Blog do Editor

A Desilusão

Olá! Desiludir, desapegar do contexto menor para o maior. Sair do controle. Sair da ilusão criada pelas idealizações da mente e da sociedade.

É fato que é muito doloroso para o Ego, mas a cada Desilusão uma amarra se rompe e a Liberdade se aproxima mais e mais…

Bendito sofrimento que nos racha e nos abre para que a Luz da Verdade possa entrar.

Benditos os nossos Sonhos que não foram realizados, nos impedindo de errar o Alvo de nossa Existência.

Aceitar e acolher nossa “não aceitação” é algo lindo e sagrado que podemos fazer por nós mesmos. Nem tudo está no tempo de compreender pela razão, mas tudo tem sentido no plano maior.

freedom girl in mountains

Algo em mim acolhe o que não aceito, e isso só pode ser a Alma mandando um recado de que está tudo bem.

Você também pode gostar

Nesta jornada do sentir, da busca pela conexão, às vezes o embate entre a razão e a emoção vem forte, mas quando a gente se entrega ao fluxo da vida, mesmo não compreendendo, sabemos que o Criador está encaminhando o melhor para nós, Fazer a entrega.

Entrego, Confio, Aceito e Agradeço.

Namastê.

Sobre o autor

Monica Marchese Damini

Psicanalista Clínica e Editora do Eu Sem Fronteiras

Em certa altura da vida, senti o chamado para descobrir o que havia além da rotina, da vida material, do físico. Foram muitos os caminhos trilhados, muito estudo, muitas vivências e descobertas, muitos desafios, vários mestres. Gratidão a cada um deles.

Autoconhecimento, espiritualidade, física quântica, o universo, yoga, budismo, doutrinas, meditação, retiros, silêncio, corpo, mente, alma, o Ser, o Amor Maior.

Ser livre do mundo externo, do sofrimento de Maya, a ilusão.

Torna-se co-criador da própria realidade.

Colocar em prática o Dharma, o dom e recursos recebidos em prol da sociedade, privilegiar o Todo, trabalhar, estudar, compartilhar, amar, evoluir, sem apego ou aversão.

Despertar para o Divino em cada um de nós. Aprender a enxergar o Ego e deixar que ele apenas trabalhe a favor dos propósitos do Todo, aprender a praticar o desapego e a aceitação… tem que buscar, tem que querer, e eu quero!

Assim como eu, muitos estão nessa jornada, e com este propósito de nos juntar, criamos o Eu Sem Fronteiras, projeto amoroso de compartilhamento e ponte entre quem quer dar e quem busca receber todo tipo de informação e conhecimento, livre de dogmas, julgamentos e crenças, para que cada leitor aproveite o que desejar em cada momento de sua vida.

Transformar conhecimento em sabedoria.

Trabalhoso, mas tem muita gente vibrando na mesma sintonia e disposta a compartilhar o que sabe, e nessa nova era onde o coletivo impera sobre o individual, conseguimos uma equipe linda de profissionais em sinergia com nosso projeto para juntar todo o bem e todo o bom aqui neste portal.

Aprender a perdoar, se perdoar, nos libertar de sentimentos negativos, mágoas, culpas e tudo que gera padrão negativo. Há muitas formas e ferramentas, mas precisa trabalho e enfrentamento.

Quanto maior a massa crítica vibrando positivamente no amor universal, mais rápida a transformação deste planeta.

Queremos participar!

Contato:
E-mail: monicadamini@gmail.com
Facebook: Monica Damini
Instagram: @monicadamini