Autoconhecimento Saúde Integral

Novembro Azul e a saúde masculina

Mão branca masculina segurando uma fita de cetim azul com o símbolo do Novembro Azul
dolgachov / 123rf
Luis Lemos
Escrito por Luis Lemos

O homem moderno (perdoe-me a redundância, mas quando eu falo de homem neste artigo estou falando do sexo masculino), caracteriza-se por ser individualista e, principalmente, narcisista.

Na maioria das vezes, o homem atual se acha o centro do universo, um deus grego, o mais belo e lindo do planeta. No entanto, existe um lado positivo nisso tudo: o cuidado com a saúde.

Porém, todo esse cuidado não é com a saúde em si, mas com a estética. Por isso, a campanha Novembro Azul contribui grandemente com a conscientização masculina.

Novembro Azul é o nome dado ao movimento internacional criado para a conscientização a respeito do câncer de próstata. Essa iniciativa tem como objetivo a sensibilização dos homens para a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Por isso, no mês de novembro, os homens são encorajados a tomarem medidas preventivas ou a fazerem o exame de próstata, que é composto do toque retal e exame de sangue PSA. Exames simples, mas eficientes em salvar vidas.

Homem numa praia em cima de uma pedra
Jacub Gomez / Pexels

Não basta o homem cuidar apenas da aparência, ele deve também cuidar da mente e do espírito. Uma vida saudável eleva a autoestima do homem e torna-se meio para a sua felicidade e de todos os seus familiares.

A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia é que todos os homens que tenham mais de 45 anos façam o exame de próstata todos os anos. Essa é uma medida que se levada a sério salva muitas vidas.

Assim como no Outubro Rosa (em que edifícios ficam iluminados com a cor rosa), durante o mês de novembro, monumentos e edifícios relevantes do país e do mundo são iluminados com a cor azul. Alguns exemplos são o Cristo Redentor, o Congresso Nacional, a Torre Eiffel etc.

Você também pode gostar

Estudos apontam que o avanço da medicina, da revolução cultural e da informação, ocorridos nos últimos anos, contribuíram grandemente para a mudança da percepção masculina nos cuidados com a própria saúde e a dos seus familiares.

No entanto, pelo fato do homem ser mais resistente a enfrentar os consultórios médicos, muitos continuam morrendo por causa dessa doença. Daí a importância de campanhas como o Novembro Azul para promover a melhora da condição de saúde dos homens, contribuindo, assim, para a redução dos índices de mortalidade masculinos, considerados altos em relação à mortalidade feminina. Por fim, quem ama se cuida, e quem se cuida vive mais!

Sobre o autor

Luis Lemos

Luis Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor dos livros: O primeiro olhar – A filosofia em contos amazônicos (2010); O segundo olhar – A filosofia em temas amazônicos (2012); O terceiro olhar – A filosofia em lendas amazônicas (2014); O homem religioso - A jornada do ser humano em busca de Deus (2016); Jesus e Ajuricaba na terra das Amazonas - Histórias do universo amazônico (2019).

Email: [email protected]
Instagram: @professorluislemos
Facebook: professorluislemos
Twitter: @luisclsilva
Youtube: Luis Lemos