Energia em Equilíbrio Yoga

Vidya Yoga: tudo sobre a prática

É impossível negar que o Yoga apresenta uma série de benefícios aos seus praticantes. Mas, para isso, é preciso seguir a linha que mais combina com os desejos e a personalidade de cada indivíduo. O Vidya Yoga apresenta uma ótima oportunidade para quem quer expandir a consciência. Veja tudo sobre essa prática e como fazer isso!

Se você é uma pessoa que se interessa pela prática do Yoga, então sabe que existem diferentes linhas, certo? Cada uma delas leva em consideração objetivos distintos e trabalha com o nosso corpo de maneiras variadas. O Vidya Yoga, por exemplo, também chamado de Raja Vidya Yoga, chegou ao Brasil em 1960.

Em comparação a outras modalidades, é possível dizer que essa é bastante recente no nosso país. Porém isso não muda o fato de que ela é extremamente interessante e poderosa.

Por exemplo: seu título é originário de um termo sânscrito, “Vid”, que significa “sabedoria”. Sendo assim, como o próprio nome indica, busca trabalhar questões relacionadas à consciência total das pessoas, despertando esse senso espiritual de forma intensa e bastante completa.

Pré-milenar, o Vidya Yoga segue a tradição paramparay, que indica que esse tipo de ensinamento, autoconhecimento e transformação pessoal é passado de Mestre (instrutor, no mundo moderno) para o discípulo (aluno).

Mas quais são os benefícios dessa prática? Existem princípios que guiam as atividades? Como começar a praticá-la? Continue lendo este artigo para entender tudo isso e muito mais!

Aprenda os benefícios do Vidya Yoga

O Vidya Yoga chama atenção por trabalhar o corpo humano de forma completa. Isso porque muitas pessoas, quando refletem sobre essa prática, pensam somente no físico, no mental e no espiritual. Porém essa linha leva em consideração nada menos do que sete categorias: físico, energético, mental, emocional, mental superior, intuitivo e espiritual.

Sendo assim, é possível dizer que os benefícios também são mais intensos e superiores. Mas é preciso ter calma: isso normalmente vem aos poucos.

No início, as vantagens mais marcantes são referentes ao relaxamento (corporal e mental) e ao bem-estar físico geral. E não é para menos: assim como outras modalidades do Yoga, esta também conta com as asanas, que influenciam de diversas maneiras.

Depois, quando o praticante passa a ter mais familiaridade, ele passa a experimentar benefícios mais intensos em relação à sua mente. Lidar com seus sentimentos, por exemplo, fica mais prático e natural. Consequentemente, seu comportamento também fica mais agradável e até mesmo calmo.

Essas características são resultado da interiorização, que incentiva o autoconhecimento e a expansão da consciência.

Por fim, no estado mais avançado do Vidya Yoga, os praticantes são capazes de alcançar uma plenitude impressionante. Em vez de lidar com suas emoções, eles aprendem a controlá-las. Por causa disso, passam a ter pensamentos mais filosóficos para, enfim, finalmente despertar a consciência.

O poder dos princípios do Vidya Yoga

Você deve estar se perguntando como o Vidya Yoga desenvolve todos esses benefícios, certo? A resposta está nos princípios nos quais essa prática se baseia, e que são utilizados de maneiras distintas, a depender da sessão e dos objetivos que ela possui.

Como você deve imaginar, são muitos os princípios, seus objetivos e seu poder. Porém aqui vamos focar nos seis mais importantes e impactantes. Veja só a listagem:

  1. Mantra

Funciona como um instrumento do pensamento. Ele se baseia em sons que apresentam efeitos benéficos para o corpo (plano físico) e mental (plano astral).

  1. Puja

Técnica que significa “saudação com respeito” e busca transmitir a energia entre pessoas e ambientes, estabelecendo uma conexão forte e inspiradora.

  1. Pranayama

Tem como base a respiração. Sendo assim, é um princípio importantíssimo, já que abre para boas energias todos os setes princípios corporais abordados anteriormente.

Recorte de pernas e pés numa aula de Yoga em ambiente interno
aerogondo2 / Shutterstock
  1. Asana

Esse é um conhecido de todas as pessoas, até mesmo daquelas que não estão tão familiarizadas com o Yoga: diz respeito às populares posições, que fortalecem o corpo e a mente.

  1. Yoganidra

Diz respeito ao relaxamento completo e total do corpo físico, mental e emocional. É um princípio que deve ser abordado aos poucos, para promover um descanso pleno e equilibrado.

  1. Samyana (Dhárana, Dhyána e Samádhi)

É um conjunto de técnicas que busca abstrair os sentidos por meio da concentração, da meditação e da dilatação da consciência. Relaciona-se a uma das etapas finais do Vidya Yoga, sendo praticada por pessoas mais experientes. Além disso, ela une outros elementos, como mantras, visualizações, entre outros.

Como começar a praticar Vidya Yoga

Depois de todas essas informações, temos certeza de que você está mais do que pronto para praticar o Vidya Yoga, não é mesmo? E não é para menos: essa linha com certeza se mostra muito interessante e benéfica para as pessoas, ajudando-as a viver de maneira plena e muito mais tranquila.

E o mais legal de tudo é que, assim como outras categorias, essa também pode ser praticada por qualquer pessoa, sem distinção de idades, gêneros, orientação sexual ou porte físico.

Nesse momento inicial, é interessante contar com informações pertinentes, como as que você obteve aqui, e também com o apoio de profissionais especializados, os chamados “mestres”. Eles guiarão você por uma jornada completa, que contempla os seus principais objetivos e que faça com que você trabalhe o seu corpo de maneira total, como explicado anteriormente.

Porém, se você desejar, também pode começar sozinho, para entender se essa prática é para você e se você realmente deseja investir nela.

Lembre-se somente de ter um espaço calmo e tranquilo, usar as roupas adequadas e entender que essa é uma prática que requer tempo e paciência. Além disso, não exagere: pode ser que, no começo, você encontre certa dificuldade para se concentrar. Por isso inicie com períodos de tempo menores e aumente conforme percebe que está se sentindo mais preparado.

Se você seguir em frente, perceberá uma melhora gradual e muito transformadora em sua vida.

Você também pode gostar

E aí? Você gostaria de praticar esse tipo de Yoga? Aqui, vimos várias informações que temos certeza de que instigaram essa vontade, da origem aos benefícios e princípios da prática.

Foi bastante coisa legal, né? Esperamos que este artigo tenha respondido às suas perguntas. Lembre-se de compartilhar com aquela pessoa que você acredita que vai aproveitar essas informações e boa jornada!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br