Categoria - Medicina Tradicional Chinesa

A medicina tradicional chinesa é uma das vertentes mais utilizadas quando os pacientes buscam terapias alternativas para a medicina comum com a qual estamos acostumados. É uma prática com cerca de três mil anos e que se baseia em um estudo muito mais abrangente do ser humano. De natureza filosófica, a medicina tradicional chinesa busca entender o funcionamento do corpo humano, a forma como o mesmo interage com o meio ambiente em que habita e também com os ciclos da natureza. É a somatória de sintomas físicos, sociais e mentais que o paciente pode ter. A partir desses princípios, esse tipo de medicina encontra a forma ideal de tratamento ou de prevenção de doenças que podem acometer a cada um de nós. A medicina tradicional chinesa tem uma série de vertentes, sendo as mais conhecidas: reequilíbrio energético por meio de agulhas aplicadas em pontos específicos do corpo, auriculoterapia (tratamento por meio de pontos das orelhas), moxabustão e algumas práticas físicas, como o Tai Chi Chuan. Sua eficácia se mostra a longo prazo e é preciso ter disciplina para seguir as orientações dadas pelos especialistas. É uma cura que depende da dedicação, crença e uma boa dose de força de vontade do paciente que se submeter a esse tipo de tratamento. É uma boa alternativa para diminuir a quantidade de substâncias químicas no corpo e também para reequilibrar todas as energias que podem estar em desarmonia dentro de si. Hoje, com a evolução da medicina, é possível encontrar médicos que também tenham estudado e sejam especialistas na medicina tradicional chinesa, para fazer um tratamento em conjunto com a medicina tradicional aplicada no Ocidente com o principal objetivo de prover bem-estar e qualidade de vida para o paciente. É uma abordagem mais humanista da medicina, sempre tratando o paciente como um todo e não apenas como o órgão que apresentar algum problema.

Não encontramos o que está procurando. Tente a nossa busca.