Saúde Integral

Treine o seu cérebro para dormir em 1 minuto

Sleeping woman young beautiful caucasian female sleep in the bed.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O grande problema da humanidade está no stress e na correria do dia a dia. E isso acaba se refletindo até mesmo na hora de dormir.

Dos distúrbios mais conhecidos relacionados ao sono, o que impera com toda certeza, é a incapacidade de adormecer com facilidade.

Quantas vezes, você já não deve ter se revirado horas e horas, e nada do sono aparecer? Às vezes ele até aparece, mas os problemas e as preocupação não o deixam desligar. Quando nosso corpo e a nossa mente não descansam o tempo necessário, pode ter certeza, que o dia seguinte, será mais irritável e bem menos produtivo.

Se você também tem sofrido com a insônia, veja a técnica abaixo, desenvolvida pelo Doutor Andrew Weil da Universidade de Harvard, mestre em técnicas de respiração e meditação, que irão ajudá-lo a se livrar do stress e ter uma boa e tranquila noite de sono em apenas um minuto.

Na hora em que você estiver se preparando para ir deitar, comece a entrar em contato com a sua mente, o seu corpo. Comece a ter consciência de como você realmente se sente e comece vagarosamente a controlar a sua respiração. Inspire e expire, alternando entre diminuir e aprofundar a velocidade.

Tente esquecer dos problemas que tomaram conta dos seus pensamentos durante o dia. Libere-os e não deixe que eles comecem a lhe preocupar novamente.

Depois que se deitar, o ideal é manter as luzes totalmente apagadas. Inspire pelo nariz e vá contando até quatro, depois, mantenha a respiração presa por cerca de sete segundos. Durante os próximos oito segundos, expire pela boca. Não se preocupe se perder a contagem durante a realização dessa técnica, apenas comece de novo.

Tente aplicar esse método todas as noites, para começar a treinar seu cérebro a dormir em um minuto. Esta técnica é eficaz, porque além de reduzir o ritmo cardíaco, ajuda para que sejam liberadas ao cérebro, substâncias químicas que acalmam, como por exemplo, a serotonina.


  • Texto escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]