Saúde da Mulher

Teste de ovulação: tire todas as suas dúvidas sobre ele!

Mulher com as mãos na barriga usando calcinha
Polina Zimmerman/Pexels
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Mulheres que estão tentando engravidar ou até mesmo que estão querendo conhecer melhor o próprio ciclo menstrual podem ter dificuldade em entender exatamente qual é o dia em que estão mais férteis, ou seja, caso haja interesse em engravidar, qual é dia em que elas têm mais chances de ocorrer a fecundação.

A observação do próprio muco e da temperatura basal, que são ensinados a serem observados no Método Billings, por exemplo, ajudam a ter uma noção mais próxima dos dias mais férteis, mas não com exatidão.

Uma opção bastante procurada e utilizada pelas tentantes nos últimos anos é o teste de fertilidade, que é parecido com o teste de gravidez. Ele auxilia a autoobservação do dia de ovulação das mulheres.

Teste de fertilidade

Também conhecido como teste de ovulação, ele é capaz de identificar a fertilidade feminina por meio da medição do hormônio LH, que costuma ser mais alto nos dias férteis.

É importante que a mulher que quiser testar já tenha uma rotina de observar os sinais de fertilidade, para fazer o teste no dia mais provável para um resultado positivo. O melhor horário para fazer o teste é entre 15 e 19 horas, período em que o LH costuma estar com maior intensidade.

Mulher segurando teste de gravidez no banheiro
Cathy Yeulet/123RF

O hormônio LH aparece na urina após a maturação do folículo e antes da maturação do óvulo, ou seja, quando o resultado é positivo, leva-se de 12 a 48 horas para a ovulação.

Eles são higiênicos e fáceis de usar. Assim como para os testes de gravidez, basta seguir as orientações que estão escritas na embalagem: molhar a pipeta em um pouquinho de urina e aguardar cerca de cinco minutos.

Após esse tempo, é preciso observar a alteração de cores para saber se o resultado é positivo ou negativo, de acordo com o que estiver indicado na caixinha. Além disso, também existem testes digitais, que são mais práticos pois geralmente dá como resultado uma carinha indicando se é positivo ou negativo, o que facilita no momento de interpretar.

Os testes podem ser adquiridos em farmácias ou pela internet. Algumas marcas que têm esse produto são ClearBlue, Confirme Fertilidade e Bioeasy. Algumas são conhecidas no exterior e são comercializada no Brasil por importadores, como Famivita e Wondfo.

Para facilitar essa identificação do período mais fértil, é importante ler atentamente as instruções do produto e fazer o teste com a primeira urina de manhã ou após 4 horas sem urinar. Outro fator indispensável é conhecer bem o próprio ciclo menstrual, porque assim o teste poderá ser mais certeiro, já que a mulher que o está fazendo sabe o dia mais provável para um resultado positivo.

Mulher segurando calendário menstrual
dmvasilenko77/ 123RF

Apesar de todos esses fatores que podem auxiliar muito a realização do teste, existem alguns motivos que podem fazer com que o resultado seja incerto, até porque cada organismo tem suas particularidades, então existem casos à parte.

Um dos motivos envolve quem tem os ovários policísticos, porque nesse caso o teste pode indicar um surto de LH e a ovulação pode não ocorrer. Por causa de Algumas anormalidades no hipotálamo, a produção de LH pode não funcionar da forma correta e o teste pode identificar o hormônio e não necessariamente ocorrer a ovulação.

Você também pode gostar

A existência de um teste de ovulação é muito positiva para auxiliar o autoconhecimento feminino e o funcionamento do próprio ciclo menstrual. Com um uso aliado à observação do próprio corpo e condições favoráveis, ajuda muito as tentantes e colabora com o autoconhecimento feminino.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]