Convivendo

Vida e Relacionamento em Harmonia

Monge meditando.
Que um relacionamento de verdade se dá pela conexão de alma para alma você sabia? Você se lembra de que tudo passa, sejam as coisas boas, sejam as coisas ruins?

Comunhão com o Divino significa alegria, celebração e festa. Então, por que será que em muitas religiões o clima é pesaroso e todos ficam sérios olhando para baixo?

Em julho deste ano eu conheci Rex Thomas, jornalista internacional africano, dono do sorriso mais lindo e sincero que já vi nos últimos tempos. Um ser humano incrível, que contou sua história de vida, com tantas passagens dolorosas, e como transformou tudo em força para a mudança, com a alegria aprendida com a sua mãe.

Nesta palestra de que participei ele lembrou como carregamos muitas mágoas na vida, muitas cicatrizes emocionais, e que na maioria das vezes que passamos por fatos desagradáveis esquecemos que o propósito do planeta Terra é a possibilidade de nos oferecer a Dualidade, e a nossa missão é unificar a dualidade e para isso precisamos inserir o ponto da Neutralidade.

Neutralidade é apenas observar o que é, sem julgar como bom ou mau, certo ou errado.

Todos nós somos o que somos. Nós somos o amor. Nós somos Luz, e a luz não busca a luz, porque ela já é isso.

Rex trouxe tão lindamente a lembrança de que diante de todas as situações difíceis não devemos negar nada, apenas observar e nos perguntar: O que o amor faria agora?

E se não encontrarmos a resposta é porque muito provavelmente o orgulho está interferindo em nossa decisão, e o orgulho não é bom conselheiro.

Quando ouvir a resposta, permita que essa resposta interna seja ação externa e aja!

Começar a nos perguntar sempre isso é conversar com a nossa essência, porque a resposta está dentro de nós. Já disse Buda que a saída é para dentro.

O relacionamento é uma oportunidade preciosa do ser humano, e por isso lidamos com pessoas difíceis. Exatamente para poder executar a missão da existência, que é o Amor. Pessoas da família irão nos desafiar, iremos lidar com a luz e com as sombra de cada parceiro que passar por nossa vida, todos numa dança cósmica da vida.

Sabedoria é entender em uma situação de conflito o que realmente acontece. Por exemplo: a sombra da pessoa se levantou, pois tocamos num conteúdo doloroso, então devemos segurar a nossa própria sombra e não reagir, porque se o fizermos só haverá danos para todos, porque uma sombra indo ao encontro de outra sombra é fatal.

Que lindo usarmos nossa luz para acolher a sombra do outro que se levanta em dor.

Quando expandimos nossa consciência, entendemos que podemos ser luz na vida das pessoas.

Muitas vezes corremos atrás da iluminação e esquecemos das pessoas à nossa volta, esquecemos do essencial, que é a convivência aqui, com quem está ao nosso lado.

Escute e acolha com amor as pessoas e seus medos, porque vida é relacionamento em harmonia.

Qual o propósito de nossa vida?

O que está acontecendo agora, e nada mais, porque só existe o aqui e agora. Não existe outro tempo.

Essa é um pouco da vibe do Rex e ao saber que ele conduz grupos em viagens de autoconhecimento, eu quis trazer essa informação tão bacana para todos vocês, que sentirem o chamado para alguma dessas jornadas. Rex Thomas é anfitrião de viagens da Freeway, empresa que vem formando há mais de 36 anos grupos de viagens na natureza, culturais e temáticas.

Em setembro haverá um grupo especial para Machu Picchu, Valle Sagrado, Puno, Lago Titicaca, dentre outros locais sagrados do Peru. Há contato profundo com a cultura andina, cerimônias nativas e todo acompanhamento espiritual e terapêutico do Rex.

Em novembro há uma outra jornada de Cosmologia Egípcia, que é uma imersão pelo Egito, com vivências para aprender a história da região e do cosmos, com meditações e celebrações nos templos e locais de valor espiritual para as diversas culturas que já passaram pelo antigo Egito.

Se você sentiu sinergia com as viagens, pode saber mais entrando nos links abaixo:

Viagem ao Peru para o despertar de um novo ser
Viagem de autoconhecimento ao Egito

Caso você queira saber mais sobre as viagens, o Rex irá fazer uma palestra online para falar sobre essas viagens. A palestra será gratuita pelo Zoom no dia 25 de agosto às 16 horas. Para participar basta fazer a inscrição no link: https://zoom.us/meeting/register/8d1d4f28395f0cb54ac87b605f06faf5

Namastê!

Sobre o autor

Monica Marchese Damini

Monica Marchese Damini

Psicanalista Clínica e Editora do Eu Sem Fronteiras

Em certa altura da vida, senti o chamado para descobrir o que havia além da rotina, da vida material, do físico. Foram muitos os caminhos trilhados, muito estudo, muitas vivências e descobertas, muitos desafios, vários mestres. Gratidão a cada um deles.

Autoconhecimento, espiritualidade, física quântica, o universo, yoga, budismo, doutrinas, meditação, retiros, silêncio, corpo, mente, alma, o Ser, o Amor Maior.

Ser livre do mundo externo, do sofrimento de Maya, a ilusão.

Torna-se co-criador da própria realidade.

Colocar em prática o Dharma, o dom e recursos recebidos em prol da sociedade, privilegiar o Todo, trabalhar, estudar, compartilhar, amar, evoluir, sem apego ou aversão.

Despertar para o Divino em cada um de nós. Aprender a enxergar o Ego e deixar que ele apenas trabalhe a favor dos propósitos do Todo, aprender a praticar o desapego e a aceitação… tem que buscar, tem que querer, e eu quero!

Assim como eu, muitos estão nessa jornada, e com este propósito de nos juntar, criamos o Eu Sem Fronteiras, projeto amoroso de compartilhamento e ponte entre quem quer dar e quem busca receber todo tipo de informação e conhecimento, livre de dogmas, julgamentos e crenças, para que cada leitor aproveite o que desejar em cada momento de sua vida.

Transformar conhecimento em sabedoria.

Trabalhoso, mas tem muita gente vibrando na mesma sintonia e disposta a compartilhar o que sabe, e nessa nova era onde o coletivo impera sobre o individual, conseguimos uma equipe linda de profissionais em sinergia com nosso projeto para juntar todo o bem e todo o bom aqui neste portal.

Aprender a perdoar, se perdoar, nos libertar de sentimentos negativos, mágoas, culpas e tudo que gera padrão negativo. Há muitas formas e ferramentas, mas precisa trabalho e enfrentamento.

Quanto maior a massa crítica vibrando positivamente no amor universal, mais rápida a transformação deste planeta.

Queremos participar!

Contato:
E-mail: [email protected]
Facebook: Monica Damini
Instagram: @monicadamini