde Integral

Tratamento natural para bursite

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Bursite é a inflamação da bursa sinovial, espécie de almofada com líquido que impede o contato do tendão com o osso. O problema afeta articulações responsáveis por movimentos repetitivos, como ombros, joelhos, cotovelos e quadris. Dores, rigidez, inchaço e calor na região são os principais sintomas da bursite.

Pessoas idosas ou profissionais que realizam movimentos que pressionem as articulações, como músicos, pintores e esportistas, são mais propensos a ter esta inflamação. Porém, outras situações também estão associadas a ela:

  • Problemas ortopédicos e reumatológicos;
  • Ficar muito tempo apoiado nos cotovelos;
  • Se ajoelhar constantemente;
  • Sentar em superfícies duras por longos períodos;
  • Levantar coisas sobre a cabeça e arremessar bolas várias vezes.
Como tratar a bursite?

O tratamento é feito com injeções de anti-inflamatórios e punção para retirar o líquido inflamatório. Mas, sabia que existe um remédio natural para bursite? A raiz da planta garra-do-diabo age como anti-inflamatório, analgésico e antirreumático. O vegetal nativo da África do Sul é muito utilizado em casos de tendinite, artrose, fibromialgia e ainda regula os níveis de ácido úrico no organismo, pois, o excesso desta substância está ligado às inflamações ósseas. Aprenda a fazer o chá:

  1. Coloque uma colher de sopa da raiz da planta em um litro de água;
  2. Deixe ferver e após atingir fervura, apague o fogo, cubra o recipiente e espere amornar;
  3. Beba uma xícara – duas a três vezes ao dia.

Contraindicações: gestantes, mulheres amamentando, pessoas com úlceras e pedras na vesícula. Hipertensos, cardíacos e diabéticos devem consultar o médico.

Alimentação também ajuda

A raiz de garra-do-diabo é boa para bursite, mas alimentos ricos em magnésio como o brócolis, grão-de-bico, banana, aveia, mamão papaia e iogurte ajudam e muito. Outras recomendações são banhos de sol de 30 minutos antes das 10 da manhã e suplementação de vitamina D.

Embora não dispense os medicamentos tradicionais, os remédios naturais são bem-vindos. Você conhecia a garra-do-diabo? Quer saber mais sobre o poder das ervas? Acesse este artigo sobre o assunto.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]