Natureza Veganismo

Vegan Dream

Tudo o que tem que ser bonito e poderoso é para que haja encantamento no mundo. Enquanto houver borboletas azuis, flores e ventos, tudo é possível neste mundo. A partir do querer de um novo horizonte, somos dignos, pela nossa evolução e história linear, de seguirmos em frente, assim, não há como voltar atrás.

Diante da perspectiva do amanhã, percebemos que o passado já não faz tanto sentido como um dia fez, e, então, percebemos que demos um passo à frente.
A tecnologia não para, da mesma forma que um ser humano segue com seus mecanismos de atualização. Toda essa informação chega à Terra por muitos veículos, ou pessoas, que a canalizam e a transmitem, para que possamos fazer o “download” delas.

Dimensões e tempo, constatados pela ciência, nos constatam como molécula do universo. Quão pequenos somos, diante da imensidão do tempo! Como seria existir separados de todo esse movimento intenso que acontece, e não nos sentir tão grandes assim também?

Quando o tempo reflete seus sentimentos, e você se sente tão grande assim, acontece uma comunhão com a natureza, de aceitar o que ela oferece a você — ou, pelo menos, observar a ação e a reação em todos os sentidos, quando o caos dentro de você é o caos que acontece no mundo, e quando o respeito que você tem pela natureza reflete uma resposta que ela dá a você, quando um raio parte o céu e você está em um momento de fúria em sua vida… Do que realmente estamos falando?

A sua dinâmica com o todo, desde seus pensamentos até suas ações, reflete o Deus em todos os lugares na sua vida, falando com você em cada folha que cai de uma árvore. Quando se aceita que fazemos parte do movimento — e não fizemos o movimento —, assumimos o destino em nossas vidas, e o livre arbítrio é como dizer sim ou não, em nossos corações, aos caminhos para nós traçados.

Então, o destino tem mais a ver com o que a gente dá do que com o que a gente recebe!

É por aí que passamos a entender a cocriação da vida, que se manifesta a partir de nós. Nada acontece sozinho: é tudo coletivo.
Portanto, enquanto houver a dor de alguém, isso refletirá em nós. Não tem como se ser plenamente feliz sozinho. É tudo parte de uma consciência que vai se abrindo, refinando, até o momento em que conseguimos o ponto equânime da existência.

Um pensamento e uma atitude coletivos, o vegan dream, compartilhar a existência, é suficientemente farto para todos os propósitos humanos. Quando não desejarmos ser mais do que qualquer espécie na Terra, obteremos a identificação absoluta com a natureza. O respeito supremo com as outras espécies permitirá a comunhão sagrada que almejamos há tanto tempo.

Tão simples e divino, como os frutos que brotam nas árvores, e tudo acontece sem esforço ou sem exterminar nada nem ninguém. O ciclo de geração foi feito para existir harmonia entre tudo e todos, e, a partir do momento em que o homem evolui (em ciência em tecnologia), deve pensar em como haver harmonia também — fatalmente, direto e reto — em prioridades comunitárias.

Um ciclo de vida e morte é composto de todos os elementos da vida que gera e nutre e morre, como as nuvens se formam no céu.
A beleza e a vaidade partirão do pressuposto de uma nova forma não concreta: a arte, que permite que a história se molde em fantasia, que colore o que está em branco. Podemos, então, escutar, no ouvido, o sopro da resposta da nova fase que a gente desconhece.

A utopia faz com que seja real… sonhos lúcidos, possíveis, sem julgamento e decreto. A política parte de uma união de pensamentos, em um propósito em comum, que olhe o ser humano como um todo, que se alinha, em evolução humano-ambiental, que respeita e protege, independentemente de qualquer outra organização terrena.

Imagem de uma mulher abraçando uma árvore e sorrindo de olhos fechados.
RealPeopleGroup de Getty Images Signature / Canva

A territoriedade tem de ser o mais sustentável possível, a ponto de florir a Terra. O tal do Mira Gaia Coworking é possível de ser aplicado em qualquer lugar do mundo, para, em tradução, olharmos, enxergarmos, florirmos Gaia, em sua real forma, nos assumindo como agentes de transformação, nesse trabalho coletivo, que independe de governos, reinos, poderes, ações coletivas comunitárias, em todo o mundo. A União Pangeia, como os princípios, quando a Terra era uma só, um povo só, e nos aceitamos como espécie e plantamos, incansavelmente, pela misericórdia divina, nossos futuros coletivos: salve o verde.

Essa é uma teoria existencial de quinta dimensão, que encara a telepatia como fato, bem como entende e enxerga como tudo deve ser. Podemos agir sem conflito, sem almejar poder, em plena pureza de pensamentos e ações verdes, que se referem ao todo, de uma forma que aceitemos diversas teorias, visões e fatos sobre o final do mundo. Muitos seres conectados têm plena sabedoria sobre os 30% que restam de nossa amada Terra ou Gaia, de espécies em extinção, ou simplesmente daquelas espécies que decidiram se elevar, em uma vibração de invisibilidade, para de fato não se extinguirem, no entanto, ainda são afetadas pelo desmatamento — bem como ocorre com fadas, gnomos e dragões que coexistem conosco.

A informação desenfreada permite que todos tenham conhecimento, e a criação já não depende mais desse artifício. Somos avisados, inegavelmente, de possíveis ataques de meteoros, bem como de uma outra possível pandemia, devido ao abuso de poder humano perante outros seres. Então, inegavelmente, temos de trabalhar incansavelmente para restaurar a Terra: além de nossa fonte central, o controle de nossas emoções em evolução, para a nova frequência, o trabalho árduo de plantio, reciclagem, medidas de poluição zero em todas as vertentes.

Aceitar, de fato, o que estamos recebendo e não adiar ou jogar debaixo do tapete. Enquanto trabalhamos, devemos construir abrigos subterrâneos por toda a parte, para garantir a nossa espécie. São visões lúcidas no céu que dizem isso. Há muitos avistamentos extraterrestes, em São Paulo, e mensagens em sonhos sobre isso. Grupos de ufologia têm compartilhado pessoas com visões iguais, aceleradas, nesses tempos pelos quais passamos. Devemos agir imediatamente, aceitando os sinais de seres de outros planetas, bem como do nosso também. Há apenas um caminho.

O acesso livre e a todos faz com que seja exigida essa comunhão superior, para que, a partir daí, males sejam extintos, pela glória e pela paz de nosso amanhã. O ego se dissolve em um propósito existencial. A tecnologia se move ao autossustento familiar, no que se refere à reciclagem direta comunitária, à reativação de rios, à conservação e aos abrigos subterrâneos.

O despertar do herói interior é a chave para as dimensões da benevolência e da justiça que honram a história de todos os mestres que passaram por aqui. É nosso dever e nossa obrigação dar continuidade à história, observando as profecias, que sempre foram nosso GPS na Terra. Temos de cumprir as escrituras e seguir em frente.

Os vivos e os mortos ressurgirão de um sono profundo, em consciência e comunhão.
A matéria existe de muitas formas, e a energia se manifesta também. Tudo se renova, basta observarmos e sentirmos o quão vivo o que foi hoje está, e como ele pode fazer mais sentido para ele hoje e para você.

Você também pode gostar

Como fazer para dar sentido a tudo o que existiu e a tudo o que existe? Como trazer toda a fábula para o nosso dia a dia, refletindo e integrando tudo o que acontece? Olhar para tudo isso é uma forma de dizer sim à nossa história e acreditar, sim, que você faz parte do que acontece de divino na Terra.

Esse é um grande chamado, em comunhão a outros grandes amigos, conectados com as medicinas da floresta, todos dizendo sim ao amanhã.
Basta de reflexão. Sigamos com ações, em nosso potencial infinito. É muito grande o pouco que você faz hoje, e esse pouco que todo mundo faz fará a miragem acontecer em nossas vidas, e a magia voltará, bem como tudo e todos.

Namastê.
Que todos os seres sejam felizes.

Sobre o autor

Bruna Mac The Wall

Graduada em Hotelaria e Turismo pela Anhembi Morumbi, especializada em Lazer e Bem- Estar, Pós Graduada em Naturopatia pela Humaniversidade, com cursos de extensão em Terapias Vibracionais Bioenergéticas EMF e Sound Healing.

O autoconhecimento pela troca de energia no trabalho com outro ser humano, de fato faz nossa sabedoria expandir, a medida que nos colocamos como observadores quânticos onde a resposta para tudo está em todas as coisas ao nosso redor.

A proposta de escrever e expandir é uma forma de tornar aspirações e experiências disponíveis a outros seres humanos que estão dispostos a compartilhar também a medida que estão abertos a novos insights e conhecimento, possibilitando essa troca.

Atuo com atendimentos individuais com massoterapia ( Shiatsu, Thai Massagem , Ayurvedica, Thiyur, Detox ) , acupuntura ( com e sem agulhas) , consultas Florais e Fitoterápicas, sessões individuais e coletivas de Sound Healing, Bioenergética, Yoga, Meditação, eventos de Bem - Estar em espaços e empresas, Retiros Detox Zen.

Atuo também com consultoria de Spas e Resorts , Social Mídia, Foto/ Vídeo/ DJ.

Linha de Produtos Naturais Orgânicos, Saboaria e Cosmética Natural.

Email: brumacthewall@outlook.com
Whatsapp (11) 99250-7525
Páginas:
Facebook: bruna.sol.7
Instagram: @ b.omeditacao