Atividades Físicas Saúde Integral

A atividade física como um auxílio durante a pandemia

Em março de 2020, no Brasil, ocorreu a primeira morte por Covid-19. Antes disso, em 3 de fevereiro do mesmo ano, a doença fora declarada como uma pandemia e atingira massivamente a Europa. Desde então, a principal recomendação das autoridades mundiais de saúde tem sido ficar em casa. Dessa maneira, é possível evitar que o coronavírus se dissemine com tanta intensidade e atinja mais pessoas do que o sistema de saúde é capaz de atender.

Ainda que o isolamento social seja a melhor forma de se proteger de uma doença para a qual ainda não há cura, outros problemas surgiram a partir disso. Além das questões econômicas, como o aumento do desemprego e a queda no faturamento de inúmeros negócios, as saúdes física e mental foram abaladas.

Em relação à saúde do corpo, por exemplo, sem a possibilidade de ir à academia, de caminhar ou simplesmente de sair de casa, muitas pessoas se tornaram mais sedentárias. Também começaram a se alimentar com menos critério, recorrendo a opções mais práticas e que nem sempre são mais saudáveis.

Somados a esse cenário estão as incertezas, os medos e a ansiedade trazidos pela pandemia. Sem saber como será o dia de amanhã, a maioria da população enfrentou dificuldades para encontrar motivação para fazer até as menores coisas da rotina. Então foi preciso buscar auxílio psicológico para enfrentar esse cenário totalmente atípico.

Uma vez que a saúde mental esteja sendo cuidada com profissionais da saúde especializados nisso, é preciso atentar-se para a saúde física. E uma das formas de fazer isso é com a prática de atividade física na pandemia. A seguir, estude por que esses exercícios são tão importantes no seu cotidiano!

Atividade física na pandemia

Independentemente da pandemia da Covid-19, todos nós devemos praticar exercícios físicos regularmente, embora não façamos isso. Um estudo publicado pela Organização Mundial da Saúde, em janeiro de 2021, evidenciou que, no Brasil, um em cada dois adultos não realiza esse tipo de atividade com frequência nos últimos 15 anos.

Mulher praticando atividade física em casa
Siriwat Nakha / 123RF

Se não fosse pelo isolamento social, então, já precisaríamos nos esforçar para acabar com essa estatística negativa. Mas considerando o cenário da pandemia, devemos nos dedicar ainda mais a manter o corpo ativo, a depositar uma carga de bem-estar nas nossas mentes e a desenvolver novas habilidades.

Lembrando de seguir uma alimentação equilibrada e nutritiva e de estabelecer uma rotina para os dias da semana, será ainda mais fácil encontrar um tempo para movimentar o esqueleto. E os benefícios que você terá a partir disso são alguns dos que listamos abaixo:

1) Sensação de bem-estar

A prática de exercícios físicos é responsável por estimular a liberação de endorfina no corpo, o que promove a sensação de bem-estar. Sabe quando você faz uma atividade que exige muito esforço e, ao terminar, sente muito prazer? É a ação desse hormônio!

2) Fortalecimento da imunidade

O fortalecimento da imunidade é estimulado pela prática de exercícios físicos. Isso porque, ao fazer isso, treinamos a respiração, colocamos nosso organismo para funcionar, nos hidratamos e aproveitamos melhor os nutrientes que nossos corpos armazenam.

Mulher em sua cozinha cortando frutas
Nathan Cowley / Pexels

3) Controle de doenças crônicas

Doenças crônicas como colesterol e diabetes podem ser controladas por meio de atividades físicas, em muitos casos. Então, para garantir que você está fazendo tudo que é possível para manter a saúde em dia, comece a se exercitar em casa!

4) Promoção do relaxamento

Por mais que a atividade física demande muito esforço, assim que terminamos de realizá-la temos aquela sensação de dever cumprido. Então uma onda de relaxamento toma conta do nosso corpo, expulsando até os pensamentos negativos que podem nos atormentar.

5) Aumento da resistência e da força

Os resultados mais evidentes da prática de exercícios físicos são o aumento da resistência e da força física, que nos auxiliam a realizar uma série de atividades com mais facilidade. No entanto, é importante lembrar que não é recomendado fazer exercícios de muita intensidade sem acompanhamento profissional.

Dicas para começar a se exercitar

Se você é uma daquelas pessoas que nunca tentou se exercitar em casa, porque imagina que isso não tem como dar certo, prepare-se para mudar de ideia. A seguir, siga as nossas dicas para começar a se exercitar sem medo!

1) Comece aos poucos

Em vez de escolher exercícios físicos muito elaborados para incorporar essa prática na sua vida, comece aos poucos. Escolha aqueles que você já sabe fazer e que não demandam muito esforço, para que você tenha mais estímulos para continuar se exercitando sem sofrimento.

2) Defina uma rotina

Ao definir uma rotina, você terá controle sobre o seu tempo de exercícios, sobre a sua alimentação e até sobre a sua hora de tomar banho. Assim, o seu dia será organizado com mais eficiência, abrindo espaço para diferentes atividades que você queira realizar.

agenda aberta com um vaso de flores em frente
Kaboompics .com / Pexels

3) Use roupas confortáveis

Você não precisa comprar roupas de ginástica para se exercitar em casa. Como ninguém vai te ver, você pode usar aquelas peças velhas que ficam no fundo das gavetas, mas que são superconfortáveis. Dessa maneira, será mais fácil movimentar seu corpo de acordo com o que manda o exercício!

4) Mantenha seu corpo hidratado

Beber água é algo que devemos fazer o dia inteiro, todos os dias. Durante a prática de exercícios, quando suamos muito, é ainda mais importante. Então deixe uma jarra de água ou uma garrafinha perto de você, para lembrar de ingerir o líquido nos intervalos entre cada atividade.

Mulher bebendo um copo d'água
Daria Shevtsova / Pexels

5) Alimente-se bem antes e depois do treino

Uma boa alimentação antes e depois do treino impede que você tenha algum mal-estar enquanto realiza esforço físico. Para saber quais são os alimentos mais indicados para essas duas ocasiões, você pode consultar um(a) nutricionista, que poderá, inclusive, recomendar os melhores exercícios para o seu corpo.

Exercícios para fazer em casa

Agora que você já conhece os benefícios de praticar exercícios físicos em casa e tem a motivação ideal para fazer isso, saiba quais são as atividades que você pode realizar sem acompanhamento profissional! Lembre-se de começar com um alongamento, combinado?

1) Dançar do seu jeito

Escolha as músicas de que você mais gosta, ligue na sua casa e dance como preferir. Você só precisa movimentar todos os seus membros com cuidado e com leveza, divertindo-se. Esqueça qualquer tipo de preocupação com os julgamentos alheios, afinal ninguém está te vendo!

Duas mulheres dançando em frente ao celular
Artem Podrez / Pexels

2) Subir e descer as escadas

Um ótimo exercício para quem quer aumentar a própria resistência e fortalecer as pernas é subir e descer as escadas. Você pode fazer isso com uma música de fundo, e, se quiser, pode até carregar algo em cada uma das mãos, desde que não seja muito pesado. Olhe bem para cada degrau para não se desequilibrar!

3) Limpar a casa

Unir o útil ao agradável é essencial quando estamos em casa, não é? Então, na hora de manter seu lar bem limpinho, use seu corpo! Passe a vassoura, o aspirador de pó, esfregue o chão, limpe os móveis e deixe tudo brilhando. Você vai ver como essa atividade já vai demandar bastante esforço e ainda trará um ótimo resultado.

Você também pode gostar

4) Brincar com os bichinhos

Os bichinhos de estimação estão sempre dentro de casa e ter a sua companhia ao lado deles é o que eles mais amam. Logo, aproveite seu tempo livre para brincar com essas fofuras, mesmo que isso envolva uma pequena bagunça em casa. Quem será que tem mais preparo físico?

5) Andar pela casa

Você não vai encontrar um jeito mais simples de se exercitar do que andar pela casa. Embora seja muito fácil, essa atividade já será suficiente para te libertar do sedentarismo, visto que o ato de caminhar por algum tempo, com intensidade, já gasta bastante energia. Acabaram as desculpas!

A partir de cada informação apresentada, é possível compreender que é essencial realizar exercícios físicos durante a pandemia da Covid-19, em casa. As opções para se movimentar são muitas e podem contribuir significativamente para o seu bem-estar, portanto crie uma rotina, escolha seu exercício preferido e comece a se mexer!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br