Nutrição

Receitas saudáveis para festas juninas

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Festa Junina party greeting design. Vector illustration EPS10Chega o mês de junho e, com ele, além do frio, as comidas deliciosas das festas juninas (e julinas)! O problema é que, para quem está de dieta ou buscando uma alimentação mais saudável, esse acaba sendo um momento muito fácil de sair da linha e comer pratos muito calóricos além da conta. Se você quer manter a alimentação o mais saudável possível, mas sem abrir mãos das gostosuras dessa época do ano, veja algumas receitas típicas de festas juninas que podem ter os ingredientes modificados para ficarem mais saudáveis e menos calóricas:

Bolo de milho light

O segredo dessa receita está em substituir a farinha de trigo pela farinha integral, o leite integral pelo desnatado e o açúcar cristal pelo demerara. Todas essas substituições ajudam a diminuir as calorias do bolo, além de adicionar mais nutrientes e fibras.

O que você vai precisar:

6 espigas de milho

10 colheres de sopa de açúcar demerara

1 xícara de chá de farinha integral

4 claras de ovo

1 xícara de chá de leite em pó desnatado

1/3 copo americano de leite desnatado

½ colher de chá de fermento

Para preparar o bolo, rale as espigas, peneire-as e misture aos poucos com o leite em pó, o leite líquido e o açúcar demerara. Depois, coloque a farinha misturada com o fermento e bata as claras de ovos. Acrescente as claras batidas à massa e leve ao forno numa forma untada. Em cerca de 60 minutos, o bolo deve estar cheirando e pronto para alegrar a vida de todos.

Arroz-doce

Brazilian Dessert Canjica Of White CornPara deixar o arroz-doce mais leve, substituímos o leite integral pelo desnatado para diminuir as gorduras. O açúcar cristal pode ser substituído pelo açúcar mascavo e o arroz branco pelo arroz integral. E o leite de coco deve ser o light.

O que você vai precisar:

1 litro de leite desnatado

¼ de xícara de leite de coco light

½ de xícara de açúcar mascavo

1 colher de café de essência de baunilha

2 canelas em pau

½ colher de café de sal

¾ de xícara de arroz integral

Canela em pó para salpicar

Pegue uma panela funda e coloque o leite, o leite de coco, o açúcar, a essência de baunilha, os paus de canela e o sal. Deixe no fogo alto até começar a ferver, então coloque o arroz e diminua o fogo. Deixe cozinhar por cerca de uma hora, mexendo de vez em quando. Quando engrossar, pode tirar para servir. Jogue a canela em pó em cima para dar um toque final ao prato.

Curau light

Assim como nas outras receitas, o segredo para deixar o curau um pouco mais leve é substituir o leite normal pelo desnatado e o açúcar cristal pelo demerara.

O que você vai precisar:

1 cenoura média cozida

2 espigas de milho verde

3 xícaras de leite desnatado

1/2 xícara de açúcar demerara

1 gelatina sem sabor

4 colheres de água

Canela em pó para salpicar

Coloque a gelatina na água para hidratar. Pegue o liquidificador e bata a cenoura, os milhos (sem o sabugo), o leite e o açúcar. Depois, adicione também a gelatina. Peneire o creme e coloque-o numa panela. Cozinhe por alguns minutos, mexendo aos poucos. Quando engrossar, tire e coloque numa vasilha. Salpique canela e coloque na geladeira.

Quentão sem álcool

Se você gosta do quentão, mas quer preservar o corpo dos efeitos do álcool, veja essa receita que pode ser feita sem a necessidade de uma bebida etílica.

O que você vai precisar:

500 ml de suco (recomendamos uva, morango ou abacaxi)

500 ml de água

30 g de gengibre ralado

3 g de canela em pau

3 cravos

100 g de açúcar demerara

Coloque todos os ingredientes numa panela e mexa sem parar. Quando começar a ferver, deixe ainda por alguns minutos no fogo antes de servir.


  • Escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]