Nutrição Nutrição Funcional Saúde À La Carte

Acrescente frutas secas na alimentação

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A quantidade gigantesca de tarefas e a falta de tempo podem prejudicar o objetivo de uma alimentação saudável. Afinal, consumir frutas frescas, que é o grande alimento aliado nas dietas, exige visitas periódicas ao supermercado e a sazonalidade das mesmas. Quando compramos as frutas em grandes quantidades, corremos o risco de que elas estraguem antes que consigamos dar conta de consumir. Se compramos pouca quantidade, na hora da fome a tendência é atacar qualquer produto industrializado que esteja a nosso alcance. É aí que entram as frutas secas, tão saudáveis e poderosas quanto as frescas.

Frutas secas são tão saudáveis e poderosas quanto as frescas.

Apesar de pouco usadas diariamente, as frutas secas costumam ser as estrelas das festas de fim de ano. Acontece que elas devem ser consumidas e fazer parte da lista de compras durante todo o ano. Isso porque elas têm uma infinidade de vitaminas e nutrientes que proporcionam benefícios infinitos para quem as consome; além da grande vantagem de serem muito menos perecíveis do que as frescas, chegando a ter uma validade de até seis meses. O processo que passam para se tornarem secas tira toda a água da fruta, o que ressalta seu açúcar e também as torna mais conserváveis.

O único cuidado necessário é comprar frutas secas, mas naturais, pois muitas delas são vendidas já glaceadas, com o objetivo de serem usadas em doces ou receitas agridoces. Mas acredite: o processo de secagem já ressalta tanto seu sabor adocicado que nenhum açúcar extra é necessário. Sem contar que o objetivo é que elas sejam importantes aliadas da alimentação saudável, não é mesmo?

Conheça abaixo as principais frutas encontradas secas e escolha aquelas que mais se adequam ao seu paladar e às suas necessidades nutricionais:

  • Uva passa

A mais famosa das frutas secas e a grande estrela das receitas nas festas de fim de ano. São importantes aliadas para dar energia extra por sua quantidade grande de açúcar. Também ajudam na digestão, tratam anemias e protegem os olhos com suas propriedades antioxidantes. São ricas em fibras e boro, uma substância capaz de prevenir a osteoporose.

  • Damasco

É um importante aliado na hora que bate aquela vontade quase incontrolável de comer doces. O damasco é um fruto naturalmente adocicado e rico em triptofano, o que estimula a produção de serotonina. Também é rico em potássio e betacaroteno, ajudando no funcionamento do intestino e no controle da hipertensão arterial.

  • Maçã

Apesar de ser uma fruta de grande duração e facilmente encontrada no Brasil, a sua versão seca promove uma nova forma de consumo, pois tende a ficar tão crocante e azedinha, que pode ser consumida como uma espécie de salgadinho. É rica em antioxidantes e protege o corpo de qualquer tipo de infecção.

  • Tâmara

Apesar de seu alto preço no mercado brasileiro, deve ser consumida sempre que possível. Assim como o damasco, auxilia no controle da vontade compulsiva de consumir doces, podendo substituir o açúcar em diversas produções culinárias. Também é rica em ferro, cálcio, cobre, potássio, magnésio e vitaminas A, C, B e E.

  • Ameixa seca

Além de seu principal e conhecido benefício, o de estimular o bom funcionamento do intestino, a ameixa também é rica em vitamina K, sendo ótima para o fortalecimento dos ossos.


Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]