Linguagem do Corpo Saúde Integral

Resolva problemas de coluna emocionalmente

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Quem nunca se queixou ou conhece alguém que sofre de dores na coluna? O problema afeta 30% da população brasileira. Teoricamente, na medicina tradicional, esse grande número se deve ao estresse do dia a dia e a grande carga horária de trabalho.

Mas, Cristina Cairo explica em seu livro que para livrar-se das dores é preciso desapegar-se das coisas velhas, do seu passado e renovar seus objetivos.

Resolvendo problemas de coluna segundo Cristina Cairo:

Antes de mais nada comece organizando sua residência. É importante você sentir-se bem onde mora. Saiba que as condições em que a sua casa se encontra são um reflexo das condições de seu estado de espírito. Faça uma limpeza geral em seu guarda-roupa. Desfaça-se de coisas velhas e sem uso para você. Reformule seus objetivos sem medo e pergunte-se: “O que gosto mais de fazer?”, “É esse o tipo de vida que quero levar?”, “O que eu vou sentir se tomar uma decisão no amor?”, “Para onde irei ou o que farei depois das minhas decisões?”. Seja qual for o tipo de decisão que você deva tomar, procure ser objetivo e corajoso. Mude de vida e acabe com essa guerra interna de se achar responsável pela vida das pessoas que convivem com você. Harmonize-se com a vida e deixe que ela flua suave e naturalmente, sem que você oponha resistência alguma. O tempo é o nosso melhor amigo, portanto tenha calma e aprenda a controlar a sua ansiedade.

shutterstock_197391011-2

“De agora em diante cuide para ser mais alegre, otimista, confiante e largue o que não é seu. (…)”

Sinta-se sustentado pela vida, ame-se e faça a você mesmo aquilo que gostaria que lhe fizessem. Conheça novas pessoas, marque passeios para descarregar seus medos e sinta que a felicidade está sempre de portas abertas para quem quiser recebê-la. Acredite que você merece sentir prazer e alegria. Aprenda com as experiências da vida e passe a treinar sua personalidade a dizer o que pensa.

Pare de se sentir vítima em todas as situações pois somos responsáveis por tudo que vivemos. Assuma o fato de que eram os seus pensamentos que estavam negativos e inseguros e, por isso, seu ambiente e suas emoções não andavam bem.

De agora em diante cuide para ser mais alegre, otimista, confiante e largue o que não é seu. Nós só assumimos as responsabilidades dos outros quando queremos comandar as suas vidas.

Mas, se o caso está ligado a uma pessoa deficiente em casa, saiba que esse foi o maior dom que a vida lhe deu. Encare com amor essa responsabilidade, sendo flexível com você mesmo e aceite docilmente essa missão, porque pessoas como você possuem uma capacidade extra, em todos os sentidos.

Na Bíblia está escrito: “Bem aventurados os que choram porque deles é o reino dos céus”. E também, “Não vos preocupeis com o que comer ou com o que vestir; em primeiro lugar buscai o Reino de Deus e sua justiça, e isso vos virá como acréscimo.”

[block]0[/block]

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]