Saúde Integral

Remédios: evite quando possível. Seu corpo agradece

Os remédios são substâncias feitas em indústrias farmacêuticas para auxiliar na cura e promover o alívio de doenças, dores, indisposição. No entanto, o que deveria ser tomado de forma correta ou com supervisão de um médico se tornou um verdadeiro vício, onde milhões de pessoas passam a consumir de forma descontrolada os analgésicos. Só o número de antidepressivos cresceu quase 50% nos últimos quatro anos. Estes são números nem um pouco satisfatórios. 

Por trás de uma indústria que vende e lucra muito, existe uma população que se vicia e piora a sua dor.
Isso mesmo. O mais impressionante está no fato de muitas das dores poderem ser evitadas, controladas tomando apenas chás e ervas. Aqui nem vamos falar sobre as doenças psicológicas somáticas que estão por trás desse aumento da venda de remédios. Será que de fato as pessoas estão mais doentes ou aprenderam a viver apenas com remédios?

O uso das plantas medicinais

Os índios até hoje aliviam as suas dores com as plantas medicinais. Para eles o alívio e até a cura estão nestas plantas. E aqui não são plantas medicinais impossíveis de serem encontradas. Você sabia que elas podem estar mais perto ou acessíveis do que imagina.

Se você tiver algo simples como uma gripe, uma dor de barriga, ou até cólica não precisa logo recorrer a remédios. O alívio pode ser feito de forma mais natural. Seu corpo agradece e esta também é uma forma de você conhecer melhor seu corpo e identificar dores que podem vir de algo que você comeu ou até emoções ressentidas. Conheça algumas das plantas para você cultivar na horta ou até dentro de casa e que lhe irão ajudar a aliviar dores:

Recipiente com ervas. Ao redor, pílulas e um conta-gotas.
wavebreakmedia / Shutterstock

Alecrim: Este arbusto tem inúmeros benefícios para a saúde humana. Entre os quais podemos destacar: Melhora a memória, isso porque tem propriedades que ajudam a proteger contra a doença de Alzheimer. Outro benefício é para aliviar a enxaqueca. E mais, alivia outras dores gerais do corpo, melhora o humor, funciona como um antidepressivo natural e ainda ajuda na prevenção do câncer.

Anis estrelado: Esta especiaria ajuda a controlar problemas respiratórios, gripes e resfriados em geral. Quando houver algum corte, o anis estrelado também é indicado porque possui propriedades antibacterianas. Para o cérebro, ele ajuda com o funcionamento normal do sistema nervoso. O cuidado é para não tomar em excesso.

Arruda: Conhecida para espantar o mau olhado, esta planta tem forte atuação contra dores em geral. Também auxilia a controlar a menstruação, ainda ajuda a combater a conjuntivite. Para pessoas quem estão com mal-estar ou se sentindo tristes, é uma planta que proporciona bem-estar. Somente é contraindicado para gestantes.

Boldo: É ótimo para diminuir a azia, gastrite, ajudando no funcionamento do aparelho digestivo. Também atua como calmante.

Erva cidreira: Para quem tem dificuldade para dormir, esta planta atua como um verdadeiro calmante auxiliando a ter um sono profundo e tranquilo. É também indicada para dor de cabeça, tosse e contribui para combater os gases.

Você também pode gostar

O que acharam destas plantas? São fáceis de serem encontradas e você pode cultivar em um vaso até dentro de casa, cuidando apenas com a luminosidade e água. Consuma mais plantas medicinais, sua saúde agradece!

Lembre-se: Diante de doenças mais preocupantes todos devem procurar ajuda médica especializada.


• Texto criado por Angelica Weise da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br