Alimentação consciente Nutrição

3 passos essenciais para se alimentar bem – passo 1

People food and lifestyle concept. Indoor shot of attractive young student wearing black hat and blue t-shirt appeasing his hunger having vegetables during lunch break at modern restaurant
Juliana Ferraro
Escrito por Juliana Ferraro
Tenho a impressão de que falamos muito sobre alimentação, mas pouco sobre ela ser consciente e saudável. Falamos de emagrecer e engordar, classificando assim os alimentos que ingerimos. Falamos sobre vitaminas e minerais. Mas esquecemos de ver algo até mais importante: qual é a energia do alimento e qual é a sua vontade em consumir e transformar essa energia em você.

O que você come se torna você, certo? Uma cenoura vai ser transformada e digerida e certas partes dela se transformam em você, enquanto outras são jogadas fora porque seu corpo não precisa. Portanto, o processo da digestão deve ser visto com sua devida importância. O corpo realmente precisa processar o que foi ingerido, pois de que adianta comer uma refeição super cheia de vitaminas e coisas boas se não se está dando tempo para a digestão de tudo isso? Aí o corpo não incorpora

Sobre digestão, falarei num próximo artigo. Neste, começamos pela primeira parte da alimentação: a escolha e compra dos alimentos. Pare agora e se pergunte: onde eu compro o que vou comer? Que tipo de alimento priorizo na minha cesta? Eu me informo sobre a procedência do alimento e sobre o modo como foi produzido

Happy Young Female In Kitchen Eating BerriesTodas estas questões têm total relação com a energia do alimento; ou seja: junto dele, tudo o que aconteceu, por onde passou e como foi cultivado, que energias ele traz? E para que produtor ou mercado você está dando seu dinheiro e a sua energia? É uma troca. Que tipos de produtores e mercadores você está ajudando a crescer com seu dinheiro? Que tipo de relação com o meio ambiente está sendo propagada com suas escolhas de alimento?

São muitas perguntas, mas todas são importantes para o momento da alimentação. Depois de comer, você se sente pesado e com dificuldades de digerir ou se sente pleno, feliz e com mais energia? De repente, o não se sentir realmente alimentado em todos os níveis tem relação com o lugar de onde vem seu alimento.

“Que tipos de produtores e mercadores você está ajudando a crescer com seu dinheiro? Que tipo de relação com o meio ambiente está sendo propagada com suas escolhas de alimento?”

Sabemos que, como consumidores, temos o poder de mudar o mundo, de forma que, escolhendo conscientemente onde e o que consumir, estamos alimentando mais uma grande monocultura que explora o solo, polui mananciais e devasta a floresta (no caso da soja, por exemplo) ou podemos dar mais poder aos produtores rurais que tratam a terra (que é sua casa também) com respeito.

Pense que, dando mais para quem trabalha na terra, você fica com a consciência leve, pois sabe que está ajudando na cura do nosso planeta e não deixando-o mais doente. Como fazemos parte do planeta, estando ele doente, estaremos nós também.

Pode ser difícil sair desse vício de comprar tudo pronto, mais barato e mais fácil, mas comida é remédio e vale bem a pena investir mais energia e consciência para se cuidar melhor e tratar bem do planeta e de ti. Comece aos poucos, mas se lembre da sua parte na responsabilidade de curar o planeta.

Mama Gaia agradece!

Passo 2

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro é psicóloga por formação e viajante por amor às coisas novas da vida. Seu contato com diferentes línguas e culturas começou quando ela ainda trabalhava no Club Méditerranée, depois disso fez um mochilão pelo mundo em busca de autoconhecimento. Em pouco mais de 1 ano conheceu diversos países asiáticos, em especial a Índia, onde fundou uma paixão profunda pelo Yoga e pela meditação. Hoje, ela é professora de Yoga e terapeuta reikiana em Paraty, RJ.

Contatos:

Facebook: /juliana.ferraro | /lotusviajante
Instagram: @ferrarojuju | @lotus_viajante
Site: www.lotusviajante.com | www.casadodharma.com
E-mail: [email protected]